Doutorado em Letras

ONDE CURSAR
Campus FAPA Campus FAPA

Apresentação

O Programa de Doutorado em Letras (PDLet UCS/UniRitter) foi recomendado pela Capes em novembro de 2010 e iniciou suas atividades no segundo semestre de 2011. O Programa é oferecido na modalidade de Associação Ampla, em que ambas as instituições, UniRitter e UCS, trabalham de forma articulada na promoção e aprimoramento das atividades de pesquisa, ensino e extensão.

O Programa tem uma coordenação geral e uma coordenação adjunta, em regime de alternância entre as instituições, a cada dois anos. Além disso, há uma Comissão Coordenadora formada pelos dois coordenadores (geral e adjunto) e por dois docentes permanentes, sendo um da UniRitter e outro da UCS.

As atividades do Programa desenvolvem-se em ambas as instituições. Os alunos matriculam-se após seleção realizada na instituição em que pleiteiam uma vaga. A comissão de seleção é composta por professores de ambas as instituições. Há um conjunto de disciplinas oferecidas na UniRitter e outro, na UCS, dentre as quais os alunos escolhem livremente, de acordo com seus interesses de pesquisa. Algumas disciplinas são ministradas com a participação de professores tanto do UniRitter como da UCS.

O Doutorado em Letras (UCS/UniRitter) oferece um campo de investigações interdisciplinares, dado que a habilidade leitora (ou letramento) aplica-se à aferição de conhecimentos em todas as áreas. Os textos escritos são exigidos na avaliação de todas as linguagens em suas formas impressas ou digitais, podendo ser expostas em mapas, tabelas, pinturas, filmes e outros suportes. Espera-se que o desenvolvimento em leitura colabore para as capacidades de analisar, raciocinar e refletir sobre conhecimentos e experiências que atendam às necessidades das pessoas e, ao mesmo tempo, ampliem sua participação social.

Leitura e Linguagens

Leitura e Processos Culturais
A leitura na sua relação com práticas e processos próprios dos sistemas culturais. Fundamentos teóricos acerca de propostas e políticas de leitura, no contexto histórico e social contemporâneo.

Leitura e Processos de Linguagem
Investigação dos fundamentos epistemológicos e simbólicos da linguagem verbal, considerando a constituição e expressão da (inter)subjetividade nos processos de comunicação e de leitura.

I. Produzir e divulgar conhecimento científico referente à leitura, consideradas as diferentes linguagens, com ênfase nos processos linguísticos, literários e culturais;
II. Desenvolver conhecimentos sobre a leitura, em âmbito interdisciplinar, com vistas à formação de professores, pesquisadores e agentes culturais;
III. Contribuir para a geração de políticas e ações voltadas ao incremento da leitura, na região e no país.

O PDLet forma doutores capacitados a:
(1) Pesquisar problemas relacionados à leitura, em âmbito interdisciplinar, e aplicar o conhecimento produzido no ensino superior tanto na formação de agentes sociais de leitura quanto na geração de políticas e ações voltadas para o incremento da leitura na região e no país.
(2) Formar profissionais docentes para atuação no ensino superior e na educação básica, capazes de conduzir reflexões críticas e propostas de intervenção no que se refere a aspectos cognitivos, sociais e culturais envolvidos nos processos de leitura.
(3) Interagir de maneira proativa com os diversos âmbitos da vida acadêmica e cultural, bem como dialogar com a diversidade de saberes e ferramentas tecnológicas, tendo em vista a realização de pesquisas e atividades com características de inovação aplicáveis ao desenvolvimento humano e social.
(4) Compreender a dimensão ética e social da linguagem e dos processos de letramento, comprometendo-se em atuar criticamente em diferentes contextos da realidade social, educacional e cultural, de forma a promover o diálogo, o respeito às diferenças e a construção da cidadania.

O curso tem duração mínima de 24 meses, e sua conclusão não pode exceder a 48 meses, a partir do início do ano letivo correspondente ao ano de ingresso do aluno no Doutorado.

Horários 2017

As aulas ocorrem às sextas-feiras, das 8h às 11h40min e das 13h30min às 17h10min – Campus FAPA

48 x R$ 1.560,00

O Programa de Mestrado em Letras UniRitter/Doutorado em Letras (UniRitter-UCS) dispõe de bolsas Capes (bolsas integrais; taxas que cobrem o valor da mensalidade e bolsas institucionais de 50%), distribuídas de acordo com regras fixadas em Edital, ao qual os candidatos interessados devem submeter sua candidatura.

Atividades e Eventos

Aula inaugural 2017/1
Morte e Vida da literatura
Prof. Dr. Arnaldo Saraiva, Universidade do Porto/Portugal
Data: 6 de abril de 2016
Horário 19h30min
Local: Auditório prédio 6 – UniRitter/Campus Fapa


Palestra
Hotel Atlântico, de João Gilberto Noll: questões de tradução e cultura
Profa. Dra. Jessica Falconi, Fundação Biblioteca Nacional
Dia: 31 de março
Horário: 9h
Local: Sala 2, Prédio 4


Aula inaugural 2017/2
Mia Couto (a confirmar)
Dia: 31 de agosto
Horário: 19h
Local: Auditório Mater


Cine-Debate
27 de julho
Filme: As sufragistas
Prof. Dra. Sandra Regina Martini Vial (PPG Direito)
17h às 18h30min
Auditório Prédio 6, Campus Fapa


28 de setembro
Filme: Coco Chanel
Prof. Dra. Carla Pantoja (PPG Design)
17h às 18h30min
Auditório Prédio 6, Campus Fapa


24 de outubro
Filme: Ela
Prof. Dr. Eliseo Reategue (PGIE UFRGS)
17h às 18h30min
Auditório Prédio 6, Campus Fapa


14 de dezembro
Filme: Virgem Margarida, de Licínio Azevedo
Ana Maria de Souza (doutoranda PDLet UniRitter/UCS)
17h às 18h30min
Auditório Prédio 6, Campus Fapa


Jornada Pedagógica Interdisciplinar (Programação em breve)
29 DE SETEMBRO
8h30min – 12h
13h30min -17h
LOCAL: Auditório 1, Campus Fapa


Colóquio (Programação em breve)
Perspectivas antropológicas nos estudos de língua e literatura
13h30min -17h / 19h-22h
LOCAL: Auditório 1, Campus Fapa
22 e 23 DE NOVEMBRO


Ciclo de palestras internacionais
Diálogos culturais Brasil-Portugal (aula inaugural)
Ministrante: Maria Aparecida Ribeiro (Univ. de Coimbra)
Data: 23 de março de 2016


Manoel Bomfim e o pensamento sobre o Brasil: a ideia de nação infectada (aula inaugural)
Prof. Dr. Luiz Fernando Valente / Brown University
Data: 16 de agosto de 2016
Horário: 19h30min
Local: Auditório prédio 6


A memória como ruína
Profa. Dra. Leila Lehnen/Univ. Novo México
Data: 8 de setembro de 2016
Horário: 14h
Local: Sala 1-204/ Campus Fapa


Minicursos (15 h/a)
Lexicografia
Ministrante: Prof. Dr. Félix Miranda Bugueño (UFRGS)


Minicurso (15 h/a)
Políticas Públicas de Leitura
Prof. Dr. Wagner Coriolano (bolsista PNPD)
20, 27/10 e 3,10/11
13h30min às 17h10min


Minicurso (15 h/a)
Aspectos da Semântica Argumentativa aplicados à leitura e produção de textos Ministrante: Neiva Maria Tebaldi Gomes (PPGL UniRitter)
5, 12, 19 de maio / 2 e 9 de junho


Seminário aberto
Kafka e o simbolismo da Kabbalah.
Prof. Dr. Charles Kiefer (PPGL PUCRS)
Dia: 27 de maio
Horário: 9h às 12h
Sala 1, prédio 4


Seminário aberto
Etnografia da Leitura
Prof. Dr. Rafael Santos (PDLet UCS)
Data: 7 de outubro
Horário: 9h às 12h
Sala 1, prédio 4


Painel
Linguagens e Tecnologias
Prof. Maria Cristina Biazus (PPGIE UFRGS)
Prof. Ygor Correa (bolsista PNPD PPG Desing)
Prof. Dinorá Fraga (PDLet UniRitter)
Dia: 26 de outubro de 2016
Horário: 19h
Local: Auditório 6


Cine-Debate
Filme: Lucy, de Luc Besson , lançado em 2014.
Doutoranda Alessandra Da Rosa Trindade Camilo (PDLet)
Dia: 31 de março
Horário: 15h às 18h
Local: Auditório do Prédio 6- Campus FAPA


Filme: Língua – Vidas em Português, de Victor Lopes
Prof. Dra. Neiva Tebaldi Gomes (UniRitter)
Dia: 28 de abril
Horário: 15h às 18h
Local: Auditório do Prédio 6- Campus FAPA


Filme: Almanya- Bem-vindos à Alemanha, de Yasemin Şamdereli
Prof. Dra. Marlene Mattes (UFC)
Dia: 19 de maio de 2016
Horário: 15h às 18h
Local: Auditório do Prédio 6- Campus FAPA


