Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Inquietos

Aluna da UniRitter assina artigo na Revista Brasileira de Terapia Intensiva

Évelin, do curso de Enfermagen, auxiliou em estudo sobre capacidade funcional de idosos

Aluna do 10º semestre do curso de Enfermagem da UniRitter, no Campus Zona Sul, Évelin Carneiro Sanchez participou de artigo científico “Capacidade funcional em idosos e idosos mais velhos após alta da unidade de terapia intensiva”, publicado na renomada Revista Brasileira de Terapia Intensiva. O estudo traz dados sobre pacientes do Projeto Qualidade de Vida Pós Alta da UTI, no Hospital Moinhos de Vento, onde Évelin atua como assistente de pesquisa. “Meu envolvimento foi muito ativo, pois sou a responsável por aplicar os testes psico-cognitvos e escalas nestes pacientes ao longo de um ano no acompanhamento”, explica.

Dessa maneira, a estudante também conseguiu aliar o aprendizado de sala de aula com a prática, principalmente nas disciplinas que abordaram a ética profissional, em pesquisa a bioestatística, epidemiologia e iniciação de Trabalho Científico. “Tive um excelente aproveitamento neste projeto partindo do norteamento dos professores as atividades aplicadas”, disse.

Em relação aos resultados obtidos com a pesquisa, ela considera muito importantes, mesmo ponderando que o estudo avaliou apenas o acompanhamento deles até 06 meses após alta UTI. “Procuramos entender como (enquanto profissionais da saúde) podemos ajudar a melhorar, no caso do artigo, a perda funcional desta população idosa (que hoje cresceu muito em relação há anos anteriores)”.
Ela reflete que na área de pesquisa pouca atuação de enfermeiros e que esse exemplo deve servir de incentivo também aos colegas: “Não existem atalhos, tudo precisa ser construído a cada dia, seguindo metodicamente a rotina estabelecida, com leituras e acompanhamento de novos estudos no cenário que escolherem seguir na pesquisa. Também é preciso investir em inglês, e, no mínimo, no mestrado para continuarem na pesquisa”, indica.

O impacto da publicação tem sido grandioso na vida acadêmica e profissional da estudante e terá influência em toda a sua trajetória: ”Fiquei muito feliz! Senti-me, “importante” por ter este retorno de um trabalho minucioso e construída por uma equipe multidisciplinar ética e comprometida. Ver seu próprio nome registrado na história, fazendo parte da concepção de algo para o bem maior de uma determinada população é gratificante.

Acesse AQUI e confira o artigo completo.

Compartilhe: