Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Notícias

Ditadura e Justiça de Transição: 57 anos que ainda choram Marias e Clarices

Evento on-line acontece nesta quarta-feira, 31 de março

Nesta quarta-feira, dia 31 de março, data que marca o Golpe Militar de 1964 no Brasil, a Escola de Direito da UniRitter promove a palestra ‘Ditadura e Justiça de Transição: 57 anos que ainda choram Marias e Clarices’. A Master Class ocorre no Blackboard, às 19h e vale como três horas complementares.

A mediação é do Coordenador do Curso de Direito do Campus Zona Sul, professor Vinícius Filipin. O evento conta com a participação da Professora adjunta do Setor de Educação da UFPR, Daniela de Oliveira Pires; do Sociólogo, Jornalista e Educador, Marcos Rolim; e da Professora e Psicopedagoga Clínica, militante nas áreas de Educação e Direitos Humanos, Nilce Azevedo Cardoso.

Para inscrições, acesse: cutt.ly/justicadetransicao

Conheça os convidados:

Daniela de Oliveira Pires

Professora Adjunta do Setor de Educação da UFPR. Doutora e Mestra em Educação (UFRGS). Integrante do Núcleo de Políticas Educacionais (NUPE/UFPR), do Grupo de Pesquisas Relações entre o Público e o Privado em Educação (GPRPPE) e da Rede Latino-Americana e Africana em privatização da educação. Coordenou o Grupo de Pesquisas “A construção histórica da Justiça de Transição na América Latina: desafios e perspectivas”, na FMP.

Marcos Rolim

Doutor e Mestre em Sociologia (UFRGS), especialista Segurança Pública (Oxford) e jornalista (UFSM). Professor do Mestrado em Direitos Humanos UniRitter. Presidiu a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal e da Assembleia Legislativa. Autor de vários livros, entre eles: A Formação de Jovens Violentos: estudo sobre a etiologia da violência extrema”.

Nilce Azevedo Cardoso

Graduada em Física pela USP, Especialista em atendimento Clínico com ênfase em Psicanálise pela UFRGS. Formação em Psicopedagogia Clínica pela EpsiBA. Docente de Matemática em classes experimentais do GEEMPA/POA. Professora por 28 anos de Física em escolas do RS e SP. Militante na área de Educação e Direitos Humanos.