Filme: Casa de areia (2005), de Andrucha Waddington
Prof. Wagner Coriolano (bolsista PNPD)
Dia: 30 de junho de 2016
Horário: 15h às 18h
Local: Auditório do Prédio 6- Campus FAPA


Filme: Vida e Verso de Carlos Drummond de Andrade
Dra. Maria do Carmo Campos (UFRGS)
Mediação: Doutoranda Maria Dorothea Barone Franco (UniRitter)
Data: 25 de agosto de 2016
Local: UniRitter-Campus FAPA (Auditório do prédio 6)
Horário: 15h-18h


Filme: Só dez por cento é mentira
Dra. Cláudia Bechara Fröhlich (UFRGS)
Mediação: Doutoranda Ana Sahagoff (UniRitter)
Data: 29 de setembro de 2016
Local: UniRitter-Campus FAPA (Auditório do prédio 6)
Horário: 15h-18h


Fórum de Pesquisa em Letras
15 e 16 de setembro
Mestrandos PPGL e doutorandos PDLet


Oficina
Projetos: construindo o problema de pesquisa
Prof. Dra. Dinorá Fraga
Dia: 15 de setembro
Horário: 13h30min às 15h30min


Oficina
Produção de artigos acadêmicos
Prof. Dr. Cassiano Haag (bolsista PNPD)
Dia: 15 de setembro
Horário: 16h às 18h


Oficina
Texto acadêmico: coerência e estrutura textual e questões de expressão
Profª Neiva M. T. Gomes
Dia: 13 de outubro
Horário: das 15h às 17h


Encontros Temáticos
Coffee and News: conhecendo a mídia internacional (4 encontros)
Fernanda Gruendling e Bruna Helena Rocha (mestrandas PPGL UniRitter)
Dia: 1, 2 de setembro
Horário: 19h


PROJETOS DE EXTENSÃO
Sexta-feira do professor – Encontros com a rede pública de ensino
Convênio com o Instituto Estadual do Livro, IEL/RS. Ao longo do ano, foram realizadas oficinas, com a participação de 112 professores da rede estadual de ensino; 19 alunos da graduação; 4 professores da graduação; 7 professores da pós-graduação; 15 alunos do PPGL.

Aula inaugural
Leituras do espaço a partir dos símbolos da cidade
Prof. Dr. Clemente Herrero Fabregat, da Universidade Autônoma de Madrid.
26 de março de 2015


Minicurso
O discurso corporativo da sustentabilidade: análise dialógica de anúncios publicitários
Ministrante: Prof. Dra. Graziela Frainer Knoll (Pós-Doc/ UniRitter)
20, 21, 22 e 23 de junho de 2015.


Fórum de Pesquisa
Participantes: mestrandos, bolsistas de iniciação científica e professores
Dias 3 e 10 de setembro de 2015


Palestra Cultura, Sustentabilidade Identitária e Responsabilidade Social Investigadora
Prof. Dr. Elias Torres Feijó, Universidade de Santiago de Compostela
19 de outubro de 2015


Minicurso
Literatura como bem e como ferramenta no quadro da cultura: estudo de ideias, grupos e homologias
Ministrante: Prof. Dr. Elis Torres Feijó, Universidade de Santiago de Compostela
20 de outubro de 2015.


Semana do Livro
Atividades: sarau literário, oficina de minicontos, concurso de poesia
Ministrantes: alunos do PPG Letras UniRitter
De 23 a 30 de abril de 2015


Oficina
Corpo e Performance (Semana de Letras)
Ministrante: Luis Lucini (PPGL UniRitter)
26 de novembro de 2015


Oficina de Leitura
Profa. Dra. Neiva Tebaldi Gomes
26 de novembro de 2015


Cine-Debate.
Filme: O contador de histórias
Debatedores: Neiva Tebaldi Gomes (UniRitter) e Ana Sahagoff (PPG Letras)
17 de dezembro de 2015


Cine-Debate. Filme: Dos quadrinhos para a tela: Guardiões da Galáxia
Debatedores: Gilberto Fonseca (PPG) e Rejane Pivetta de Oliveira
29 de outubro de 2015 (quinta-feira)


Semana de Letras - Palestra O amor na literatura
Professor Dr. Cláudio Zanini (Unisinos)
25 de n ovembro de 2015


Comunicações de Pós-Graduação Participantes: mestrandos e doutorandos de programas de pós-graduação
De 21 a 23 de outubro de 2015.


