Whatsapp

Matrícula via WhatsApp

Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

ONDE CURSAR
Campus FAPA Campus FAPA

Apresentação

Mestrado em Arquitetura e Urbanismo - UniRitter


Área de Concentração: PROJETO COMO INVESTIGAÇÃO: ARQUITETURA E CIDADE


Com área de concentração que propõe a arquitetura e a cidade como espaços de produção do conhecimento, o curso tem como pressuposto que um projeto investigativo não se limita a utilizar o senso comum, nem a reproduzir situações paradigmáticas, mas é movido pela dúvida, pela incerteza, pela perplexidade. Não basta a generalização teórica, pois ela não informa sobre condições particulares de produção. Na contemporaneidade, é necessário construir uma teoria local, particular, para enfrentar dificuldades projetuais específicas.


O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu envolve uma associação em atividades de ensino e pesquisa da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UniRitter. O curso objetiva, portanto, ocupar um espaço no estudo do projeto que ainda está ausente como área de concentração nos programas do sul do Brasil.

Linhas de Pesquisa

I. Projeto, Processos e Sistemas

  • Prática reflexiva como meio de investigação e construção do conhecimento e da elaboração do projeto de arquitetura e urbanismo;
  • Investigação sobre as relações e implicações teórico-práticas do projeto de arquitetura e urbanismo, voltada para a construção de teorias e técnicas projetuais capazes de atribuir sentido explicativo à reflexão do arquiteto;
  • Estudo dos fundamentos epistemológicos da prática e dos saberes projetuais;
  • Estudo de modelos operativos do exercício projetual;
  • Estudo de métodos, processos e sistemas de representação do projeto;
  • Estudo das operações compositivas e de sua aplicação à configuração das arquiteturas, do edifício à cidade.


II. Projeto e Construções Culturais

  • Investigação sobre as implicações culturais e ambientais do projeto de arquitetura e urbanismo, voltada para a formalização e apropriação das arquiteturas da cidade;
  • Estudo dos processos de construção da memória da cidade e de suas manifestações arquitetônicas;
  • Estudo dos signos de monumentalidade e domesticidade no contexto urbano; das relações entre programa e tipologias no projeto da moradia contemporânea;
  • Estudo das implicações do projeto de interiores e do espaço público na habitação urbana.

Objetivos

Desenvolver a abordagem do Projeto Arquitetônico e Urbanístico enquanto investigação de modo a integrar teoria e prática. Propõe-se que o projeto seja pensado, em sua especificidade, como veículo para o reconhecimento e reconfiguração de um mundo aberto a transformações.

Entre os objetivos específicos destacam-se os seguintes:

  • Promover a produção do conhecimento em bases ampliadas e atualizadas, tendo em vista a evolução e a complexidade das problemáticas enfrentadas no campo do Projeto de Arquitetura e Urbanismo;
  • Fomentar a pesquisa acadêmica docente e discente em patamares de qualidade, estimulando atividades de pesquisa avançada com finalidade didática, científica e profissional;
  • Promover o intercâmbio e as trocas disciplinares entre as diversas áreas de investigação no campo do Projeto e destas com as demais esferas no campo arquitetônico e urbanístico.


Perfil do Egresso

Arquitetos e urbanistas e profissionais de áreas afins, interessados em discutir a questão projetual, incorporando teoria e prática como parte de reflexões sobre os fundamentos operativos do Projeto de Arquitetura e Urbanismo. Além da formação de quadros para a atividade acadêmica, os egressos deste programa podem contribuir para o aprimoramento da prática profissional, de forma a valorizá-la como prática reflexiva, objetivando a melhoria da qualidade do espaço projetado e construído em nossas cidades.

Duração

O Mestrado em Arquitetura e Urbanismo UniRitter terá a duração mínima de 18 meses e máxima de 24 meses. O primeiro ano será dedicado ao cumprimento dos créditos em laboratórios e seminários, distribuídos ao longo de dois semestres. O segundo ano será reservado à elaboração e à apresentação da Dissertação.

Dias e Horários

Quintas-feiras, das 19h às 22h40.

Sextas-feiras, das 8h às 11h40 e das 13h30 às 17h10.

Campus Fapa – Av. Manoel Elias, 2001 | Porto Alegre-RS

Valor: 24x de R$ 2.181,53

Processo seletivo docente

PROCESSO SELETIVO DOCENTE - CADASTRO RESERVA - ABERTO
Retificação do Edital do Processo Seletivo Docente - Cadastro Reserva


Em caso de dúvida, por favor, encaminhe e-mail para [email protected]

Processo seletivo discente

Docentes

Coordenadora do PPGAU/Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Geisa Tamara Bugs http://lattes.cnpq.br/955526976033199
Doutora em Planejamento Urbano e Regional
Contato: [email protected]

Prof. Dr. Fábio Bortoli http://lattes.cnpq.br/7262746811553218
Doutor em Arquitetura
Contato: [email protected]

Mariceia Benetti http://lattes.cnpq.br/6393125910458037
Doutora em Comunicação Social
Contato: [email protected]


Márlon Uliana Calza http://lattes.cnpq.br/0344627106609671
Doutor em Comunicação e Informação
Contato: [email protected]

Discentes

2019

Fernanda Lanzarin http://lattes.cnpq.br/8104891336335055

Fernanda Linck http://lattes.cnpq.br/7894365291464970

Elton Luiz Pedroso http://lattes.cnpq.br/3980908355097585

Magda Rosí Brodbeck http://lattes.cnpq.br/9951063649232117

Rafael Bosa http://lattes.cnpq.br/5085591944062897

Rui Fernando Silva Alves Júnior http://lattes.cnpq.br/1256328902224763

Volnei Kuberneke Monteiro http://lattes.cnpq.br/3743204398749179


2018

Andrea Magalhaes Viana http://lattes.cnpq.br/7208931404039312

Bibiana Ko Freitag Neubarth http://lattes.cnpq.br/0950927183647906

Cristine Vieira Beck http://lattes.cnpq.br/1191580321749591

Edgar Belmeni Steffens http://lattes.cnpq.br/6562758775202934

Graziela Dias Grassi http://lattes.cnpq.br/6562758775202934

Letícia Eisabeth Allegretti Paludo http://lattes.cnpq.br/4896701049432964

Marcelo Porfiro de Oliveira http://lattes.cnpq.br/3880346619125505

Paula Agustoni Slva http://lattes.cnpq.br/2398342095280926


2017

Carlla Portal Volpattohttp://lattes.cnpq.br/4575239817319709

Cassya Netto Vargas http://lattes.cnpq.br/0565646030193538

Dandara Melo Copetti http://lattes.cnpq.br/9869347746297218

Felipe Porfiro de Oliveira http://lattes.cnpq.br/4972369513063619

Gabriela Ferreira Mariano ttp://lattes.cnpq.br/0607615557867708

Graziela Maciel http://lattes.cnpq.br/0060953462467299

João Paulo Silveira Barbiero http://lattes.cnpq.br/7045211921718437

Lisiane Marques Lemos Leoni http://lattes.cnpq.br/0987784216417844

Lizandra Machado Moreira http://lattes.cnpq.br/3859881068003689

Luisa Lammel Viecili http://lattes.cnpq.br/9879532259052561

Renan Jantsch Adams http://lattes.cnpq.br/1405086333575376

Silvia Kaster Tavares http://lattes.cnpq.br/8233220483688768


2016

Agostinho Altair Escovar Alfaro http://lattes.cnpq.br/7099963081212782

Aline Guirao Hahn http://lattes.cnpq.br/4337596352165201

Ana Carolina de Bona Becker http://lattes.cnpq.br/0126625224942621

Andre Oliveira de Moraes http://lattes.cnpq.br/2653409005138563

Daniel Barreto Dillenburg http://lattes.cnpq.br/8465410127558879

Daniela Biasuz Trevisan http://lattes.cnpq.br/6057070788816308

Jeferson Rauber http://lattes.cnpq.br/9006373969563570

Jose Carlos Ferrari Junior http://lattes.cnpq.br/9314334218464105

Luis Henrique Bueno Villanova http://lattes.cnpq.br/9433256312672382

Marilaine Santos de Oliveira http://lattes.cnpq.br/1384406496595451

Natalia Casari Cundari http://lattes.cnpq.br/2916376451729187

Rafael Ferreira Marconatto http://lattes.cnpq.br/1424574015793170

Rodrigo Troyano Prates http://lattes.cnpq.br/2245139030841507


2015

Alexandre Santi Viero http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Daniela Preis Coutinho http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Jânerson Figueira Coelho http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Juliana Costa Motta http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Júlio César dos Santos Nardino http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Leandro Rahmeier Marquetto http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Luthiane Soares de Quadro http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Miriane Gomes de Azevedo http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Pedro Sturmer Chaves Barcellos http://lattes.cnpq.br/1946408541004905

Rafaela Duarte http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Rochelle Quadros Vieira da Costa http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Rodrigo da Cruz Noronha http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Rodrigo Poltosi Gomes de Jesus http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Sílvia Eidt Monteiro http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Thaiana Centofante Costa http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Tiago Vieira Baialardy http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Vanessa Guerini Scopel http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Virginia Purper http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...


2014

Bárbara Minuto Borges http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Carmem Lisiane Flores Carlotto http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Casiana Favaretto http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Eudoxio Teodoro dos Santos http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Gisela Jeske Krüger http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Giulie Anna Baldissera Leitte-Teixeira http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Helade de Oliveira Lorenzoni http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Juliana Bredow Brands http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Lucas Bernardes Volpatto http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Maria Cristina de Freitas Guerreiro http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Marina Gonçalves Garcia http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Messaline Goergen http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Nicole Rosa http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Simone Back Prochnow http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Vivian Knewitz Levy http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...


2013

Andréa Feldmann http://lattes.cnpq.br/5785989674534839

Betina Conte Cornetet http://lattes.cnpq.br/1234144053393329

Débora Kling Petry Battastini http://lattes.cnpq.br/7750281498306936

Débora Saldanha De Avila http://lattes.cnpq.br/4795430273537511

Jéssica Azambuja Moroszczuk http://lattes.cnpq.br/1367440974489217

Luciano Lerner Basso http://lattes.cnpq.br/0048435384182774

Mariana Pedrollo Bez http://lattes.cnpq.br/1905126746283064

Marina Goncalves Garcia http://lattes.cnpq.br/4648323400443218

Patricia Rodrigues http://lattes.cnpq.br/4242788919204031

Paula de Moraes Lopes http://lattes.cnpq.br/2556658966374161

Pauline Fonini Felin http://lattes.cnpq.br/7504551614043353

Simone Caberlon http://lattes.cnpq.br/2721114865456831

Vagner Gonçalves Wojcickoski http://lattes.cnpq.br/3520736659250175


2013/2

Carolina Gottert Knies http://lattes.cnpq.br/1293691805917386

Caroline Beatriz Picolo http://lattes.cnpq.br/2998570276908879

Fabio Sibemberg http://lattes.cnpq.br/4551518316529179

João Batista D’Ávila Martin http://lattes.cnpq.br/7056956960559561

Rafael Rocha Schiaffino http://lattes.cnpq.br/6921389334298991

Sabrina Moraes http://lattes.cnpq.br/8477885442012637


Egressos

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: A PRAÇA COMO UM LUGAR

Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello

Resumo: As praças de Porto Alegre somam grande área urbana. Muitos desses espaços não são frequentados pelas pessoas, originando vazios urbanos e distanciando-se da simbologia do encontro entre as pessoas, existente nas praças centrais. Inseridas em novos contextos, as praças que surgiram a partir do crescimento da cidade, orientadas pelos Planos Diretores, são objetos de estudo nesta pesquisa. Para melhor compreensão destes espaços públicos, o estudo faz uma associação das diretrizes urbanísticas com as praças. Desta associação, periodizada desde o Plano Geral de Melhoramentos (1914) até o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (1999), resultou uma categorização não convencional de praças: a praça refratária, a praça-pátio, a praça-ausente e a praça-segura, originadas em cada período. Considerando que muitas praças não configuram lugares de convívio para a grande população que escolheu a cidade para viver, o estudo propõe uma reflexão acerca do significado das praças na contemporaneidade da urbanização. A partir da associação das diretrizes urbanísticas com as transformações ocorridas nas práticas sociais, alinhadas ao espaço em questão, o trabalho busca aproximar-se de novos paradigmas que conduzam à inserção destes espaços no cotidiano das pessoas.

Palavras-chave: Praças. Planos Diretores. Espaço público.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza... Título: PROCESSO DE PROJETO NA ERA DIGITAL: uma reflexão sobre a implantação do BIM em três escritórios de arquitetura em Porto Alegre/RS, de 2010 a 2014.

Orientador: Prof. Dr. Wilson Florio

Resumo: O setor de Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC) tem se tornado cada vez mais competitivo, exigindo investimentos em novas tecnologias que tornem o processo de projeto mais colaborativo, eficaz e controlado, e que resulte num projeto mais assertivo. O objeto de estudo da presente pesquisa é a investigação dos processos contemporâneos de projeto, dedicando-se especialmente à análise do uso do sistema Building Information Modeling (BIM) para a prática projetual desenvolvida nos escritórios em Porto Alegre. Como procedimento metodológico, elaborou-se uma base conceitual aplicada à base empírica. A base conceitual da pesquisa refere-se à fundamentação teórica do tema, a partir de uma revisão bibliográfica sobre os processos de projeto e sobre as novas tecnologias disponíveis. O processo de projeto foi analisado com a intenção de compreender se esse sofre modificações entre o sistema CAD tradicional e a plataforma BIM. Procurou-se identificar se o uso do BIM interfere no modo como os projetos são desenvolvidos nesta fase de transição. Posteriormente, foram aplicados protocolos de entrevistas e realizadas catalogações de materiais aos três escritórios selecionados. Tratam- se de empresas de arquitetura de Porto Alegre que já iniciaram a implantação do BIM, selecionadas para participarem como estudos de caso desta pesquisa, fornecendo dados para a base empírica. Posteriormente, foi feita uma análise dos resultados. Concluiu-se que o custo de implantação, a escassez de profissionais com conhecimentos específicos, a rigidez do software utilizado, a falta de interoperabilidade dos sistemas, a ausência de experiência com a colaboração e a dificuldade cultural de experimentar novos processos são fatores que têm tornado restrita a aplicabilidade da nova tecnologia. A pesquisa colabora para o debate sobre a modelagem da informação na construção, sua contribuição para a fase de projetação, vantagens e obstáculos enfrentados pelos membros das equipes. Além disso, investiga as dificuldades de implantar um projeto realmente colaborativo nesta fase de transição entre o CAD e o BIM em Porto Alegre.

Palavras-chave: BIM. Projeto. Processo. Arquitetura e tecnologia digital.

Título: EVOLUÇÃO E TRANSFORMAÇÕES DA PRAÇA DA MATRIZ DE PORTO ALEGRE: ARQUITETURA E CONTEXTO URBANO

Orientador: Prof. Dr. Carlos Egídio Alonso

Resumo: Este trabalho busca descrever as transformações urbanas da Praça da Matriz da cidade de Porto Alegre (Praça Marechal Deodoro) a partir da sequência histórica das construções nela ocorridas. Importante espaço urbano que nasce junto à fundação da cidade, a praça é aqui entendida como uma grande área livre, um fragmento urbano, que é qualificado pelas construções que a envolvem: defendemos a tese de que há uma mútua contaminação de qualidades formais entre o espaço livre e suas construções envoltórias, bem como um impacto mútuo quando novas funções são estabelecidas em um desses segmentos, implicando em novos usos. Nesse sentido, entendemos que “espaço livre” e “construções que o envolvem” são elementos inseparáveis de um único contexto urbano que denominamos “praça”. Tendo como base a comparação de mapas de diferentes épocas e de antigos e atuais registros visuais de seus edifícios (através de fotografias, desenhos e pinturas), utilizando redesenhos digitais dos documentos iconográficos e a análise gráfica como método de investigação, são evidenciadas e analisadas as introduções e modificações das formas arquitetônicas e as consequências disto na evolução da espacialidade da praça: isso implica também na análise de seu uso por parte da comunidade urbana. Nosso foco principal concentra-se nas configurações formais e espaciais da praça como uma das faces importantes para a compreensão da evolução da arquitetura e da cidade. Sugeridas pelas configurações dos edifícios e dos desenhos das áreas livres em diferentes épocas, definimos uma periodização visando à análise formal e o desenvolvimento de nosso texto.

Palavras-chave: Praça Marechal Deodoro - Porto Alegre, forma arquitetônica, morfologia urbana.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: HABITAÇÕES COLETIVAS VERTICAIS DE PAULO MENDES DA ROCHA: 1962 a 2004

Orientador: Prof. Dr. Anna Paula Moura Canez

Resumo: Os projetos habitacionais significaram para Paulo Mendes da Rocha a possibilidade de ensaiar novas técnicas construtivas bem como a sistematização dos processos inerentes ao canteiro de obras. Paralelamente

à experimentação tecnológica, sobrevêm os estudos de revisão do espaço doméstico à luz do habitar contemporâneo. Neste aspecto, uma solução projetual coerente com as demandas do homem na atualidade deve

contemplar a dinâmica da unidade habitacional, mas também a infraestrutura urbana que a envolve. A habitação coletiva vertical representa, então, uma solução coerente com a relação entre o contingente populacional e o modo

como se apresenta a infraestrutura urbana e a oferta de serviços e emprego. Ainda que Paulo Mendes da Rocha tenha desenvolvido mais de três dezenas de estudos e projetos de habitações coletivas, raros são aqueles levados a cabo. Os únicos oito exemplares edificados nos permitem vivenciar experiências espaciais e de ordem técnica idealizadas por Mendes da Rocha no âmbito do habitar contemporâneo e de sua ênfase no coletivo. As soluções apresentam características comuns à produção do arquiteto: o aprofundado estudo de materiais e de processos construtivos, o detalhamento apurado de componentes da edificação, e, especialmente, a promoção do edifício isolado a parte integrante do espaço da habitação contemporânea - o espaço da cidade. Desta forma, o presente estudo analisa os oito edifícios coletivos verticais de Mendes da Rocha - os quais têm seus projetos desenvolvidos entre 1962 e 2004 - buscando apreender as lições de arquitetura concernentes àquela produção. Sob essa perspectiva, e dada a ênfase do estudo no tema da habitação vertical, o aprofundamento gráfico-analítico dos projetos, tendo em conta a fundamentação teórica expressa no discurso crítico de Mendes da Rocha, pretende revelar e sistematizar a linguagem projetual contida no conjunto das obras selecionadas.

PALAVRAS-CHAVE: habitação vertical, habitação coletiva, Paulo Mendes da Rocha, arquitetura moderna, arquitetura paulista.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: TRÊS LUGARES DE PORTO ALEGRE: A PERCEPÇÃO AJUDANDO O PLACEMAKING

Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello

Resumo: Com o objetivo de demonstrar as preferências e opiniões da população, em geral, de Porto Alegre, foi realizada a pesquisa demonstrando definições cruciais para isso. A percepção ambiental, imagens mentais, desenho urbano e o placemaking, são as definições utilizadas na pesquisa, a fim de ter um melhor entendimento de como funciona a percepção da população, em relação à cidade. Com o esclarecimento dos temas citados acima, realizou-se levantamentos perceptuais, com o objetivo de entender a percepção nos três objetos de estudo (Usina do Gasômetro, Casa de Cultura Mário Quintana e Mercado Público) e análises Projetuais, para entender melhor seus espaços na capital gaúcha. Com tudo isso foi possível realizar uma lista contemporânea demonstrando os itens que a população, em geral, considera essenciais nos Lugares, para ajudar os possíveis projetos urbanos situados na cidade de Porto Alegre.

Pavalras-chave: Lugar; Placemaking; Percepção Ambiental; Usina do Gasômetro; C.C.M.Q.; Mercado Público

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: ARQUITETURA E PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA PONTOS FORA DA CURVA

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: A busca pelos motivos que ocasionaram a presente falta de qualidade na produção arquitetônica de edifícios residenciais promovida pelo mercado imobiliário paulistano é o pano de fundo desta pesquisa. Seu foco está direcionado para a existência de alternativas que permitam, atualmente, ao profissional de arquitetura realizar projetos que se diferenciem qualitativamente em meio a este setor que, no geral, atribui pouca relevância ao papel autoral do projetista. O trabalho se desenvolve a partir de um breve levantamento histórico que visa através da leitura do contexto do mercado imobiliário da cidade de São Paulo encontrar as possíveis causas da decadência qualitativa que perdura até hoje. Ultrapassado esse ponto buscamos caminhos que possibilitem ao arquiteto assumir o papel de protagonista no processo desenvolvimento dos empreendimentos imobiliários e com isso realizar a produção de edifícios de apartamentos que não sigam a massificação do mercado e que também contribuam para a realização de um debate sobre o tema, exemplares estes que denominamos “pontos fora da curva”. Aprofundamos o tema a partir do estudo de edifícios de apartamentos construídos na cidade de São Paulo, na primeira década do século XXI, que se sobressaíram na mídia especializada pelos seus predicados arquitetônicos. Os dados levantados pela dissertação indicam que apesar dos arquitetos terem uma parcela de responsabilidade sobre má qualidade projetual produzida pelo setor, existem alternativas pontuais que possibilitam a elaboração de boa arquitetura no mercado imobiliário.

Palavras-chave: projeto arquitetônico, edifícios de apartamentos, mercado imobiliário, São Paulo, Idea!Zarvos

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: ARQUITETURA DE CONCURSO: ESTRATÉGIAS COMPOSITIVAS E SOLUÇÕES EXEMPLARES

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: A presente dissertação apresenta estudos de caso resultados de concursos públicos de arquitetura e urbanismo a fim de iniciar uma discussão a respeito de termos ligados à prática projetual como conceito, partido e programa. O tema abordado “Arquitetura de concurso: estratégias compositivas e soluções exemplares” visa entender melhor como os conceitos, as estratégias compositivas e as ideias geradoras fazem parte da elaboração do produto final, o projeto. Entre os objetivos da dissertação está perceber as diferenças e semelhanças entre a proposta inicial criada para a competição e o projeto executado, e entre os primeiros colocados na competição. A forma de escolha do projeto para grandes obras arquitetônicas é um tema bastante debatido nos dias atuais, sendo a mais comum o concurso público de ideias e projetos. Dessa forma proporciona uma maior discussão sobre o futuro objeto a ser construído quando coloca em júri a decisão de escolha do projeto e expõe os desenhos concorrentes para a população. No presente trabalho busca-se discutir a respeito das competições em arquitetura, que benefícios podem gerar não só na construção das cidades mas também na forma de pensar e estudar a arquitetura. O trabalho está baseado na análise crítica de estudos de caso com ênfase nos projetos finalistas do concurso para o High Line em Nova Iorque. A fim de auxiliar e melhorar a análise do estudo de caso é feita uma breve análise de outro projeto realizado através de concurso público e com temática similar ao anterior, o Parc de La Villette em Paris. Em ambos os casos os projetos de revitalização urbana tiveram grande repercussão e apresentam semelhanças, assim como diferenças, que auxiliam a esclarecer o papel didático assumido pela arquitetura de concurso.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: AS CASAS UNIFAMILIARES NÃO CONSTRUÍDAS DO PROGRAMA CASE STUDY HOUSES

Orientador: Prof. Dr. Marta Peixoto

Resumo: Esta dissertação se propõe a estudar os projetos não-construídos do programa Case Study Houses, o qual compreendeu o período de 1945 -1962, no sul da Califórnia. Considerando uma abordagem didática, a dissertação está dividida em quatro partes.

A primeira tem enfoque historiográfico com o objetivo de compreender as transformações e as inovações da casa típica americana, para posteriormente identificá-las no universo do programa proposto por John Entenza. A terceira parte apresenta os aspectos metodológicos, que dizem respeito tanto aos procedimentos necessários para a realização da pesquisa, bem como a metodologia adotada para a análise tipológica formal-funcional dos projetos.

O método de investigação é realizado através da análise gráfica, criando-se uma matriz de análise baseada em bibliografia específica. Os estudos sistemáticos dos princípios de forma, espaço e ordem geraram diagramas sintéticos interpretativos. Ao final, para melhor compreensão dos diagramas, foram elaborados textos que explicam e questionam os aspectos de cada projeto.

Palavras-chave: Arquitetura Moderna, Projeto Arquitetônico, Case Study Houses.

http://lattes.cnpq.br/2721114865456831

Título: A QUALIDADE DA PAISAGEM URBANA DE PORTO ALEGRE: CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Orientador: Prof. Dr. José Geraldo Simões Júnior

Resumo: A qualidade da paisagem urbana de Porto Alegre: critérios de Avaliação Esta pesquisa versa sobre a paisagem urbana de Porto Alegre, mais especificamente sobre sua área central, tendo por objetivo geral estabelecer critérios claros para avaliar seu nível de qualidade, mensurando-o por meio de uma escala quantitativa. Pela falta de parâmetros existentes desenvolveu-se uma metodologia científica própria que consistiu nas seguintes etapas: Primeiramente realizou-se a revisão bibliográfica de autores e do ideário relacionado ao tema da leitura e percepção da paisagem urbana, extraindo-se uma série de atributos desejáveis frequentemente presentes em paisagens urbanas de qualidade; na segunda etapa houve uma investigação profunda sobre a área central de Porto Alegre para se compreender as transformações que moldaram seu contexto e paisagem atuais, destacando-se os trechos para a aplicação do método; a seguir, agrupou-se os atributos em um instrumento que, posteriormente, foi aplicado nos trechos previamente selecionados; após, realizou-se a coleta de dados, sua tabulação e análise; como resultado desenvolveu-se uma escala de medição da qualidade da paisagem urbana que apresenta, através de faixas de pontuação, os conceitos de qualidade e indicações em relação à necessidade e dimensão de intervenções na paisagem urbana mensurada. Por meio desse método, o qual comprovou-se viável e adequado, concluiu-se que a paisagem urbana da área central de Porto Alegre possui um nível de qualidade apenas regular, indicando-se a necessidade de intervenções pontuais para qualificá-la uma vez que apresenta atributos positivos e negativos de forma equilibrada. Acredita-se que, tanto o método quando a escala, ambos inéditos para essa área do conhecimento, constituem-se em valiosas ferramentas disponíveis para auxiliar no processo de planejamento, ordenamento, gestão e qualificação da paisagem urbana das metrópoles contemporâneas.

Palavras-chave: Paisagem Urbana. Qualidade. Critérios de Avaliação. Urbanismo

http://lattes.cnpq.br/6921389334298991

Título: EXPERIMENTAÇÃO PROJETUAL PELO CROQUI

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: O presente trabalho visa demonstrar a importância do desenho a mão livre no processo de criação arquitetônica, mesmo diante do grande avanço tecnológico que norteia o ofício do arquiteto. Uma análise teórica e prática da presença do croqui, na criação e desenvolvimento de um projeto, e na produção de mestres exemplares, defende sua revalorização nas diversas fases do fazer em arquitetura, especialmente no proceder acadêmico, e reconhece a hibridização dos processos de trabalho tradicional e digital como realidade na teoria e na prática da arquitetura.

Palavras-chave: Croquis; Ofício; Ensino.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualiza...

Título: A HIBRIDAÇÃO DOS MEIOS DE REPRESENTAÇÃO NO ATELIER DE PROJETO

Orientador: Prof. Dr. Wilson Florio

Resumo: A utilização de recursos computacionais como suporte para o projeto arquitetônico está presente no trabalho de arquitetos por todo o mundo. Com o mercado de trabalho cada dia mais competitivo, os profissionais buscam novas formas de conceber, representar e finalizar seus projetos para obter melhores resultados, reduzir erros e produzir mais. De fato, grande parte do processo de projeto de arquitetura passou a ser digital nas últimas décadas. Porém, os meios de representação manuais continuam presentes durante o ato de projetar. Embora essa transição do manual para o digital tenha trazido uma mudança significativa na forma de organizar, avaliar e apresentar os projetos, consequentemente na forma de pensar o projeto, a plena utilização de meios manuais e digitais de representação, de forma híbrida, ocorre de forma significativa. Neste trabalho a discussão está centrada na hibridação dos meios de representação no Atelier de Projeto. Possui a intenção de conhecer e avaliar as interferências causadas pela utilização dos meios de representação de forma híbrida no processo de projeto, em especial durante a formação do arquiteto, dentro do atelier. O objetivo geral desta pesquisa é entender o processo de projeto a partir da hibridação dos meios de representação. A metodologia está organizada em duas etapas distintas. A primeira consiste em uma pesquisa teórica e conceitual sobre as questões relacionadas ao processo de projeto em arquitetura, a utilização dos meios manuais e digitais de representação no processo, e o ensino-aprendizagem de arquitetura. A segunda etapa consiste em observar, analisar e refletir como estudantes de arquitetura utilizam os meios manuais e digitais de representação no processo de projeto, através da coleta e análise dos artefatos produzidos em sala de aula, e da observação do diálogo e interação professor-aluno. Esta reflexão sobre a prática passa por um questionamento sobre o uso das tecnologias no processo de projeto e a hibridação com recursos manuais. Até o momento percebe-se que a utilização dos recursos computacionais está fortemente presente no atelier de projeto e que é parte incontestável do processo. A observação e análise dos artefatos coletados em sala de aula irão proporcionar uma reflexão sobre a prática neste momento singular na história da arquitetura em que o computador ocupa lugar de destaque sobre a prancheta.

Palavras-chave: Processo de projeto, hibridação dos meios de representação, ensino-aprendizagem.


Egressos 2016

http://lattes.cnpq.br/9381365767111747

Título:EDIFÍCIO SANTA CRUZ VERTICALIZAÇÃO E REGULAÇÃO DO CENTRO DE PORTO ALEGRE

Orientador: Profª. Drª. Nadia Somekh

Resumo: A dissertação registra a história, descreve e analisa o Edifício Santa Cruz. O projeto, de autoria dos arquitetos Carlos Alberto de Holanda Mendonça e Jayme Luna dos Santos, foi um marco no processo de verticalização do centro de Porto Alegre. Para entender como se deu a construção do maior arranha-céu da cidade, inaugurado em 1965, este trabalho apresenta o processo de verticalização do centro de Porto Alegre no período entre 1910 a 1965 e as leis, decretos e normas pertinentes a esse processo, além de demonstrar o progresso da cidade no período, apresentando os planos de reformas urbanas no centro. A arquitetura de Porto Alegre nesse período sofria radicais mudanças em seu cenário. O grande crescimento econômico, aliado às novas tecnologias, impulsionou a substituição das antigas construções por novos edifícios. A partir da reconstrução dos processos de projeto do edifício Santa Cruz e da descrição do seu programa de necessidades e da sua estrutura, o trabalho apresenta uma ampla pesquisa sobre o desenvolvimento de todas as fases e alterações do projeto, a localização e configuração em relação ao entorno, o histórico, o edifício construído e sua importância para o processo de verticalização. O projeto é destaque não só por sua monumentalidade, com altura de 107 metros, como também pela inovação que trouxe à cidade na época ao apresentar estrutura de aço. Possui posição privilegiada em lote com duas frentes e abriga um extenso programa de necessidades.

Palavras-chave: Edifício Santa Cruz;Verticalização; Porto Alegre

http://lattes.cnpq.br/9125315683836619

Título: ECLETISMO NA AVENIDA INDEPENDÊNCIA: ARQUITETURA DOMICILIAR REMANESCENTE NO SÉCULO XXI

Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio

Resumo: A cidade de Porto Alegre presenciou uma de suas fases mais prósperas em fins do Século XIX e primeiras décadas do Século XX. O conjunto de Arquitetura Eclética Domiciliar remanescente na Avenida Independência, uma das vias fundamentais da cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, Brasil é testemunho desse período e documento evidenciador da ordem econômica e social que acometia nossa Cidade. Este trabalho é o seu registro.

Palavras-chave: Ecletismo;Arquitetura residencial eclética. Avenida Independência.

http://lattes.cnpq.br/5027152450461275

Título: A ARQUITETURA DE VILANOVA ARTIGAS NO PARANÁ

Orientador: Prof. Dr. Wilson Flório

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo complementar estudos acerca da obra do arquiteto João Batista Vilanova Artigas. Busca preencher lacunas identificadas quanto ao estudo da trajetória do arquiteto no Paraná, e dos aspectos técnico-construtivos presentes em seus projetos. Inicia pelo estudo de pesquisas antecedentes sobre a obra de Artigas, a arquitetura no Paraná, em especial em Curitiba, e a arquitetura residencial, como apoio aos estudos de casos analisados na sequência. Foram selecionados como objetos de estudo seis projetos residenciais do arquiteto em Curitiba, elaborados entre os anos de 1945 e 1978. As análises dos casos seguem metodologias descritas no trabalho, baseadas em pesquisas anteriores consultadas. Foram utilizados processos híbridos de conhecimento, incluindo redesenho a partir dos desenhos originais, com produção de modelos tridimensionais digitais, além de desenhos bidimensionais, diagramas, simulações seriais de percursos virtuais e modelos físicos elaborados com o auxílio de cortadora a laser. Os estudos visam à análise pormenorizada dos projetos, a fim de compreender aspectos formais, funcionais, espaciais e construtivos presentes nas propostas. Por fim, os projetos analisados foram comparados entre si, na busca de estabelecer relações entre os casos estudados. Com o objetivo de inserir as residências no restante da trajetória de Artigas, são estabelecidas ainda comparações dos casos com outros projetos do arquiteto. A pesquisa desenvolvida permitiu identificar diversas estratégias ao longo da trajetória de Artigas, com semelhanças em projetos para programas e locais distintos. Ainda, o trabalho evidencia a relevância dos aspectos técnico-construtivos, e sua importância para o conhecimento da arquitetura proposta por Artigas. Por fim, a análise com o auxílio da informática possibilitou a utilização de diversos instrumentos no reconhecimento dos projetos, incluindo desenhos bidimensionais, modelos tridimensionais virtuais, modelos físicos e imagens diversas geradas a partir destes.

Palavras-chave: João Batista Vilanova Artigas; Arquitetura Moderna; Análise de projetos; Aspectos técnico-construtivos.

http://lattes.cnpq.br/8738183683072921

Título: VIADUTO OTÁVIO ROCHA ÍCONE DA PORTO ALEGRE MODERNA

Orientador: Prof. Dr. José Geraldo Simões Jr. e Coorientador Luiz Antônio Bolcato Custódio

Resumo: Este trabalho tem o propósito de dissertar sobre o processo projetual e a execução da obra do primeiro viaduto de Porto Alegre, importante e monumental marco urbano construído entre os anos de 1929 e 1933: o Viaduto Otávio Rocha. O complexo do viaduto e suas rampas de acesso é uma das imagens mais afetivas e lembradas pelos porto-alegrenses, considerado um símbolo do desenvolvimento, a imagem da almejada metrópole. Seu projeto foi fator importante nas definições de abertura do primeiro "boulevard" da cidade, a avenida Borges de Medeiros, intenção de um período político com princípios positivistas que via no saneamento e na higienização das cidades, a solução para os problemas sociais e na expansão dos centros urbanos, nas reformas viárias, a solução para a mobilidade abrindo espaço para o advento do automóvel, o símbolo da modernidade. É através da análise de fotografias, projetos e memoriais que a história da construção do viaduto Otávio Rocha se desenrola em uma narrativa histórica da construção do cartão postal da cidade desejada para o século XX, abordando fatores de urbanidade e identidade coletiva que o consolidam atualmente como um dos cenários urbanos mais conhecidos e representativos de Porto Alegre.

Palavras-chave: Viaduto Otávio Rocha; Porto Alegre. Patrimônio Histórico. Avenida Borges de Medeiros. Manoel Itaqui

http://lattes.cnpq.br/8848419429964394

Título: SOBRE A ATUALIDADE DO APARTAMENTO MODERNO EM PORTO ALEGRE

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: A pesquisa realizada investigou apartamentos modernos, em Porto Alegre, projetados entre 1950 e 1960, feitos para a classe média alta e alta e reformados por arquitetos 50 anos depois. O objetivo, ao analisá- los, foi o de colher informações que comprovem que os projetos modernos oferecem possibilidades eficientes para se transformarem, ao longo do tempo e do uso, acompanhando as necessidades da sociedade, dos novos programas e modos de morar. E, indo mais além, investiga a possibilidade da planta do apartamento moderno ser mais compatível com os dias de hoje do que a 50 anos atrás. A independência dos elementos estruturais em relação aos demais que compõem os edifícios possibilita vãos maiores e integração espacial, características estas pouco exploradas na época de suas construções e valorizadas contemporâneamente.

Palavras-chave: Arquitetura Moderna Residencial. Apartamento. Estrutura Independente.

http://lattes.cnpq.br/1571405357447063

Título: REVITALIZAÇÃO DO MAJESTIC HOTEL: CASA DE CULTURA MÁRIO QUINTANA

Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio

Resumo: A Casa de Cultura Mário Quintana é um espaço voltado para acolher a diversidade cultural e social na cidade de Porto Alegre. Inicialmente o prédio foi sede do Majestic Hotel, inaugurado em 1918, um importante marco tanto na história como na arquitetura da cidade, que teve sua decadência completa nos anos 70. Este trabalho investiga o projeto de revitalização da Casa de Cultura Mário Quintana, passando pela apresentação do processo que deu início ao projeto original do hotel,com o seu crescimento junto com a cidade de Porto Alegre, sua decadência e o início da sua recuperação, nos anos 80. O trabalho recupera a histórica que começa com o idealizador do projeto, Horácio de Carvalho, e seu autor, Theo Wiederspahn, contextualizando sua atuação com as transformações mundiais e chegando até a revitalização de fato. Busca-se através de uma análise dos fatos históricos, compreender o significado desta edificação junto à memória da cidade. Como fruto, esse diagnóstico apresenta o conceito do projeto de revitalização e algumas das soluções adotadas para que o novo projeto pudesse tanto respeitar a obra original, quanto tornar-se um ícone cultural para a cidade. A pesquisa apresenta algumas das alternativas utilizadas para que fosse feita a reciclagem da edificação, com técnicas e um projeto contemporâneo. Além disso, essa revitalização da Casa de Cultura Mário Quintana representou a alavanca inicial para que os governantes entendessem que os prédios históricos poderiam, sim, ser recuperados e com isso gerar uma nova valorização do Centro Histórico de Porto Alegre.

Palavras-chave: Casa de Cultura Mário Quintana. Revitalização. Porto Alegre. Patrimônio histórico. Centro Histórico.

http://lattes.cnpq.br/5141803588641525

Título: LUCIO COSTA E ESTÁCIO DE SÁ: MONUMENTO, CENOTÁFIO E ARQUITETURA

Orientador: Profª. Drª. Anna Paula Canez

Resumo: A memória e a concepção de espaços mnemônicos sempre estiveram presentes na história; sua criação e trajetória sofrem mudanças ao longo de distintos períodos. O conceito de espaços da memória caracteriza-se por ter uma identidade que se relaciona diretamente com a história para associação e interpretação do conteúdo de valor e função simbólicos. São enfatizados monumentos e cenotáfios como espaços da memória. Monumentos são a representação simbólica da memória através de um elemento específico, e os cenotáfios são destinados a homenagear uma pessoa ou um grupo de pessoas cujos restos mortais estão desaparecidos ou em outro local. Dentro dos exemplares brasileiros, é analisado o Monumento a Estácio de Sá, de Lucio Costa. O fundador da cidade do Rio de Janeiro tem um monumento em sua homenagem no Parque do Flamengo, resolvido em uma composição simples, com simbologia sutil, percebida à medida que se permite conhecê-lo. São analisadas questões históricas que envolvem o monumento e estratégias de projeto: implantação, entorno, materialidade, volumetria, esquema de composição etc. Os restos mortais de Estácio de Sá sempre estiveram sob a guarda dos Frades Capuchinhos, na Igreja de São Sebastião dos Capuchinhos. A ideia inicial era de que a lápide, os restos mortais do fundador e o Marco de Fundação da cidade fossem trasladados para o monumento, porém houve desacordo entre as partes para a trasladação. Este estudo considera a mudança de rumo decorrente do desacordo, pois, através disso, tem-se hoje no monumento réplicas dessas relíquias, ou seja, um túmulo vazio, que fez com que o monumento apresentasse características de um cenotáfio.

Palavras-chave: Espaços da memória. Monumento. Cenotáfio. Lucio Costa. Monumento a Estácio de Sá.

http://lattes.cnpq.br/5028815033778120

Título: INDUSTRIALIZAÇÃO DA CONSTRUÇÃO NA HABITAÇÃO COLETIVA MODERNA: CONCRETO PRÉ-FABRICADO NOS PROJETOS DA UNB E USP

Orientador: Prof. Dr. Sérgio Moacir Marques

Resumo: As obras com tecnologia de pré-fabricação em concreto significaram um avanço na Arquitetura Moderna Brasileira. Considerando a possibilidade de racionalizar e industrializar os canteiros de obras, tendo em vista o aumento da produtividade e ensaio de novas técnicas construtivas, assim como novos sistemas formais, arquitetos como João Filgueiras Lima, Lelé, Eduardo Kneese de Mello e equipe, entre outros, aderiram à experimentação tecnológica no habitar coletivo. Desse ponto de vista, este trabalho constitui-se em um estudo sobre obras brasileiras da industrialização na arquitetura moderna brasileira: a UNB e a USP. Para desenvolver este estudo, reunimos informações com referenciais bibliográficos através da história da arquitetura moderna e a industrialização, visitas in loco e análise das obras. Desse modo, foi possível demonstrar a importância desses projetos no quadro da arquitetura moderna brasileira e na trajetória de seus autores. A pesquisa visou identificar as principais características dos projetos de habitação coletiva moderna através da industrialização com sistemas construtivos pré-fabricados em concreto. O objetivo foi resgatar os princípios modernistas na habitação coletiva e destacar a importância dos projetos analisados, não só pela qualidade que apresentam, mas também por seus sistemas construtivos. Assim, os resultados destacam a importância da industrialização para a sociedade e a qualidade dos projetos modernos em termos de organização nos aspectos funcionais, formais e construtivos, motivo pelo qual deixaram um grande legado na arquitetura moderna brasileira.

Palavras-chave: Habitação coletiva moderna; Concreto pré-fabricado; Apartamentos para professores – UNB; Alojamento para estudantes – CRUSP

http://lattes.cnpq.br/9020051521133330

Título: O PARQUE MOINHOS DE VENTO COMO INSTRUMENTO DE SOCIALIZAÇÃO PARA OS IDOSOS DE PORTO ALEGRE

Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti

Resumo: Os parques urbanos possuem função ecológica, estética e social. No tocante ao exercício da função social, buscam permitir sua apropriação de forma irrestrita e democrática, aos membros da sociedade, para o desempenho das práticas de lazer ativo e passivo. Dessa forma, é preciso atender às necessidades distintas, de um universo repleto de diversidades, que dispõe da idade como uma delas. Na cidade de Porto Alegre é significativa a crescente dilatação do número de pessoas que alcançam a terceira idade. Nesse contexto, o objetivo da presente pesquisa, é caracterizar o parque Moinhos de Vento sob os aspectos de acessibilidade e mobilidade, topografia e pavimentação, equipamento e mobiliário urbano, vegetação, visuais, segurança e manutenção; e avaliar seu atendimento às necessidades da parcela idosa da população porto-alegrense. A pesquisa é desenvolvida em duas etapas, com levantamento de dados “in loco”, realizado por meio da observação. A primeira etapa consiste em um levantamento do comportamento social do idoso, para identificação das suas necessidades e conveniências no parque. A segunda etapa consiste em um levantamento da infraestrutura do parque para sua caracterização, e posterior correlação com as necessidades identificadas na primeira etapa e, por conseguinte, sua avaliação. Em relação aos resultados, o parque atinge o conceito geral, BOM, entretanto, tal resultado não se sustenta em todas as suas áreas, de características distintas entre si, o que resulta na apropriação de forma desigual por parte dos idosos, e atendimento parcial às suas necessidades por parte do parque Moinhos de Vento.

Palavras-chave: Parques; Idoso; Socialização.

http://lattes.cnpq.br/1142149726908220

Título: AVALIAÇÃO DE INSERÇÃO URBANA: CONJUNTOS HABITACIONAIS FINANCIADOS PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA EM LAJEADO

Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti

Resumo: Os conjuntos de habitação de interesse social formam vetores e norteiam a expansão urbana, pois quando implantados possuem um número relevante de moradores. Quando inseridos na cidade de forma desordenada, podem surgir problemas como exclusão social, violência urbana e deficiência de transporte público. A presente dissertação tem como tema o Programa Minha Casa Minha Vida, tomando a Cidade de Lajeado - RS, como estudo de caso. O objeto de estudo conforma-se nas soluções e problemas dados aos conjuntos de habitação de interesse social edificados no município, ligado às questões urbanas. Sendo assim, a pesquisa objetiva entender quais as lógicas de implantação dos conjuntos, construídos entre os anos de 2009 e 2015, dentro do contexto urbano, e, avaliar se são condizentes com as necessidades básicas de uma moradia adequada. A partir de uma ferramenta de análise urbana, busca-se especificar questões ligadas ao transporte, da oferta de equipamentos, comércio e serviços, e o desenho e integração urbana de conjuntos habitacionais, criando, através dos resultados, uma discussão lógica sobre questões do Programa Minha Casa Minha Vida. Procede-se uma interpretação das justificativas e discursos que norteiam o programa, além do estudo da configuração urbanística dos conjuntos habitacionais erguidos no referido período. Para tanto, realizou-se principalmente um estudo sobre a habitação de interesse social, sobre o Programa Minha Casa Minha Vida e análise dos estudos de casos. A pesquisa se justifica pela insuficiência de estudos locais no que dizem respeito à habitação de interesse social em Lajeado. Nesse sentido foi identificado um número evidente de conjuntos já edificados, os quais são projetados e implantados no meio urbano, visando, na maioria das vezes, interesses políticos e do mercado imobiliário. Pretende-se nessa pesquisa contribuir para a reflexão na forma de se implantar os conjuntos de habitação de interesse social dentro da cidade.

Palavras-chave: conjuntos habitacionais de interesse social; planejamento urbano; Programa Minha Casa Minha Vida; Lajeado

http://lattes.cnpq.br/9261094181534692

Título: AS CASAS DO ARQUITETO MARCIO KOGAN STUDIO MK27

Orientador: Profª. Drª. Marta Silveira Peixoto

Resumo: A presente dissertação analisa a arquitetura residencial unifamiliar contemporânea, projetada pelo Arquiteto Marcio Kogan do escritório Studio Mk27, com sede em São Paulo. A partir da seleção de oito residências, foi desenvolvida uma metodologia de análise do projeto de arquitetura. A dissertação tem como objetivo identificar a linguagem arquitetônica e a caracterizar como um todo as obras residenciais de Marcio Kogan – ou seja, o trabalho visa elucidar a sintaxe de sua linguagem arquitetônica, através de uma abordagem didática com a dissertação fracionada em partes: A primeira parte tem objetivo de fazer uma contextualização historiográfica e identificar influências da arquitetura paulista em suas obras; a segunda parte fala sobre o arquiteto, seus projetos e trajetória. A terceira apresenta as obras e as análises. Na última parte é feita uma conclusão relacionando os resultados obtidos juntamente com as considerações finais. O método investigativo é realizado através da análise gráfica, baseada em uma matriz de apreciação especifica para estudo tipológico formal e funcional dos projetos.

Palavras-chave: Marcio Kogan; Arquitetura Residencial Contemporânea; Studio mk27

http://lattes.cnpq.br/0817700139326959

Título: UM PROGRAMA INTERATIVO ENTRA EM CAMPO: ESTUDO DE CASO DO MUSEU DE FUTEBOL DE SÃO PAULO

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: O presente trabalho trata de um estudo de caso do Museu do Futebol de São Paulo, um museu interativo. A relevância é a de analisar quais são os possíveis requisitos para uma elaboração projetual nestes moldes e descobrir quais são as reais faces da interatividade dentro de um determinado espaço. Como se organiza e funciona o programa de um museu interativo dentro de uma obra existente, visto que há um elo muito forte entre três elementos: a arquitetura, propriamente dita, com a museografia e a revitalização. Assim, estudaremos como ocorrem os sistemas de movimento, articulação e composição dos espaços arquitetônicos em conjunto com a museografia. Com a finalidade de ampliar o conhecimento, reforçar argumentações e fazer comparações, um estudo complementar com outros três museus interativos foi feito. Estes surgem com menor ênfase apenas para clarificar e enriquecer a discussão a respeito do tema. Entre eles estão: o Museu da Língua Portuguesa (SP), o DDR Museum (Berlin) e o National Football Museum (Manchester). Assim, eles dão suporte e sustentam questões que foram apontadas como relevantes no objeto de estudo. Estas obras foram escolhidas, pois possuem características arquitetônicas semelhantes às do estudo de caso principal. Visitas técnicas, fotos e redesenhos foram feitos para melhor compreender a obra em estudo. Por fim, apresentamos pontualidades e quesitos de programa que demostraram potencializar e dar sentido à produção de um museu interativo. Interfaces importantes que se destacaram no Museu do Futebol de São Paulo e que poderão servir de embasamento para futuras produções arquitetônicas.

Palavras-chave: Projeto arquitetônico; Museus interativos; Interatividade


Egressos 2015

http://lattes.cnpq.br/0048435384182774

Título: ARQUITETURA E PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA PONTOS FORA DA CURVA

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: A busca pelos motivos que ocasionaram a presente falta de qualidade na produção arquitetônica de edifícios residenciais promovida pelo mercado imobiliário paulistano é o pano de fundo desta pesquisa. Seu foco está direcionado para a existência de alternativas que permitam, atualmente, ao profissional de arquitetura realizar projetos que se diferenciem qualitativamente em meio a este setor que, no geral, atribui pouca relevância ao papel autoral do projetista. O trabalho se desenvolve a partir de um breve levantamento histórico que visa através da leitura do contexto do mercado imobiliário da cidade de São Paulo encontrar as possíveis causas da decadência qualitativa que perdura até hoje. Ultrapassado esse ponto buscamos caminhos que possibilitem ao arquiteto assumir o papel de protagonista no processo desenvolvimento dos empreendimentos imobiliários e com isso realizar a produção de edifícios de apartamentos que não sigam a massificação do mercado e que também contribuam para a realização de um debate sobre o tema, exemplares estes que denominamos “pontos fora da curva”. Aprofundamos o tema a partir do estudo de edifícios de apartamentos construídos na cidade de São Paulo, na primeira década do século XXI, que se sobressaíram na mídia especializada pelos seus predicados arquitetônicos. Os dados levantados pela dissertação indicam que apesar dos arquitetos terem uma parcela de responsabilidade sobre má qualidade projetual produzida pelo setor, existem alternativas pontuais que possibilitam a elaboração de boa arquitetura no mercado imobiliário.

Palavras-chave: projeto arquitetônico, edifícios de apartamentos, mercado imobiliário, São Paulo, Idea!Zarvos

http://lattes.cnpq.br/7504551614043353

Título: AS CASAS UNIFAMILIARES NÃO CONSTRUÍDAS DO PROGRAMA CASE STUDY HOUSES

Orientador: Prof. Dr. Marta Peixoto

Resumo: Esta dissertação se propõe a estudar os projetos não-construídos do programa Case Study Houses, o qual compreendeu o período de 1945 -1962, no sul da Califórnia. Considerando uma abordagem didática, a dissertação está dividida em quatro partes. A primeira tem enfoque historiográfico com o objetivo de compreender as transformações e as inovações da casa típica americana, para posteriormente identificá-las no universo do programa proposto por John Entenza. A terceira parte apresenta os aspectos metodológicos, que dizem respeito tanto aos procedimentos necessários para a realização da pesquisa, bem como a metodologia adotada para a análise tipológica formal-funcional dos projetos. O método de investigação é realizado através da análise gráfica, criando-se uma matriz de análise baseada em bibliografia específica. Os estudos sistemáticos dos princípios de forma, espaço e ordem geraram diagramas sintéticos interpretativos. Ao final, para melhor compreensão dos diagramas, foram elaborados textos que explicam e questionam os aspectos de cada projeto.

Palavras-chave: Arquitetura Moderna, Projeto Arquitetônico, Case Study Houses.

http://lattes.cnpq.br/1234144053393329

Título: PROCESSO DE PROJETO NA ERA DIGITAL: uma reflexão sobre a implantação do BIM em três escritórios de arquitetura em Porto Alegre/RS, de 2010 a 2014.

Orientador: Prof. Dr. Wilson Florio

Resumo: O setor de Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC) tem se tornado cada vez mais competitivo, exigindo investimentos em novas tecnologias que tornem o processo de projeto mais colaborativo, eficaz e controlado, e que resulte num projeto mais assertivo. O objeto de estudo da presente pesquisa é a investigação dos processos contemporâneos de projeto, dedicando-se especialmente à análise do uso do sistema Building Information Modeling (BIM) para a prática projetual desenvolvida nos escritórios em Porto Alegre. Como procedimento metodológico, elaborou-se uma base conceitual aplicada à base empírica. A base conceitual da pesquisa refere-se à fundamentação teórica do tema, a partir de uma revisão bibliográfica sobre os processos de projeto e sobre as novas tecnologias disponíveis. O processo de projeto foi analisado com a intenção de compreender se esse sofre modificações entre o sistema CAD tradicional e a plataforma BIM. Procurou-se identificar se o uso do BIM interfere no modo como os projetos são desenvolvidos nesta fase de transição. Posteriormente, foram aplicados protocolos de entrevistas e realizadas catalogações de materiais aos três escritórios selecionados. Tratam- se de empresas de arquitetura de Porto Alegre que já iniciaram a implantação do BIM, selecionadas para participarem como estudos de caso desta pesquisa, fornecendo dados para a base empírica. Posteriormente, foi feita uma análise dos resultados. Concluiu-se que o custo de implantação, a escassez de profissionais com conhecimentos específicos, a rigidez do software utilizado, a falta de interoperabilidade dos sistemas, a ausência de experiência com a colaboração e a dificuldade cultural de experimentar novos processos são fatores que têm tornado restrita a aplicabilidade da nova tecnologia. A pesquisa colabora para o debate sobre a modelagem da informação na construção, sua contribuição para a fase de projetação, vantagens e obstáculos enfrentados pelos membros das equipes. Além disso, investiga as dificuldades de implantar um projeto realmente colaborativo nesta fase de transição entre o CAD e o BIM em Porto Alegre.

Palavras-chave: BIM. Projeto. Processo. Arquitetura e tecnologia digital.

http://lattes.cnpq.br/5785989674534839

Título: A praça como um lugar

Orientador: Prof. Dr. Lineu Castelo

Resumo: As praças de Porto Alegre somam grande área urbana. Muitos desses espaços não são frequentados pelas pessoas, originando vazios urbanos e distanciando-se da simbologia do encontro entre as pessoas, existente nas praças centrais. Inseridas em novos contextos, as praças que surgiram a partir do crescimento da cidade, orientado pelos Planos Diretores, são objetos de estudo nesta pesquisa. Para melhor compreensão destes espaços públicos, o estudo faz uma associação das diretrizes urbanísticas com as praças. Desta associação, periodizada desde o Plano Geral de Melhoramentos (1914) até o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (1999), resultou uma categorização não-convencional de praças: a praçarefratária, a praça-pátio, a praçaausente e a praça-segura, originadas em cada período. Considerando que muitas praças não configuram lugares de convívio para a grande população que escolheu a cidade para viver, o estudo propõe uma reflexão acerca do significado das praças na contemporaneidade da urbanização. A partir da associação das diretrizes urbanísticas com as transformações ocorridas nas práticas sociais, alinhadas ao espaço em questão, o trabalho busca aproximar-se de novos paradigmas que conduzam à inserção destes espaços no cotidiano das pessoas.

Palavras-chave: Praças. Planos Diretores. Espaço público.

http://lattes.cnpq.br/1905126746283064

Título: Arquitetura de Concurso: estratégias compositivas e soluções exemplares

Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira

Resumo: A presente dissertação apresenta estudos de caso resultados de concursos públicos de arquitetura e urbanismo a fim de iniciar uma discussão a respeito de termos ligados à prática projetual como conceito, partido e programa. O tema abordado “Arquitetura de concurso: estratégias compositivas e soluções exemplares” visa entender melhor como os conceitos, as estratégias compositivas e as ideias geradoras fazem parte da elaboração do produto final, o projeto. Entre os objetivos da dissertação está perceber as diferenças e semelhanças entre a proposta inicial criada para a competição e o projeto executado, e entre os primeiros colocados na competição. A forma de escolha do projeto para grandes obras arquitetônicas é um tema bastante debatido nos dias atuais, sendo a mais comum o concurso público de ideias e projetos. Dessa forma proporciona uma maior discussão sobre o futuro objeto a ser construído quando coloca em júri a decisão de escolha do projeto e expõe os desenhos concorrentes para a população. No presente trabalho busca-se discutir a respeito das competições em arquitetura, que benefícios podem gerar não só na construção das cidades mas também na forma de pensar e estudar a arquitetura. O trabalho está baseado na análise crítica de estudos de caso com ênfase nos projetos finalistas do concurso para o High Line em Nova Iorque. A fim de auxiliar e melhorar a análise do estudo de caso é feita uma breve análise de outro projeto realizado através de concurso público e com temática similar ao anterior, o Parc de La Villette em Paris. Em ambos os casos os projetos de revitalização urbana tiveram grande repercussão e apresentam semelhanças, assim como diferenças, que auxiliam a esclarecer o papel didático assumido pela arquitetura de concurso.

Palavras-chave: Arquitetura, Estratégias, Soluções

http://lattes.cnpq.br/3520736659250175

Título: A hibridação dos meios de representação no Atelier de Projeto

Orientador: Prof. Dr. Wilson Flório

Resumo: A utilização de recursos computacionais como suporte para o projeto arquitetônico está presente no trabalho de arquitetos por todo o mundo. Com o mercado de trabalho cada dia mais competitivo, os profissionais buscam novas formas de conceber, representar e finalizar seus projetos para obter melhores resultados, reduzir erros e produzir mais. De fato, grande parte do processo de projeto de arquitetura passou a ser digital nas últimas décadas. Porém, os meios de representação manuais continuam presentes durante o ato de projetar. Embora essa transição do manual para o digital tenha trazido uma mudança significativa na forma de organizar, avaliar e apresentar os projetos, consequentemente na forma de pensar o projeto, a plena utilização de meios manuais e digitais de representação, de forma híbrida, ocorre de forma significativa. Neste trabalho a discussão está centrada na hibridação dos meios de representação no Atelier de Projeto. Possui a intenção de conhecer e avaliar as interferências causadas pela utilização dos meios de representação de forma híbrida no processo de projeto, em especial durante a formação do arquiteto, dentro do atelier. O objetivo geral desta pesquisa é entender o processo de projeto a partir da hibridação dos meios de representação. A metodologia está organizada em duas etapas distintas. A primeira consiste em uma pesquisa teórica e conceitual sobre as questões relacionadas ao processo de projeto em arquitetura, a utilização dos meios manuais e digitais de representação no processo, e o ensino-aprendizagem de arquitetura. A segunda etapa consiste em observar, analisar e refletir como estudantes de arquitetura utilizam os meios manuais e digitais de representação no processo de projeto, através da coleta e análise dos artefatos produzidos em sala de aula, e da observação do diálogo e interação professoraluno. Esta reflexão sobre a prática passa por um questionamento sobre o uso das tecnologias no processo de projeto e a hibridação com recursos manuais. Até o momento percebe-se que a utilização dos recursos computacionais está fortemente presente no atelier de projeto e que é parte incontestável do processo. A observação e análise dos artefatos coletados em sala de aula irão proporcionar uma reflexão sobre a prática neste momento singular na história da arquitetura em que o computador ocupa lugar de destaque sobre a prancheta.

Palavras-chave: Processo de projeto, hibridação dos meios de representação, ensino-aprendizagem.

http://lattes.cnpq.br/2721114865456831

Título: A qualidade da paisagem urbana de Porto Alegre: critérios de avaliação

Orientador: Prof. Dr. José Geraldo Simões Junior

Resumo: Esta pesquisa versa sobre a paisagem urbana de Porto Alegre, mais especificamente sobre sua área central, tendo por objetivo geral estabelecer critérios claros para avaliar seu nível de qualidade, mensurando-o por meio de uma escala quantitativa. Pela falta de parâmetros existentes desenvolveu-se uma metodologia científica própria que consistiu nas seguintes etapas: Primeiramente realizou-se a revisão bibliográfica de autores e do ideário relacionado ao tema da leitura e percepção da paisagem urbana, extraindo-se uma série de atributos desejáveis frequentemente presentes em paisagens urbanas de qualidade; na segunda etapa houve uma investigação profunda sobre a área central de Porto Alegre para se compreender as transformações que moldaram seu contexto e paisagem atuais, destacando-se os trechos para a aplicação do método; a seguir, agrupou-se os atributos em um instrumento que, posteriormente, foi aplicado nos trechos previamente selecionados; após, realizou-se a coleta de dados, sua tabulação e análise; como resultado desenvolveu-se uma escala de medição da qualidade da paisagem urbana que apresenta, através de faixas de pontuação, os conceitos de qualidade e indicações em relação à necessidade e dimensão de intervenções na paisagem urbana mensurada. Por meio desse método, o qual comprovou-se viável e adequado, concluiu-se que a paisagem urbana da área central de Porto Alegre possui um nível de qualidade apenas regular, indicando-se a necessidade de intervenções pontuais para qualificá-la uma vez que apresenta atributos positivos e negativos de forma equilibrada. Acredita-se que, tanto o método quando a escala, ambos inéditos para essa área do conhecimento, constituem-se em valiosas ferramentas disponíveis para auxiliar no processo de planejamento, ordenamento, gestão e qualificação da paisagem urbana das metrópoles contemporâneas.

Palavras-chave: Paisagem Urbana. Qualidade. Critérios de Avaliação. Urbanismo.

http://lattes.cnpq.br/1367440974489217

Título: Três lugares de Porto Alegre: A percepção ajudando o Pacemaking

Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello

Resumo: Com o objetivo de demonstrar as preferências e opiniões da população, em geral, de Porto Alegre, foi realizada a pesquisa demonstrando definições cruciais para isso. A percepção ambiental, imagens mentais, desenho urbano e o placemaking, são as definições utilizadas na pesquisa, a fim de ter um melhor entendimento de como funciona a percepção da população, em relação à cidade. Com o esclarecimento dos temas citados acima, realizou-se levantamentos perceptuais, com o objetivo de entender a percepção nos três objetos de estudo (Usina do Gasômetro, Casa de Cultura Mário Quintana e Mercado Público) e análises Projetuais, para entender melhor seus espaços na capital gaúcha. Com tudo isso foi possível realizar uma lista contemporânea demonstrando os itens que a população, em geral, considera essenciais nos Lugares, para ajudar os possíveis projetos urbanos situados na cidade de Porto Alegre.

Palavras-chave: Lugar; Placemaking; Percepção Ambiental; Usina do Gasômetro; C.C.M.Q.; Mercado Público

http://lattes.cnpq.br/4795430273537511

Título: Habitações coletivas verticais de Paulo Mendes da Rocha: 1962 a 2004

Orientador: Prof. Dr. Anna Paula Moura Canez

Resumo: Os projetos habitacionais significaram para Paulo Mendes da Rocha a possibilidade de ensaiar novas técnicas construtivas bem como a sistematização dos processos inerentes ao canteiro de obras. Paralelamente à experimentação tecnológica, sobrevêm os estudos de revisão do espaço doméstico à luz do habitar contemporâneo. Neste aspecto, uma solução projetual coerente com as demandas do homem na atualidade deve contemplar a dinâmica da unidade habitacional mas também a infraestrutura urbana que a envolve. A habitação coletiva vertical representa, então, uma solução coerente com a relação entre o contingente populacional e o modo como se apresenta a infraestrutura urbana e a oferta de serviços e emprego. Ainda que Paulo Mendes da Rocha tenha desenvolvido mais de três dezenas de estudos e projetos de habitações coletivas, raros são aqueles levados a cabo. Os únicos oito exemplares edificados nos permitem vivenciar experiências espaciais, e de ordem técnica idealizadas por Mendes da Rocha no âmbito do habitar contemporâneo e de sua ênfase no coletivo. As soluções apresentam características comuns à produção do arquiteto: o aprofundado estudo de materiais e de processos construtivos, o detalhamento apurado de componentes da edificação, e, especialmente, a promoção do edifício isolado a parte integrante do espaço da habitação contemporânea – o espaço da cidade. Desta forma, o presente estudo analisa os oito edifícios coletivos verticais de Mendes da Rocha – os quais têm seus projetos desenvolvidos entre 1962 e 2004 – buscando apreender as lições de arquitetura concernentes àquela produção. Sob essa perspectiva, e dada a ênfase do estudo no tema da habitação vertical, o aprofundamento gráficoanalítico dos projetos, tendo em conta a fundamentação teórica expressa no discurso crítico de Mendes da Rocha, pretende revelar e sistematizar a linguagem projetual contida no conjunto das obras selecionadas.

Palavras-chave: habitação vertical, habitação coletiva, Paulo Mendes da Rocha, arquitetura moderna, arquitetura paulista.

http://lattes.cnpq.br/7750281498306936

Título: Evolução e transformações da Praça da Matriz de Porto Alegre: Arquitetura e Contexto Urbano

Orientador: Prof. Dr. Carlos Egidio Alonso

Resumo: Este trabalho busca descrever as transformações urbanas da Praça da Matriz da cidade de Porto Alegre (Praça Marechal Deodoro) a partir da sequência histórica das construções nela ocorridas. Importante espaço urbano que nasce junto à fundação da cidade, a praça é aqui entendida como uma grande área livre, um fragmento urbano, que é qualificado pelas construções que a envolvem: defendemos a tese de que há uma mútua contaminação de qualidades formais entre o espaço livre e suas construções envoltórias, bem como um impacto mútuo quando novas funções são estabelecidas em um desses segmentos, implicando em novos usos. Nesse sentido, entendemos que “espaço livre” e “construções que o envolvem” são elementos inseparáveis de um único contexto urbano que denominamos “praça”. Tendo como base a comparação de mapas de diferentes épocas e de antigos e atuais registros visuais de seus edifícios (através de fotografias, desenhos e pinturas), utilizando redesenhos digitais dos documentos iconográficos e a análise gráfica como método de investigação, são evidenciadas e analisadas as introduções e modificações das formas arquitetônicas e as consequências disto na evolução da espacialidade da praça: isso implica também na análise de seu uso por parte da comunidade urbana. Nosso foco principal concentra-se nas configurações formais e espaciais da praça como uma das faces importantes para a compreensão da evolução da arquitetura e da cidade. Sugeridas pelas configurações dos edifícios e dos desenhos das áreas livres em diferentes épocas, definimos uma periodização visando à análise formal e o desenvolvimento de nosso texto.

Palavras-chave: Praça Marechal Deodoro - Porto Alegre, forma arquitetônica, morfologia urbana.

http://lattes.cnpq.br/2556658966374161

Título: Regeneração urbana: O caso do Centro Histórico de Porto Alegre (1999-2014)

Orientador: Prof. Dra. Nadia Sommekh

Resumo: O processo de reestruturação econômica global traz inúmeras consequências urbanas, podendo-se destacar, o esvaziamento dos centros urbanos e os processos de gentrificação. É nesse contexto que se encontram as oportunidades oferecidas aos novos projetos urbanos, enquanto instrumentos de regeneração territorial das áreas deterioradas ou em transformação. O processo urbanístico, que atualmente se caracteriza por promover a transformação de diferentes áreas da cidade, tem o desafio de fazê-lo sem negar as características locais. Estes processos de regeneração de centros urbanos patrimoniais constituem-se no objeto que se analisa e no qual se identifica estratégias e parâmetros que determinam princípios e estabelecem instrumentos para sua melhor gestão e implantação. Como recorte espacial o estudo se concentra na área determinada como Centro Histórico de Porto Alegre, analisando os processos de transformação pelos quais vem passando, principalmente, no período compreendido entre os anos 90 e os dias de hoje.Paralelamente, caracterizam-se os conceitos de centro histórico e regeneração urbana. Sendo assim, a pesquisa aborda aspectos acerca das estratégias de regeneração de centros urbanos, disserta sobre as políticas públicas que atualmente amparam estas ações, e, por fim, apresenta pesquisa quanto às questões de continuidade da área objeto de estudos, tendo o Centro Histórico de Porto Alegre, como oportunidade de defesa das ideias e descobertas relativas ao objeto de conhecimento.

Palavras-chave: Regeneração Urbana. Centro Histórico. Porto Alegre.

http://lattes.cnpq.br/4648323400443218

Título: Indicadores de sustentabilidade na gestão de ambientes litorâneos: o caso de Aracaju

Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti

Resumo: Esta dissertação analisa e sugere indicadores de sustentabilidade aplicáveis ao planejamento urbano e à gestão urbana da cidade de Aracaju, capital do estado de Sergipe, Brasil. Discutem-se indicadores espaciais e ambientais, aplicáveis ao período de crescimento e evolução da Zona de Expansão Urbana (ZEU) desta cidade, objetivando a análise mais detalhada da utilização ou não desses indicadores. Aracaju nasce planejada na segunda metade do século XIX (1855), requerendo um projeto que contornasse regiões de pântanos e charcos. Nasce, porém, sob pressão política para instalação rápida da nova capital, o que inviabilizou um levantamento detalhado do local. Isso permiti concluir que Aracaju não pôde ser projetada do ponto de vista ambiental. Cerca de 50 anos após a sua implantação, seus limites planejados foram extrapolados pela população de menor poder aquisitivo. Entre 1900 e 1914, Aracaju moderniza-se, as ruas eram pavimentadas com pedras regulares. Em 1908, é 12 inaugurado o serviço de água encanada, e em 1914 instalam- se os esgotos sanitários e chega à cidade a estrada de ferro. Em 2014, cem anos depois, os calçamentos originais são cobertos por asfalto pela prefeitura municipal, e a estrada de ferro está inoperante. Em 1964, a economia do estado se encontrava em declínio. Após cerca de 60 anos de um desenvolvimento lento, com uma economia essencialmente sustentada pelo estado, a descoberta de petróleo em Carmopolis, a 47km da capital Aracaju, redefine os rumos de desenvolvimento da região. Entre 1964 e 1985, Aracaju passa por um período de desenvolvimento rápido, tornando-se uma metrópole incompleta, constituída por subcentros urbanos, dependentes, porém do centro que lhe deu origem. A área da ZEU permanece com o seu traçado de ocupação espaçada e notadamente com características rurais. As definições sobre a ZEU são estabelecidas em 1982 pela câmara municipal de Aracaju considerando não haver mais para onde se expandir a cidade na área de sua zona central e periférica. Entre 1985 e 2014 a ZEU inicia sua fase de desenvolvimento urbano. São definidos três períodos de evolução: 1985 a 2003, 2004 a 2009 e 2010 a 2014. Em 1985, a construção da Rodovia Jose Sarney facilita definitivamente o acesso a ZEU e assim abre os caminhos viários para sua urbanização. A partir de 1985, o crescimento da ZEU é, portanto, acelerado, sendo o espaço rural, até então em harmonia com os seus ecossistemas naturais, substituído por condomínios e edificações em não conformidade com os conceitos de sustentabilidade ambiental. Em 2004, problemas de erosão costeira começam a afetar a área, com a erosão de parte da rodovia junto à foz do Rio Vaza Barris, e dificuldade de escoamento das águas superficiais. Os problemas se agravam entre 2006 e 2008.

Palavras-chave: indicadores de sustentabilidade, sustentabilidade urbana, gestão urbana, legislação urbana, urbanização de áreas litorâneas.

http://lattes.cnpq.br/6921389334298991

Título: Croquis. Um olhar sobre o ofício do arquiteto na obra de Mies Scarpa Siza Holl

Orientador: Prof. Dr. Rogério Castro Oliveira

Resumo: O presente trabalho visa demonstrar a importância do desenho a mão livre no processo de criação arquitetônica, mesmo diante do grande avanço tecnológico que norteia o ofício do arquiteto. Uma análise teórica e prática da presença do croqui, na criação e desenvolvimento de um projeto, e na produção de mestres exemplares, defende sua revalorização nas diversas fases do fazer em arquitetura, especialmente no proceder acadêmico, e reconhece a hibridização dos processos de trabalho tradicional e digital como realidade na teoria e na prática da arquitetura.

Palavras-chave: Croquis; Ofício; Ensino.

http://lattes.cnpq.br/4242788919204031

Título: Atlântida, cidade balnear. Contribuições de Ubatuba de Faria, um urbanista moderno.

Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio

Resumo: Atlântida, Cidade Balnear é o estudo sobre o balneário do litoral do Rio Grande do Sul, de autoria do engenheiro urbanista Luiz Arthur Ubatuba de Faria que durante sua trajetória desenvolveu diversos projetos para cidades ligadas à vilegiatura marítima. O período entre os anos da primeira metade do século XX, considerado como o momento de consolidação da população urbanoindustrial brasileira, relaciona-se à atuação do autor, sua formação e conceitos, e, ao exercício de atividade profissional nas administrações municipal e estadual durante o Estado Novo. Com o objetivo de ampliar o repertório de profissionais e de seus trabalhos em urbanismo no Rio Grande do Sul através da história do homem e do contexto em que a cidade foi projetada, este trabalho busca tratar dos planos das cidades balneares. Ao relacionar as cidades projetadas por Ubatuba e as características comuns entre elas é possível observar uma metodologia e, nos textos que as descrevem, identificar uma intenção de transformação social.

Palavras-chave: Conceito. Influências.

http://lattes.cnpq.br/1293691805917386

Título: Brasil Arquitetura: Projetos e Obras no Sul

Orientador: Prof. Dr. Anna Paula Moura Canez

Resumo: A presente dissertação é um estudo sobre projetos e obras do escritório Brasil Arquitetura localizados no Rio Grande do Sul. Esse escritório realiza uma produção reconhecida pela crítica, no Brasil e no exterior. Seus arquitetos titulares são Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz, cuja formação e atuação profissional na área data de quase 40 anos. Até o momento, desde 2005, o escritório realizou doze trabalhos no estado, sendo que dois foram executados e outros dois estão em execução. Os projetos e as obras são apresentados em ordem cronológica e analisados individualmente. O estudo enfatiza, principalmente, a relação do novo com a preexistência, assim como a questão do lugar e das zonas de convivência, buscando apreender as lições de arquitetura concernentes ao recorte dado àquela produção. Tudo isso é sempre associado a um conjunto de dados documentais que registram as relações de contratação desse escritório. É também apresentada a formação dos arquitetos e discutida a influência exercida por Lina Bo Bardi. O trabalho procura ainda contribuir como meio de compilação, preservação e registro iconográfico dessa parcela da obra do Brasil Arquitetura.

Palavras-chave: Brasil Arquitetura. Rio Grande do Sul. Preexistência. Ferraz e Fanucci.

http://lattes.cnpq.br/7056956960559561

Título: A outra: a segunda-casa

Orientador: Prof. Dr. Marta Silveira Peixoto

Resumo: Este trabalho apresenta como tema as residências destinadas ao lazer, ao ócio, ao período de férias e finais de semana, aqui denominadas de “a outra” em razão de sua dualidade com relação à residência considerada “a oficial”. Tem por objetivo contribuir para identificação dos aspectos que compõem esses programas arquitetônicos e seu desenvolvimento ao longo do tempo, além de suas relações e diferenças formais, tipológicas e programáticas, em relação ao modelo tradicional do habitar. A partir de um estudo bibliográfico e iconográfico, visa-se demonstrar que essas diferenças sempre existiram e que a construção ideológica da segunda-casa encontra-se justamente em uma sobreposição de partes compositivas e complementares, e, não raro, antagônicas e contraditórias. Palavras-chave: arquitetura residencial; segunda casa; férias.

Palavras-chave:

http://lattes.cnpq.br/8477885442012637

Título: Regularização urbanística e fundiária: O caso da comunidade Vila Palmeira, Novo Hamburgo/RS

Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti

Resumo: A dissertação aborda o tema da reurbanização e regularização fundiária de uma área de favela, apresentando como objeto de estudo o caso da Comunidade Vila Palmeira, situada na cidade de Novo Hamburgo/ RS. A comunidade teve surgimento no início da década de 80 através de ocupações irregulares de áreas de terras que à época pertenciam à família Schmidt. Atualmente as terras são de propriedade do Município de Novo Hamburgo, estão passando por processo de reurbanização e, em breve, também passarão pelo processo de regularização fundiária. O presente trabalho busca conhecer os impactos e os resultados oriundos do projeto urbanístico, avaliando as mudanças espaciais e sociais ocorridas no local decorrentes das políticas públicas adotadas pelo Município.

Palavras-chave: Favela, Reurbanização, Regularização fundiária, Política pública.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4347933Y8

Título: HETEROCRONIA NA ARQUITETURA: O Projeto como Viabilizador do Patrimônio

Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello

Resumo: A arquitetura nos permite experimentar lugares que atravessam a dimensão do tempo de nossa existência. Por ser testemunho dos acontecimentos, modos de viver e de pensar de cada época, a arquitetura é naturalmente composta de partes construídas em diferentes momentos. Sua composição admite paradoxos: às vezes, deve e consegue permanecer estática e, às vezes, precisa admitir as mudanças que ocorrem na sociedade, acompanhando sua evolução. A preservação e a permanência dessa arquitetura têm hoje inúmeras maneiras de contemplar o reuso do patrimônio arquitetônico. Todas buscam sua legitimidade na medida em que o resultado nos permite apreciar os edifícios antigos, usá-los e aprender com suas facetas artísticas, culturais e históricas materializadas em suas paredes. Essa heterocronia na arquitetura é o foco de estudo desta dissertação, que traz reflexões sobre o projeto de arquitetura como ferramenta para a preservação do patrimônio no nosso cada vez mais veloz cotidiano e sobre o edifício como parte de um processo contínuo de vida de um conjunto maior – a cidade.

Palavras-chave: memória; patrimônio histórico; projeto arquitetônico; heterocronia.

http://lattes.cnpq.br/4551518316529179

Título: TERRENOS RESIDUAIS Avaliação de espaços urbanos resultantes de intervenções viárias em Porto Alegre

Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio

Resumo: Atingimos, através da tecnologia e da informação, uma era onde é possível distinguir e esclarecer praticamente todas as problemáticas existentes em nossas cidades. Partindo deste preceito, a existência e a subutilização de terrenos abandonados na malha urbana de Porto Alegre torna-se inadmissível, principalmente tratando-se de terrenos adjacentes a intervenções com o intuito de solucionar questões das nossas cidades. Possuímos diversos bons exemplos de aproveitamento de espaços residuais em localidades espalhadas pelo mundo que sofreram reestruturações urbanas, e através destes exemplos o presente trabalho procura exemplificar as perdas causadas por estes terrenos e as possíveis soluções para que se torne plausível uma regeneração urbana sustentável, aprimorando os espaços existentes nas metrópoles, aproximando distâncias, otimizando nosso cotidiano e impulsionando a qualidade arquitetônica de nossas cidades.

Palavras-chave: Terrain-Vague. Vazios urbanos. Terrenos residuais. Cidades sustentáveis.

http://lattes.cnpq.br/2998570276908879

Título: O PROJETO DA FAU UNIRITTER: propostas e transformações (1977 - 2015).

Orientador: Prof. Dr. Rogério Castro Oliveira

Resumo: O presente trabalho trata da arquitetura da “FAU UniRitter” - edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da instituição de ensino superior UniRitter. Localizada em Porto Alegre - RS, essa obra foi projetada tendo como programa original abrigar exclusivamente as atividades do curso de arquitetura e urbanismo e de áreas afins. Sua inauguração parcial aconteceu em 1986, tendo passado por etapas de obra, modificações e adições, até finalmente ser concluída em meados do ano 2000. A partir de 1992 essas instalações passam a abrigar outros cursos, seu sítio é expandido e também seu campus recebe novos prédios. Dessa maneira, nos dias atuais esse edifício passou a ser chamado “Prédio A”, núcleo original do atual Complexo do Campus UniRitter Zona Sul. Apoiada nesses fatos, essa pesquisa inicia apresentando o histórico da instituição e a encomenda do projeto desse edifício, realizada à década de 70 pelo fundador da instituição, Dr. Romeu Ritter dos Reis (1915 - 1993). Nessa sequência, são estudados os arquitetos autores desse projeto, Charles René Hugaud (1922 - 2013) e Cairo Albuquerque da Silva (1945 -), o processo criativo, bem como o projeto arquitetônico original da “FAU UniRitter”. A sequência acontece pela análise evolutiva de sua arquitetura e apresentação das fases de obras (iniciadas em meados dos anos 80), adaptações, projetos de auditórios anexos e demais prédios que compõe a configuração atual desse campus (2015). Esses temas são transmitidos por meio de análises gráficas de conteúdo histórico-documental que foram cronologicamente organizadas e acompanhadas por estudos descritivos. Assim, foram estabelecidos períodos consecutivos que têm por base os temas: o projeto da “FAU UniRitter” e de seu auditório (1977; 1979), a adaptação para inauguração parcial do edifício (1986), a segunda fase de obras parciais e os novos estudos para auditório (1990), a conclusão do pavilhão principal e construção do Auditório Master (2000) e, por fim, o estudo da configuração atual do edifício e do campus (2015). Essa série de discussões culmina com dois capítulos: o nono capítulo, com conteúdo histórico descritivo, apresenta a arquitetura do edifício e mostra as mudanças realizadas ao longo dos anos; por fim, o décimo capítulo, que é também a conclusão desse estudo, apresenta a reconstrução digital tridimensional do projeto original da “FAU UniRitter” e auditório (1977; 1979, de Hugaud e Silva) em comparação com o edifício em suas características atuais (hoje chamado “Prédio A”) mais o Auditório Master (Araújo e equipe, 2000), como ainda contempla a reconstrução da base tipológica primária desse edifício e o estudo das sucessivas transformações realizadas sobre esse princípio gerador de sua forma, além das considerações finais da conclusão do estudo. A partir dessa reunião de documentos históricos e registros inéditos acerca da história e arquitetura “FAU UniRitter”, as análises realizadas têm como objetivos: apresentar conteúdo documental da área de projeto em arquitetura acerca de um edifício de arquitetura singular que foi projetado especialmente para abrigar uma faculdade de arquitetura, situar os desdobramentos históricos sobre a relação entre o projeto original e a realidade dessa obra e, ainda, transmitir conhecimentos acerca da elaboração e prática da arquitetura que tem como origem a tipologia “edifício com pátio interno”. O trabalho teve como fontes primárias de pesquisa os documentos originais de projeto (croquis de concepção, estudos, desenhos de detalhamento e plantas executivas) além de fotografias históricas, com foco no período entre os anos de 1977 e 2015. O estudo foi orientado pelo Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira e também teve como consultor o coautor original, professor Cairo Albuquerque da Silva. Essa dissertação, portanto, apresenta as qualidades arquitetônicas e a evolução histórica da “FAU UniRitter” num período de quase quarenta anos, até a atualidade, quando verificamos que seu projeto original mostra-se perene às sucessivas adaptações sofridas. Esses fatos nos instigaram à investigação dessa composição, uma vez que o edifício constitui exemplar arquitetônico reconhecido em seu meio desde sua inauguração, em 1986.

Palavras-chave: FAU UniRitter, documentos históricos de arquitetura, reconstrução de projeto original.

Dissertações

Dissertações 2016

Mestre: Juliana Bredow Brands
Título da dissertação: Edifício Santa Cruz Verticalização e Regulação do centro de Porto Alegre
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7E2.pdf
Orientadora: Profª. Drª. Nadia Somekh
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9381365767111747
ACERVO: 666758


Mestre: Helade de Oliveira Lorenzoni
Título da dissertação: Ecletismo na Avenida Independência: arquitetura domiciliar remanescente no Século XXI
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D790.04.2016heladeSEGURO.pdf
Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9125315683836619
ACERVO: 666916


Mestre: Carmem Lisiane Flores Carlotto
Título da dissertação: A arquitetura de Vilanova Artigas no Paraná
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D593.pdf
Orientador: Prof. Dr. Wilson Flório
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5027152450461275
ACERVO: 666759


Mestre: Lucas Bernardes Volpatto
Título da dissertação: Viaduto Otávio Rocha ícone da Porto Alegre Moderna
Link de acesso: Acesso Restrito
Orientador: Prof. Dr. José Geraldo Simões Jr. e Coorientador Luiz Antônio Bolcato Custódio
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8738183683072921
ACERVO: 666737


Mestre: Vivian Knewitz Levy
Título da dissertação: Sobre a atualidade do apartamento moderno em Porto Alegre
Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8848419429964394
ACERVO: 667876


Mestre: Nicole Rosa
Título da dissertação: Revitalização do Majestic Hotel: Casa de Cultura Mário Quintana
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7E3.pdf
Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1571405357447063
ACERVO: 666743


Mestre: Giulie Anna Baldissera Leitte Teixeira
Título da dissertação: Lucio Costa e Estácio de Sá: Monumento, Cenotáfio e Arquitetura
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D590.pdf
Orientadora: Profª. Drª. Anna Paula Canez
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5141803588641525
ACERVO: 666695


Mestre: Gisela Jeske Kruger
Título da dissertação: Industrialização da construção na habitação coletiva moderna: concreto pré- fabricado nos projetos da UNB e USP
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D58F.pdf
Orientador: Prof. Dr. Sérgio Moacir Marques
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5028815033778120
ACERVO: 666742


Mestre: Maria Cristina de Freitas Guerreiro
Título da dissertação: O Parque Moinhos de Vento como instrumento de socialização para os idosos de Porto Alegre
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000E3/0000E342.pdf
Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9020051521133330
ACERVO: 666699


Mestre: Messaline Goergen
Título da dissertação: Avaliação de inserção urbana: conjuntos habitacionais financiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida em Lajeado
Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1142149726908220
ACERVO: 667875


Mestre: Casiana Favaretto
Título da dissertação: As casas do arquiteto Marcio Kogan Studio Mk27
Orientadora: Profª. Drª. Marta Silveira Peixoto
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9261094181534692
ACERVO: 667940


Mestre: Thaiana Centofante Costa
Título da dissertação: Um Programa Interativo entra em Campo: Estudo de Caso do Museu de Futebol de São Paulo
Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0817700139326959
ACERVO: 668205


Dissertações 2015

Mestre: Luciano Lerner Basso
Título da dissertação: Arquitetura e produção imobiliária pontos fora da curva
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D597.pdf
Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0048435384182774
ACERVO: 559921


Mestre: Pauline Fonini Felin
Título da dissertação: As casas unifamiliares não construídas do programa Case Study Houses
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7ED.pdf
Orientadora: Prof. Dr. Marta Silveira Peixoto
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7504551614043353
ACERVO: 559950


Mestre: Betina Conte Cornetet
Título da dissertação: PROCESSO DE PROJETO NA ERA DIGITAL: uma reflexão sobre a implantação do BIM em três escritórios de arquitetura em Porto Alegre/RS, de 2010 a 2014.
Link de acesso: acesso restrito
Orientador: Prof. Dr. Wilson Flório
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1234144053393329
ACERVO: 559075


Mestre: Andrea Feldmann
Título da dissertação: A praça como um lugar
Link de acesso: acesso restrito
Orientador: Prof. Dr. Lineu Castelo
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5785989674534839
ACERVO: 558813


Mestre: Mariana Pedrollo Bez
Título da dissertação: Arquitetura de Concurso: estratégias compositivas e soluções exemplares
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D595.pdf
Orientador: Prof. Dr. Rogério de Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1905126746283064
ACERVO: 559940


Mestre: Vagner Gonçalves Wojcickosk
Título da dissertação: A hibridação dos meios de representação no Atelier de Projeto
Link de acesso: acesso restrito
Orientador: Prof. Dr. Wilson Flório
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3520736659250175
ACERVO: 558957


Mestre: Simone Caberlon
Título da dissertação: A qualidade da paisagem urbana de Porto Alegre: critérios de avaliação
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7D8.pdf
Orientador: Prof. Dr. José Geraldo Simões Junior
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2721114865456831
ACERVO: 665597


Mestre: Jéssica Azambuja Moroszczuk
Título da dissertação: Três lugares de Porto Alegre: A percepção ajudando o Pacemaking
Link de acesso: acesso restrito
Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1367440974489217
ACERVO: 558815


Mestre: Débora Saldanha De Avila
Título da dissertação: Habitações coletivas verticais de Paulo Mendes da Rocha: 1962 a 2004
Link de acesso: acesso restrito
Orientadora: Prof. Dr. Anna Paula Moura Canez
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4795430273537511
ACERVO: 558866


Mestre: Débora Kling Petry Battastini
Título da dissertação: Evolução e transformações da Praça da Matriz de Porto Alegre: Arquitetura e Contexto Urbano
Link de acesso: acesso restrito
Orientador: Prof. Dr. Carlos Egidio Alonso
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7750281498306936
ACERVO: 559206


Mestre: Paula de Moraes Lopes
Título da dissertação: Regeneração urbana: O caso do Centro Histórico de Porto Alegre (1999-2014)
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D8/0000D880.pdf
Orientador: Prof. Dra. Nadia Sommekh
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2556658966374161
ACERVO: 666108


Mestre: Marina Goncalves Garcia
Título da dissertação: Indicadores de sustentabilidade na gestão de ambientes litorâneos: o caso de Aracaju
Link de acesso http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7E4.%200%20-%20141%20-%20Disserta%C3%A7%C3%A3o%20MarinaRESUMO%20E%20SUM%C3%81RIO.pdf
Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4648323400443218
ACERVO: 666696


Mestre: Rafael Rocha Schiaffino
Título da dissertação: Croquis. Um olhar sobre o ofício do arquiteto na obra de Mies Scarpa Siza Holl
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7D7.pdf
Orientador: Prof. Dr. Rogério Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6921389334298991
ACERVO: 665611


Mestre: Patricia Rodrigues
Título da dissertação: Atlântida, cidade balnear. Contribuições de Ubatuba de Faria, um urbanista moderno.
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D58E.pdf
Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4242788919204031
ACERVO: 666741


Mestre: Carolina Gottert Knies
Título da dissertação: Brasil Arquitetura: Projetos e Obras no Sul
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D58E.pdf
Orientador: Prof. Dr. Anna Paula Moura Canez
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1293691805917386
ACERVO: 666419


Mestre: João Batista D’Ávila Martin
Título da dissertação: A outra: a segunda-casa
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D598.pdf
Orientador: Prof. Dr. Marta Silveira Peixoto
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7056956960559561
ACERVO: 666092


Mestre: Sabrina Moraes
Título da dissertação: Regularização urbanística e fundiária: O caso da comunidade Vila Palmeira, Novo Hamburgo/RS
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D591.pdf
Orientador: Prof. Dr. Décio Rigatti
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8477885442012637
ACERVO: 666413


Mestre: Simone Back Prochnow
Título da dissertação: HETEROCRONIA NA ARQUITETURA: O Projeto como Viabilizador do Patrimônio
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D596.pdf
Orientador: Prof. Dr. Lineu Castello
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4347933Y8
ACERVO: 666412


Mestre: Fabio Sibemberg
Título da dissertação: TERRENOS RESIDUAIS Avaliação de espaços urbanos resultantes de intervenções viárias em Porto Alegre
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D7/0000D7AE.pdf
Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4551518316529179
ACERVO: 666740


Mestre: Caroline Beatriz Picolo
Título da dissertação: O PROJETO DA FAU UNIRITTER: propostas e transformações (1977 - 2015).
Link de acesso: http://biblioteca.uniritter.edu.br/imagens/035UNR89/0000D5/0000D594.%20e%20Transf.% 20-%201977-2015%20-%20Caroline%20Beatriz%20Picolo.pdf
Orientador: Prof. Dr. Rogério Castro Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2998570276908879
ACERVO: 666420

Estrutura Curricular

O Mestrado em Arquitetura e Urbanismo UniRitter/Mackenzie tem trinta e dois (32) créditos. Desses 32 créditos, vinte e quatro (24) serão correspondentes a laboratórios teórico-práticos e oito (8) referentes à elaboração e apresentação da dissertação, dos quais dois (2) créditos são referentes ao Seminário de Pesquisa e seis (6) créditos em Atividade de Orientação. Cada disciplina (laboratório teórico/prático) será ministrada por no mínimo dois docentes – preferencialmente, um de cada instituição.


Laboratório I - Trabalho Científico: Processos e Métodos

Ementa: O laboratório I, referenciado nos demais laboratórios, fornece subsídios teóricos, práticos e metodológicos para a elaboração de projetos de pesquisa de dissertações de mestrado na área de Arquitetura e Urbanismo, dando ênfase às distinções entre o conhecimento acadêmico e outras formas de conhecimento e de senso comum. Discute a construção discursiva do objeto de pesquisa e a relação entre forma e conteúdo na redação do texto científico.

Laboratório II - Projeto de Arquitetura e Urbanismo: Teorias e Técnicas

Ementa: Estudo teórico-prático de princípios operativos do projeto. Fundamentos epistemológicos da prática projetual. A prática reflexiva como meio de investigação e construção do conhecimento arquitetônico. Discussão crítica de projetos exemplares de arquitetura e urbanismo. Implicações didáticas da teoria do projeto na formação do arquiteto. Estudo de relações projetuais entre sítio, programa e sistema de movimentos. Contextos de invenção e descoberta na construção de estratégias de projeto. A concepção do partido arquitetônico: diagramas, traçados e modelos. Estudo e exercitação do projeto de arquitetura e urbanismo aplicado ao desenho da cidade.

Laboratório III - Projeto de Arquitetura e Urbanismo: Escalas, Territórios e Redes

Ementa: Estudo das relações estabelecidas entre cidade e arquitetura à luz dos processos de urbanização das cidades contemporâneas. A expansão urbana e a verticalização das cidades como resultados de processos sociais e o projeto como instrumento de transformação ou afirmação desta realidade. As infraestruturas em rede e suas conexões como parte dos processos de configuração e reconfiguração dos territórios, das aglomerações urbanas, da distribuição espacial das atividades e do desenvolvimento urbano. Estudo de possibilidades de ações de transformação da cidade por meio dos projetos urbanos em diferentes escalas, entendendo o desenho - do edifício aos lugares urbanos - como um instrumento que expressa múltiplas formas de representar e produzir efetivamente o espaço da cidade. Reflexos socioambientais: lugarização e gentrificação.

Laboratório IV - Patrimônio, Ambiente e Cultura

Ementa: Estudo sobre conceitos de Patrimônio, introdução ao estudo de Cartas Patrimoniais, de Organismos de Preservação, de instrumentos e normativas. Apresentação dos principais conceitos da Teoria da Conservação e de seus formuladores. Caracterização do Patrimônio Cultural Urbano e estudo crítico de projetos de intervenção em Centros Históricos e projetos de reabilitação arquitetônica. Discussão sobre conceitos de áreas especiais de interesse cultural, áreas de entorno de bens tombados e desenho ambiental urbano. Conceitos cidade criativa, sustentável, inteligente. Discussão crítica e exercícios projetuais sobre casos de estudo e intervenções arquitetônicas e urbanísticas na cidade, considerando a integração entre ambiente, patrimônio e cultura: escalas e dimensões espaço temporais: estudo de casos no Brasil e no exterior, com foco em Porto Alegre.

Laboratório V - Habitar Contemporâneo

Ementa: Processo de projeto na prática do arquiteto e do urbanista. Cognição em Projeto. As várias escalas do projeto: do edifício a cidade. Definição de conceito. Fases do processo de projeto. Reflexão sobre a teoria advinda da prática. O papel da prática como fundamento da teoria. Reflexão na ação. Aquisição e aplicação de repertórios projetuais. Estudos de casos. IAPs e BNH. O Programa Minha Casa Minha Vida. Análise e síntese comparativa de projetos emblemáticos de habitações coletivas contemporâneas. A ideia de conforto humano em espaços habitacionais. Habitação de Interesse Social e Habitação Comercial em centros urbanos. Criatividade e expertise em projeto.


Seminário de Pesquisa

Ementa: Seminário e discussão crítica de apresentação das propostas preliminares das dissertações de mestrado.

Notícias

Retificação ao Edital de Seleção de docentes do Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

A Reitoria do Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter) e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – Mestrado em Arquitetura e Urbanismo – tornam pública a primeira retificação ao edital de seleção de docentes para cadastro reserva para a atuação em atividades de ensino, pesquisa e extensão em nível de graduação e pós-graduação stricto sensu.


Com a retificação, a seleção visa o provimento de três (03) vagas em cadastro reserva, duas (02) em regime de 40 e uma (01) em regime de 20 horas semanais, para atuação na graduação e, especificamente, no âmbito das linhas de pesquisa e área de concentração do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter.

As inscrições estão abertas de 13 de novembro de 2019 a 17 de janeiro de 2020.


Confira o Edital AQUI
Confira o Edital RETIFICADO AQUI.

Aberto edital para seleção de docentes para cadastro reserva

A Reitoria do UniRitter e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – Mestrado em Arquitetura e Urbanismo – tornam pública a seleção de docentes para cadastro reserva para a atuação em atividades de ensino, pesquisa e extensão em nível de graduação e pós-graduação stricto sensu.
A seleção visa o provimento de duas (02) vagas em cadastro reserva, em regime de 40 e de 20 horas semanais, respectivamente, para atuação na graduação e, especificamente, no âmbito das linhas de pesquisa e área de concentração do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter.
As inscrições estão abertas de de 13/11/2019 a 03/12/2019.

Confira o edital AQUI.

em Arquitetura e Urbanismo está com inscrições abertas

A Reitoria e a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter tornam público e estabelecem as normas para o processo de seleção discente relativo ao período letivo 2020/1. Co vistas ao preenchimento de 20 vagas do Curso de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, com área de concentração em “Projeto como Investigação: Arquitetura e Cidade”.

As inscrições estão abertas de 01 de novembro a 09 de dezembro. As matrículas serão realizadas no período de 16 a 20 de dezembro, das 09h às 21h, na Central de Atendimento ao Candidato (CAC). A taxa de inscrição é de R$80.

Confira o edital AQUI.

As inscrições podem ser realizadas AQUI.

Dr. Marc A. Weiss em Aula Magna de Arquitetura e Urbanismo da UniRitter

Dr. Marc A. Weiss, Palestrou na noite da última quinta-feira (12/09) para uma plateia de alunos de graduação e mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter, além de convidados, no auditório 3 do Prédio A do Campus Zona Sul, em Aula Magna que fez parte da Semana de Arquitetura.

O Dr. Marc A. Weiss é Presidente e CEO da Global Urban Development (GUD), uma organização internacional de políticas e rede profissional de quase 700 líderes e especialistas em 60 países. Ele atua como parceiro líder e membro do Comitê Diretor da Campanha Urbana Mundial da ONU-Habitat e como membro do Conselho de Administração da IHC Global. Atualmente, ele coordena a Zona de Inovação Sustentável de Porto Alegre (ZISPOA), uma iniciativa-chave da Estratégia Econômica Leapfrog, financiada pelo Banco Mundial, para o Estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, para se tornar o local mais sustentável e inovador da América Latina até 2030. Ele é um Professor Visitante Internacional do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Porto Alegre, onde também atua como Coordenador do Projeto ZISPOA na Escola de Engenharia, e como vice-coordenador do Centro de Estudos e Pesquisa em Economia Urbana (NEPEU) da Faculdade de Economia e Relações Internacionais.

Angelo Bucci em Aula Magna de Arquitetura e Urbanismo da UniRitter

Arquiteto destacou detalhes da produção de projetos e comentou sobre a importância das obras no cenário global


Conhecido pela fama de “fazer o concreto flutuar”, Angelo Bucci palestrou na noite da última quinta-feira (08/03) para uma plateia de alunos de graduação e mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter, além de convidados, no auditório Master do Campus Zona Sul.

Vencedor de diversos prêmios e professor da USP, Bucci apresentou algumas de suas obras, desde os desenhos à execução final e de como fizeram parte de sua trajetória. O início da carreira foi em 1989, com dois amigos, e ressaltou a importância da universidade como um local de encontro e de se compartilhar conhecimento.

Ainda destacou que, além do desenho, todo arquiteto desenvolve um olhar e uma preocupação para outras questões, como custo, riscos e de toda a estrutura necessária para fazer com que as construções sejam viáveis, pois isso pode interferir em mudanças dos projetos.

Ao abordar um pouco do trabalho realizado também no exterior, em países com Suíça e Portugal, mencionou as especificidades e regulamentações locais que podem interferir na concretização de algumas obras. Frisou ainda que, quando elas ganha, o mundo, isso é o contrário da globalização: “Você abre uma janela de possibilidades, porque está trabalhando, juntando contextos culturais diferentes. Se você diz que conversar contextos culturais diferentes não é um se sobrepor ao outro, mas sim abrir as possibilidades que não existiriam em um lugar e nem no outro, é o oposto da ideia globalizada."

Para Bucci, algo muito interessante de se pensar em qualquer um projeto é o momento em que se está trabalhando, o agora, aquilo que se recebe do passado como herança e o que você vai deixar no futuro como legado.


Professora do curso de Arquitetura e Urbanismo realiza palestras em diferentes cidades

Pensando na qualificação profissional e nas atividades promovidas em sala de aula, a Professora do Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter, Dra. em Planejamento Urbano e Regional, Fernanda Moscarelli, palestrou em diferentes cidades buscando a troca de experiência.

No dia 23 de maio, Fernanda realizou palestra sobre “Plano Diretor e Morfologia Urbana”, na Semana Interdisciplinar das Engenharias na Faculdade Patos de Minas, em Minas Gerais.


Conexão UniRitter debate a ressignificação dos espaços públicos das grandes cidades

Edição de estreia ocorre no dia 09 de agosto e traz como convidado o professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr., coordenador da Área de Arquitetura, Urbanismo e Design da CAPES.

"Desafios Urbanos do Século XXI: a ressignificação dos espaços públicos das grandes cidades"
é o tema da palestra que dá início ao Conexão UniRitter, iniciativa que tem como objetivo conectar alunos com profissionais, o mercado, a pesquisa e demais estudantes, trazendo um novo significado aos eventos acadêmicos. A estreia ocorre em 09 de agosto, a partir das 19h30min, no Campus Zona Sul (Auditório Master) e tem como convidado o professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr., coordenador da Área de Arquitetura, Urbanismo e Design da CAPES e Professor do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo - PUC-Campinas.

A cada edição, o Conexão UniRitter destacará temas por meio de palestras ou bate-papos, interligados por um movimento constante no sentido de gerar conteúdo e reflexão. O primeiro evento é promovido pelo Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, Mestrado em Design e Faculdades de Arquitetura e Urbanismo e Design.

Mais informações AQUI.



Sobre o palestrante

Professor Titular Categoria A6 da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Coordenador da Área de Arquitetura, Urbanismo e Design da CAPES para o período 2018-2022, designado pela Portaria CAPES 065/2018. Membro do corpo docente permanente e ex - Coordenador (2007 - 2014) do Programa de Pós Graduação em Urbanismo (POSURB PUC-Campinas). Ex-diretor e docente da FAU PUC-Campinas. Graduado(1977), Mestre (1991) e Doutor (2001) em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2. Avaliador ad hoc do Sistema de Acreditação Regional de Cursos de Graduação do MERCOSUL (ARCU-SUL), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP/MEC, e consultor ad hoc da CAPES, do CNPq e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Líder do Grupo de Pesquisa Requalificação Urbana do CEATEC PUC-Campinas atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de arquitetura e urbanismo, requalificação urbana, sistema de espaços livres, estudos da metrópole, projetos urbanos em áreas centrais.

Conexão UniRitter primeira edição: a cidade, seus espaços e configurações

Professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr palestrou sobre a espaços públicos nas grandes cidades

Com o tema, "Desafios Urbanos do Século XXI: a ressignificação dos espaços públicos das grandes cidades", o professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr., coordenador da Área de Arquitetura, Urbanismo e Design da CAPES e Professor do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo - PUC-Campinas, estreou na noite de ontem (09/8), a programação do Conexão UniRitter.


O evento, promovido pelo Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, Mestrado em Design e Faculdades de Arquitetura e Urbanismo e Design, ocorreu no Campus Zona Sul. O reitor da UniRitter, Prof. Germano Schwartz , destacou a proposta da iniciativa: “Une aprendizado, a integração e o compartilhamento de experiências, conectar pontos na academia afim de que o todo faça parte do conjunto.”



Também estiveram presentes a Profa. Débora Quaresma, gerente da Escola de Comunicação, Educação, Moda, Artes e Design, Profa. Anna Paula Canez, coordenadora do Programa de Pós-Graduação e do Mestrado em Arquitetura e Urbanismo e o Prof.Miguel Farina, coordenador do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo da UniRitter.


Para o prof. Márlon Calza, coordenador que esteve à frente da organização da atividade, o encontro estimulou uma reflexão necessária sobre a função como designers, arquitetos, professores e, pincipalmente, pesquisadores. "Buscamos promover a integração entre os docentes, alunos e a valorizar ainda mais a prática de pesquisa na instituição, celebrando o início do semestre e novas perspectivas de objetos de estudos."


“ Essa palestra resulta do meu envolvimento com estudos da metrópole e, na essência, de como tratar do ponto de vista acadêmico ( reflexão intelectual) e do ponto de vista profissional , de arquiteto e urbanistas e designers com aquilo que pode reestruturar as cidades”.

Durante a apresentação, o professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr abordou o fenômeno das grandes concentrações urbanas no século XXI, o conceito de megacidades e as determinações de territórios metropolitanos contemporâneos, como megalópoles, corredores urbanos e cidades-região. Também demonstrou em gráfico a proporção da população urbana e rural, em um comparativo entre Brasil, Nigéria e Índia.


Entre os temas em destaque, o professor doutor Wilson Ribeiro dos Santos Jr abordou o fenômeno das grandes concentrações urbanas no século XXI, aspectos de mobilidade, o conceito de megacidades e as determinações de territórios metropolitanos contemporâneos, como megalópoles, corredores urbanos e cidades-região. Também demonstrou em imagens a proporção da população urbana e rural, em um comparativo entre Brasil, Nigéria e Índia.


A cada edição, o Conexão UniRitter destacará, por meio de palestras ou bate-papos, temas contemporâneos interligados por um movimento constante no sentido de gerar conteúdo e reflexão.

Última edição: 28/01/2020 18:23:15