Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Notícias

Acadêmicos de Pedagogia participam de oficina com professores do Grupo Canjerê

Atividades aconteceram no Campus FAPA e abordaram questões étnicas

Refletir e vivenciar a partir de ambiências com as questões étnicas, a cultura afro-brasileira e indígena é um dos pressupostos da disciplina Identidades e Diversidades Étnico-Raciais do curso de Pedagogia. Inserida neste propósito, no dia 10 de outubro, foi realizada a oficina “Educação das Relações Étnico-Raciais: modos de fazer, sentir e pensar”, cujas convidadas foram as professoras Carla Viviane Machado da Silva, Adriana Garcia Nunes e Cristiane Silveira dos Santos, integrantes do Grupo Canjerê.

O nome do grupo é alusivo à palavra Canjerê, de origem africana, que significa reunião de pessoas para fins de danças e rituais religiosos, celebrações. Nesta perspectiva grupo se reúne, para celebrar a educação preocupada com as questões raciais que estão tão presentes no nosso cotidiano escolar e que, em muitos momentos, não são visibilizadas de maneira a promover uma educação antirracista.

Segundo os estudantes, atividades como esta são uma possibilidade de vivenciar na prática os estudos da disciplina e são oportunidades para contribuir para uma docência que aborde as questões étnicas de modo afirmativo.


Para Denise Theves, professora da disciplina, atividades como esta, são uma forma de “conhecer e interpretar movimentos sociais e culturais relacionados ao reconhecimento das questões étnico-raciais no processo de formação das identidades do povo brasileiro e inserir esses conhecimentos na docência na Educação Básica”.