Aula inaugural
A emergência cultural nos estudos linguísticos e literários
Período: 10 abril 2014
Local: auditório prédio D – UniRitter Porto Alegre
Ministrante: Prof. Dr. Elias Torres Feijó – Universidade de Santiago de Compostela
Duração: 3 h/a


Minicurso (15 h/a)
África, Cinema e Narrativa
Período: 1, 2, e 3 de julho de 2014
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Profa. Ana Mafalda Leite (Universidade de Lisboa)
Duração: 15 h/a


Minicurso (15 h/a)
Fundamentos do Interacionismo Sociodiscursivo no Desenvolvimento no Humano
Período: 24, 25 e 26 de novembro de 2014
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Profa. Dra. Rosalice Botelho Wakim Souza Pinto, do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa ( Portugal)
Duração: 15 h/a


Minicurso (15h/a)
Discursos, Imagens, Práticas Culturais e Comunidades Locais
Período: 8, 9 e 10 de abril de 2014
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Prof. Dr. Elias Torres Feijó – Universidade de Santiago de Compostela
Duração: 15 h/a


Seminário
Cultura, Tecnologias e Empreendedorismo: tendências na docência e na investigação
Período: 11 se abril de 2014
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Prof. Dr. Elias Torres Feijó – Universidade de Santiago de Compostela
Duração: 4 h/a


Palestra
As naus e Terra Papagalli: derrisão e ironia na dessacralização da verossimilhança
Período: 28 de agosto de 2014
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Profa. Dra. Jacimara Vieira dos Santos - UFBA
Duração: 2 h/a


Oficina
Organizando Referências com o Mendeley.
Período: 25 setembro de 2014
Local: Laboratório, sala 409C
Ministrante: Renata Santos de Morales - (Mestranda em que? UniRitter)
Duração: 4 h/a


Oficina
Escrita Acadêmica
Período: 16 e 23 de outubro
Local: PPG Letras UniRitter
Ministrante: Profa. Dra. Neiva Tebaldi Gomes
Duração: 8 h/a


PROJETOS DE EXTENSÃO
As atividades de extensão a seguir relacionadas envolvem a participação de doutorandos, mestrandos, bolsistas de IC, bolsistas de extensão e alunos de graduação.

Sexta-Feira do Professor e a Literatura
Coordenadora: Profa. Dra. Regina da Costa da Silveira
Período: Oficinas mensais, de abril a novembro de 2014
Tema: Propostas de ensino interdisciplinar

Projeto Baú de Memórias
Coordenadora: Profa. Dra. Regina da Costa da Silveira
Atividade: Homenagem ao poeta Armindo Trevisan na Tenda da Pasárgada, integrante da programação da 60ª FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE, em novembro de 2014.

Caminhos do Negro em Porto Alegre
Coordenadora: Profa. Dra. Regina da Costa da Silveira
Atividade: passeio histórico-cultural pelos espaços da memória do negro na cidade de Porto Alegre, com a participação de doutorandos, mestrandos, bolsistas de IC e alunos de graduação, em outubro de 2014.


Ciclo de conferências internacionais
A internacionalização da Literatura Brasileira
Ministrante: Dr. Carmen Villarino (Universidade de Santiago de Compostela /Espanha)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 04 de junho de 2013


Literatura e Dissidência: Edward Said (1935-2003) And E. L. Doctorow (1931)
Ministrante: Dr. Luiz Fernando Valente (Brown University/EUA)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 15 de agosto de 2013


Reconfigurações contemporâneas do ensino da Literatura: problemas e caminhos possíveis
Ministrante: Dr. Cristina Mello (Universidade de Coimbra/Portugal)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 05 de setembro de 2013


Exposição
Valentín Paz-Andrade – uma antena galega no Brasil
Curadoria: Dr. Elias Torres Feijó (Universidade de Santiago de Compostela/Espanha)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 14 a 28 de agosto de 2013


Minicurso
O Linguista: um estudo de Ferdinand de Saussure
Ministrante: Prof. Dr. Valdir Costa (UFRGS)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 10 e 11 de janeiro de 2013
Duração: 15 horas


Seminário
Diálogos com Osman Lins
Ministrantes: Dra. Elizabeth Hazin (UnB), Dra. Maria Beatriz Weigerth (Univ. de Évora/Portugal) e Dra. Renata Requião (UFPel)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 18 de janeiro de 2013


Seminário
Encontros e Vivências de Leituras
Ministrantes: Dra. Eliane Yunes (PUCSP) e Dra. Juracy Saraiva (Feevale)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 23 de maio de 2013


Palestra
Leituras Orientais na poética de Jorge Luís Borges
Ministrante: Dr. Walter Costa (UFSC)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 26 de junho de 2013


Palestra
O 'exótico' e o 'étnico': reflexões sobre a escrita da alteridade
Ministrante: Dr. Rafael José dos Santos (UCS)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 17 de outubro de 2013


Seminário
Delineamento de projetos de pesquisa
Ministrante: Prof. Dr. José Roberto Goldim (HCPA, UFRGS, PUCRS e UniRitter)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 27 de agosto de 2013
Objetivo: tratar das diversas metodologias de pesquisa


Seminário
Internacionalização da pesquisa
Ministrante: Dra. Elizabeth Obino Cirne-Lima (UFRGS)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 16 de setembro de 2013


Seminário
O papel da Capes na formação de recursos humanos de alto nível para o desenvolvimento nacional
Ministrante: Dr. Jorge Almeida Guimarães (Diretor da Capes)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 25 de novembro de 2013


Oficina
Capacitação para a utilização da Plataforma Brasil
Ministrante: Anderson Felipe Ferreira
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 03 de junho de 2013


Oficina
Ferramenta Mendeley
Ministrante: Doutorando Lucas França Garcia (UFRGS)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 16 de junho de 2013


Oficina
Escrita acadêmica – produção do memorial descritivo
Ministrante: Dr. Neiva Tebaldi Gomes (UniRitter)
Local: UniRitter – Porto Alegre/RS
Data: 14 de novembro de 2013


PROJETOS DE EXTENSÃO
As atividades de extensão a seguir relacionadas envolvem a participação de doutorandos, mestrandos, bolsistas de IC, bolsistas de extensão e alunos de graduação.

10ª Sexta-Feira do Professor – Encontros com a rede pública de Ensino
Coordenadora: Profa. Dra. Regina da Costa da Silveira
Período: Oficinas mensais, de abril a novembro de 2013

Estrutura Curricular

O Doutorado em Letras UCS/UniRitter exige a integralização mínima de 50 (cinquenta) créditos distribuídos da seguinte forma:

  • 36 (trinta e seis) créditos em disciplinas;
  • 02 (dois) créditos oriundos de publicação de artigo científico em periódico qualificado;
  • 12 (doze) créditos correspondentes à tese.

O doutorando poderá solicitar o aproveitamento de créditos de disciplinas cursadas há no máximo oito anos em cursos de Mestrado e Doutorado, até o limite máximo de trinta créditos, cursados em outros programas de pós-graduação stricto sensu com validade nacional comprovada pela CAPES/MEC.

São disponibilizadas aos alunos do Doutorado disciplinas exclusivas de Doutorado, além das disciplinas oferecidas pelo Programa de Pós-Graduação em Letras do UniRitter e pelo Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade da UCS. As disciplinas ocorrem na IES em que o professor responsável está credenciado, o que pode implicar o deslocamento de alunos matriculados em Porto Alegre para Caxias do Sul e vice-versa.

Antropologia da leitura – 3 créditos (UNIRITTER)
A leitura como contato e tradução cultural. Negociação de sentidos, tendo em vista diferenças sociais, culturais e estéticas. Práticas de leitura, processos culturais e relações de alteridade.

Construção da narrativa – 3 créditos
Estudo das poéticas da narrativa, de Aristóteles ao pós-estruturalismo, com ênfase nos processos de construção de suas diferentes formas, literárias e não literárias.

História da autoria: do autor ao leitor – 3 créditos (UNIRITTER)
História da autoria. A emergência e a apoteose no Autor. As mortes do Autor. O nascimento do leitor. O renascimento do texto. Teorias contemporâneas sobre a autoria e suas relações com a leitura.

História da leitura e da escrita no Brasil – 3 créditos (UCS)
Análise sociocultural do processo histórico e escrita brasileira, relacionando-a com o modelo econômico de exploração do Brasil nos períodos colonial, imperial e republicano.

Leitura da narrativa – 3 créditos (UCS)
Exame das diferentes abordagens de recepção da narrativa, com ênfase no significado de suas formas e não apenas de suas relações temáticas.

Memória cultural e identidade – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo das relações entre o imaginário cultural e a construção das identidades nas representações literárias brasileiras e africanas de língua portuguesa.

Sociologia da leitura – 3 créditos (UCS)
Exame, numa perspectiva sociológica, de questões atinentes ao livro enquanto medium do processo cultural, a partir do estudo da produção, circulação, mediação e recepção de obras literárias em contextos regionais e suprarregionais.

Teorias da recepção e leitura feminina – 3 créditos (UCS)
Exame, análise e discussão de conceitos básicos de teorias da recepção. Exame, análise e discussão de conceitos básicos relacionados aos processos de leitura femininos: a mulher leitora e a ginocrítica. Inserção do processo de leitura feminina, a partir de teorias da recepção como contribuição para a escrita de uma história da literatura.

Tópicos de história da leitura – 3 créditos (UCS)
A leitura por intermédio dos materiais escritos, dos mediadores da leitura e dos tipos de leitura (erudita, religiosa e popular). As funções da leitura em diferentes épocas: coerção, doutrinação, instrução, lazer, libertação. A relação entre o texto e o leitor por meio dos pactos, representações e imagens da leitura. Concepções de leitura na sociedade ocidental.

Tópicos de teoria da leitura – 3 créditos (UNIRITTER)
Literatura e representação da leitura; a emancipação do leitor; estética da recepção; leitura e efeito sobre o leitor; o papel da escola; letramento e formação do leitor; sociologia da leitura; história social da leitura; leitura e novas tecnologias; a leitura no Brasil.

A leitura numa visão funcional da linguagem – 3 créditos (UCS)
O texto como confluência de elementos linguísticos, cognitivos, socioculturais e situacionais. Análise da relação do componente linguístico – gramática e léxico – com seus usos na construção e compreensão do sentido. Discussão de uma visão funcional de gramática/léxico nos processos de negociação de sentidos em leitura.

Cultura digital e práticas de leitura – 3 créditos (UNIRITER)
Reflexão sobre as relações entre cultura e tecnologia, buscando na história cultural referências para a discussão de práticas de leitura ambientadas pelas tecnologias atuais.

Função simbólica e linguagem – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo da gênese da função simbólica na constituição psíquica do sujeito, modos de expressão da subjetividade e relações com os processos de aprendizagem.

Leitura em língua materna e língua estrangeira – 3 créditos (UNIRITTER)
Leitura no ensino de línguas. Aspectos linguísticos e culturais no ensino de línguas. A leitura em diferentes gêneros. Leitura na perspectiva interdisciplinar e intercultural.

Leitura na perspectiva enunciativa – 3 créditos (UCS)
Estudo da leitura à luz dos pressupostos de Ferdinand de Saussure, Émile Benveniste e Oswald Ducrot. Análise da leitura como situação enunciativa: componentes e funções discursivas. Investigação de diferentes abordagens da constituição do sentido em leitura. Exame do discurso como locus da relação eu/outro e da produção/constituição polifônica e argumentativa do sentido.

Processos de desenvolvimento da leitura e da escrita – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo de aportes teóricos do interacionismo sociodiscursivo, visando à compreensão e mediação de processos de leitura e de escrita. Discussão de concepções implicadas nesses processos: concepção sociocultural de cognição, de linguagem e de sujeito.

Processos e interfaces da Onomástica – 3 créditos (UCS)
Os topônimos – reais e simbólicos – como referentes para a leitura dos meios em que comparecem e do respectivo contexto histórico e cultural.

Processos inferenciais em leitura: modelos e aplicações – 3 créditos (UCS)
Inferência: conceitos. Processos inferenciais, tipologias e raciocínios: interfaces com filosofia semiótica, linguística, psicologia. Inferências e gêneros/tipologias textuais. Inferências dependentes de cultura: interfaces com estudos antropológicos. Aplicações: inferências em processos de leitura (multimodal). Modelos teóricos (ou abordagens) em Filosofia da linguagem, Linguística Cognitiva e Pragmática Cognitiva: contribuições, possibilidades de interface e controvérsias.

Teorias da enunciação – 3 créditos (UNIRITTER)
Sujeito e construção de sentidos. As marcas da subjetividade na linguagem. Consequências de perspectivas enunciativas para os estudos da linguagem. Enunciação e subjetividade nas práticas de leitura.

Docentes

Coordenação

Rejane Pivetta de Oliveira
http://lattes.cnpq.br/3557383494675379
Doutora em Letras/Teoria da Literatura (PUCRS/Univ. Santiago de Compostela); Pós-doutorado Univ. Santiago de Compostela, Espanha
Contato: repivetta@uniritter.edu.br

João Cláudio Arendt - UCS
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4799639Y1
Doutor em Letras/Teoria da Literatura pela PUCRS; pós-doutorado no Instituto Latino-americano da Universidade Livre de Berlim.
Contato: jcarendt@ucs.br


Docentes Permanentes

UniRitter

Dinorá Moraes de Fraga
http://lattes.cnpq.br/2667993955051940
Doutora em Letras/Linguística (USP)
Contato: dinora_fraga@uniritter.edu.br

Neiva Maria Tebaldi Gomes
http://lattes.cnpq.br/0481910642659591
Doutora em Letras/Linguística (UFRGS/ Uiversità degli studi di Roma Tre)
Contato: neiva_gomes@uniritter.edu.br

Noeli Reck Maggi
http://lattes.cnpq.br/0806145514743053
Doutora em Educação (UFRGS)
Contato: nrmaggi@portoweb.com.br

Regina da Costa da Silveira
http://lattes.cnpq.br/6993195297457484
Doutora em Letras/Estudos Literários (UFRGS); Pós-Doutorado UFRJ
Contato: regina_silveira@uniritter.edu.br

Rejane Pivetta de Oliveira
http://lattes.cnpq.br/3557383494675379
Doutora em Letras/Teoria da Literatura (PUCRS/Univ. Santiago de Compostela); Pós-doutorado Univ. Santiago de Compostela, Espanha
Contato: repivetta@uniritter.edu.br

Valéria Silveira Brisolara
http://lattes.cnpq.br/5970899305775622
Doutora em Letras/Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (UFRGS)
Contato: valeria_brisolara@uniritter.edu.br


UCS

Cecil Jeanine Albert Zinani
http://lattes.cnpq.br/5031600091227253
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Contato: cezinani@terra.com.br

Flavia Brocchetto Ramos
http://lattes.cnpq.br/1742135960263892
Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Principais publicações
Contato: ramos.fb@gmail.com

Heloísa Pedroso de Moraes Feltes
http://lattes.cnpq.br/1826872695420572
Doutora em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Contato: helocogn@ucs.br

Márcio Miranda Alves
http://lattes.cnpq.br/6901535694443397
Doutor em Letras pela Universidade de São Paulo
Contato: mmalves2@ucs.br

Joao Claudio Arendt
http://lattes.cnpq.br/1826872695420572
Doutor em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Contato: jcarendt@ucs.br

Rafael José dos Santos
http://lattes.cnpq.br/8609854178050067
Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas
Contato: rjsantos@ucs.br

Salete Rosa Pezzi dos Santos
http://lattes.cnpq.br/1163668295217760
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Contato: srpsanto@ucs.br

Tania Maris de Azevedo
http://lattes.cnpq.br/7258174220599942
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Contato: tmazeved@ucs.br


Colaboradores

Mariana Giacomini Botta - UniRitter
http://lattes.cnpq.br/5903039172807974
Doutora em Linguística e Língua Portuguesa (UNESP-Araraquara) e em Ciências da Linguagem (Université Sorbonne Nouvelle Paris 3); pós-doutorado na Université de Montréal, Canadá
Contato: mariana_botta@uniritter.edu.br

Raquel Bello Vazquez - UniRitter
http://lattes.cnpq.br/7397698200682267
Doutora em Filologia Galega (Universidade de Santiago de Compostela); Pós-doutorado Universiteit van Amsterdam, Holanda.
Contato: raquel.bello.vazquez@gmail.com

Milton Hernan Bentancor – UCS
http://lattes.cnpq.br/8617130759046551
Doutor em Letras pela Universidad del Salvador
Principais publicações
Contato: mbentanc@ucs.br


Pesquisador Pós-Doc

Wagner Coriolano Abreu
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4737409H1
Doutor em Letras, área de concentração Teoria da Literatura, pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
Principais publicações
Contato: coriolano3@gmail.com

Pesquisa

Linha de Pesquisa: Leitura e Processos Culturais

Leituras, consumos culturais efetivos e estudos literários: mudanças sociais e efeitos acadêmicos
Responsável: Prof. Dra. Raquel Bello Vázquez
Resumo: O projeto propõe analisar quais são os produtos culturais efetivamente consumidos, os modos de consumo desses produtos e o papel da literatura nesse processo através de um estudo de caso em duas fases. Na primeira, serão estudadas fontes secundárias sobre práticas e sobre consumos culturais1 no Brasil2; na segunda procederemos a realizar a identificação de núcleos estratégicos de discussão e difusão de crítica cultural não profissional (clubes de leitura, sites e foros na internet). Para esta segunda fase serão identificadas duas áreas geográficas de Porto Alegre diferenciadas quanto ao perfil socioeconômico e demográfico da sua população...

