Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Notícias

UniRitter recebe muda da Rosa de Anita

A Rosa é um clone das flores originais do jardim da residência de Anita Garibaldi e foi um presente da Unisul

 data-verified=

A Rosa de Anita se diferencia das outras por dois motivos: pelo aspecto histórico-cultural e também pela cor, puxada para um salmão. A flor é uma rosa híbrida, criada pelo botânico italiano Giulio Pantoli e desenvolvida em parceria com o Museo Renzi e o Governo da Emília Romagna na Itália, e o Instituto Anita Garibaldi (CulturAnita) de Laguna (SC). A Unisul recebeu uma planta do Instituto CulturAnita e está reproduzindo a Rosa através de processos de enxertia e estaquia, usando hormônio para enraizamento e micropropagadas em gelatina, usando os conceitos da Biotecnologia Vegetal.

Como parte das comemorações pelos dois séculos de nascimento de Anita, alunos do curso de Agronomia da Unisul participam do projeto internacional “Dois Mundos e uma Rosa para Anita”, que promove a clonagem de rosas do jardim da residência da família Garibaldi na Itália.

O procedimento de clonagem das flores foi feito no Centro Tecnológico Unisul (Centec), no campus Tubarão, pelos alunos João Pedro Barros de Assis, Eri Igor Aparecido dos Santos, Rafaela Guedes Maica e Erick Costa, sob orientação do professor e engenheiro agrônomo Júlio Cesar de Oliveira Nunes. Diferentes técnicas foram utilizadas para que obtivessem mil amostras das “rosas de Anita” para serem distribuídas – em eventos, durante todo o mês de agosto.

A muda pode ser vista na entrada no Campus FAPA, em frente ao prédio 1.

Compartilhe: