Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Notícias

Editora Libretos lança obra sobre a Enchente de 41

O livro em forma de álbum A Enchente de 41, de Rafael Guimaraens mostra o que aconteceu durante os meses de maio e abril de 1941, quando Porto...

O livro em forma de álbum A Enchente de 41, de Rafael Guimaraens mostra o que aconteceu durante os meses de maio e abril de 1941, quando Porto Alegre viveu a maior catástrofe da sua história. Primeiro, veio a chuva. Depois, a fúria dos rios, que violou domicílios e estabelecimentos. Uma enchente de 22 dias quebrou a rotina da cidade de forma violenta, espalhando pânico e desespero. Cerca de 70 mil pessoas deixaram suas casas. Mais de 600 empresas demoraram meses para reabrir. Muitas não conseguiram.

As imagens expõem o trauma e as impressionantes modificações que a cidade sofreu naqueles dias. O trauma documentado, quando o Guaíba se voltou contra a cidade. Este álbum é uma homenagem aos fotógrafos profissionais e amadores que navegaram pelas ruas e deixaram impressa a dimensão da tragédia, entre eles: João Alberto Fonseca da Silva, Sioma Breitman, Carlos Contursi, Milton Koeff, Décio Kraemer, Lauro Pôrto e Santos Vidarte.

Outra obra recente da editora é o livro As Grades Do Céu, de Susana Vernieri, que reúne 13 contos que abordam a relação entre a loucura e o desejo, mediadas pela imaginação e uma refinada ironia. O recém lançado romance Correntezas, de Pedro Câncio, trata da história de Paulina, Maria Santa, Martim e André, uma família que vive às margens dos Rios Ibicuí e Uruguai. O livro traz descrições da natureza desse mundo onórico em que a vida e a correnteza andam sempre juntas.

Conheça mais sobre as obras e outros lançamentos no site da editora.

Por Evelise Morais

Compartilhe: