Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Notícias

Conheça a história do Scar

O cachorro passou por complexa cirurgia reconstrutiva no HOVET e agora aguarda um lar

Resgatado das ruas pelo Canil Municipal de Esteio em 2019, Scar, um simpático cão sem raça definida, passou por uma cirurgia reconstrutiva no dia 23 de fevereiro. A plástica canina foi realizada pela coordenadora de Medicina Veterinária da UniRitter, Wanessa Beheregaray, no Hospital Veterinário da UniRitter (HOVET), foi um sucesso e agora aumenta as chances de adoção de Scar.

“Elé é um querido. Ele é um conquistador”, foram os adjetivos da Coordenadora para Scar, que teve alta na tarde desta quarta-feira (10), após a retirada dos pontos. O cão chegou até o HOVET através da aluna do curso de veterinária e estagiária da (SMDEMA) Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Esteio, Andrielli Bartel.

Scar foi encontrado nas ruas do município da região metropolitana de Porto Alegre em outubro de 2019 e levado para o Canil Municipal, órgão mantido pela (BEA) unidade de Bem-Estar Animal. O cachorro estava sem parte da bochecha direita, o que dificultava a alimentação e facilitava a criação de miíases, as populares bicheiras, e com parte da gengiva com fibrose. Preocupada com a saúde do animal e encantada com o temperamento tranquilo do Scar, Andrielli buscou ajuda com Wanessa, que além de coordenadora de Medicina Veterinária é cirurgiã especialista em reconstituição.

“É um procedimento cirúrgico bem complexo”, salienta Wanessa. A cirurgiã veterinária explica que o procedimento trás ao animal um benefício não só para a estética, mas para a saúde também. “Por ter uma lesão na face, naturalmente ele fazia novas lesões, o que levava a novas doenças. Com a cobertura facial, isso não vai mais ocorrer e, com isso, a vida normal dele na sociedade pode acontecer, se não, os cuidados seriam sempre muito grandes”.

O procedimento cirúrgico realizado por Wanessa e acompanhado pelos alunos estagiários do HOVET, reconstituiu o focinho do animal, fazendo um enxerto com parte da pele do pescoço do cachorro, e tratando dos problemas na gengiva. Segundo a médica veterinária, “a cirurgia reconstrutiva é um ramo ainda restrito, onde cirurgiões precisam ter uma trajetória que garanta essas habilidades, como a cirurgia plástica humana. Normalmente são cirurgiões mais experientes e acadêmicos, então o ambiente acadêmico foi muito importante pra dar esse apoio, ainda mais para um animal que não tinha recursos e a gente conseguiu subsidiar boa parte do procedimento”.

Como forma de agradecimento, Scar, acompanhado do titular da SMDEMA, Felipe Costella, da coordenadora do BEA, Luciane Baretta, e da estagiária Andrielli Bartel, entregou à doutora uma placa de agradecimento a toda a equipe do Hospital pelo trabalho realizado. A comitiva esteiense também visitou o hospital e conheceu toda a estrutura utilizada no atendimento aos animais.




Saiba como adotar:

Quem se comoveu com a história do Scar e gostaria de propor um novo lar ao cão, pode acessar o site do Catioro Go!

A página apresenta a foto, o nome e o sexo do cachorrinho. Para adotar pelo site, basta clicar em “Capturar Catioro” e fazer o login em uma conta do Facebook. O candidato a adotante terá sete dias para buscar o cãozinho no canil. Caso passe o prazo, o cão voltará para a página e ficará disponível para adoção por outra pessoa. Quem não tiver perfil no Facebook ou não quiser fazer login na rede social poderá também “capturar o catiorineo”. Para isso, basta ligar para o telefone (51) 3459-4494 ou 98600-8377.


Além do Scar, o Canil Municipal tem muitos outros amigos precisando de um novo lar. Adote!


Fotos Djalma Corrêa Pacheco | Prefeitura Municipal de Esteio

Conheça a história do Scar Conheça a história do Scar Conheça a história do Scar Conheça a história do Scar Conheça a história do Scar