Leituras, culturas e turismo. Homologias e feed-back entre os consumos culturais e turísticos no Brasil e no Caminho de Santiago
Responsável: Prof. Dra. Raquel Bello Vázquez
Resumo: As homologias existentes entre a literatura e, por extensão a cultura, e os fenômenos sociais tem sido posta de manifesto por inúmera bibliografia, com particular destaque nas últimas três décadas, durante as quais a chamada viragem cultural tem aproximado a análise sociológica e o estudo da produção cultural, impregnando ?em diferentes graus e com maior ou menor rigor na aplicação metodológica- a produção acadêmica devotada aos estudos literários. Com antecedentes teóricos como o Formalismo ou a Estética da Recepção, a corrente maioritária dos estudos na cultura tem ido assumindo a dimensão social da produção cultural, quer seja a partir da Sociologia ?Bourdieu-, da Teoria Literária ?Even-Zohar- ou Literatura ?van Rees-, neste último caso à procura de sustento empírico para o estudo da produção literária. Questão diferente são as aplicações concretas que esta «dimensão social» tem assumido, em muitas ocasiões mais retórica do que fatual. A nossa proposta no presente projeto é uma aplicação específica: a procura de homologias entre o discurso literário, o discurso turístico e o feed-back que ambos os discursos produzem no lugar de origem dos/das turistas. O estudo de caso eligido é a produção literária, audiovisual e em-linha (fundamentalmente blogues) brasileira sobre o tópico do Caminho de Santiago, o discurso estético (literário e audiovisual) o discurso das pessoas brasileiras que visitam Santiago de Compostela, e o impacto que estes discursos têm na produção cultural no Brasil apôs o regresso...

Literatura e Leitura como Práticas Culturais: pressupostos críticos
Responsável: Prof. Dra. Rejane Pivetta de Oliveira
Resumo: Este projeto propõe a investigação de práticas de leitura do texto literário em distintas comunidades interpretativas (Fish, 1980): a acadêmica, conforme se mostra na produção de artigos e resenhas em periódicos científicos da área de literatura; a jornalística, conforme se manifesta em matérias e resenhas de obras literárias, publicadas em jornais de grande circulação; por fim, a de leitores participantes da rede social colaborativa brasileira denominada Skoob (http://www.skoob.com.br/). A partir do establecimento de um corpus representativo de manifestações críticas dos leitores de cada uma dessas comunidades, propomos identificar os pressupostos que orientam a leitura dos textos literários, com vistas a aportar elementos que contribuam para a reflexão sobre diferentes concepções de literatura e de leitura/interpretação. Este trabalho apoia-se, teoricamente, na articulação entre os estudos da recepção (Fish, 1980, 1999; Hirsch, 1978, 1967; Holland, 1975; Iser, 1996, 1999); a abordagem antropológica da leitura, considerando as práticas efetivas de comunidades leitoras específicas (Livingston, 1995; Schwab, 1996); a análise sistêmica dos fenômenos culturais (Bourdieu, 2011, 2003, 1996; Even-Zohar, 2005, 2003; Williams, 2008, 1983, 1989). O levantamento e a análise dos dados estão orientados pelas seguintes questões: a) Que livros mobilizam a leitura dos leitores das distintas comunidades? b) Quais são os fatores de identificação e reconhecimento característicos dos modos de leitura? c) Que elementos de juízo e gosto são manifestados pelas comunidades leitoras? d) Que interferências culturais se manifestam nas práticas de leitura? A pesquisa espera contribuir para o delineamento de uma concepção de leitura como prática social e cultural que não prescinde da análise dos modos particulares de significação dos textos.

Literatura marginal periférica como ferramenta de atuação estético-cultural no Brasil contemporâneo
Responsável: Prof. Dra. Rejane Pivetta de Oliveira
Resumo: Os modos de produção, circulação e recepção da literatura marginal periférica produzida contemporaneamente no Brasil estabelecem novos modos de leitura, para além de categorias e critérios exclusivamente literários, tais como literariedade, ficcionalidade, autoria, entre outros. A partir desse escopo, o presente projeto indaga sobre os significados e funções que a literatura assume nos escritos da periferia. A análise do corpus busca articular a forma literária às condições e práticas culturais e cotidianas que tomam parte do modo de existência das obras. A metodologia caracteriza-se, assim, por uma abordagem cultural, material e sistêmica da literatura, com base em contribuições teóricas de autores como Pierre Bourdieu, Raymond Williams e Itamar Even-Zohar..

Literatura, imaginação criadora e concepções da natureza: animismo, ciência e sociedade
Responsável: Prof. Dra. Regina Silveira
Resumo: O projeto de pesquisa intitulado Literatura, imaginação criadora e memória cultural: animismo, tempo-espaço e a ciência tem seus pilares construídos sobre propostas de ensino que vêm se desenvolvendo junto a disciplinas do Curso de Letras UniRitter, a saber, graduação, pós-graduação lato sensu, PPG Mestrado e Doutorado. Suas leituras e análises constituem corpus que interliga a pesquisa, o ensino e a extensão: projetos Turismo e Literatura: memória cultural identitária, animismo e ciência, Baú de Memórias e Sexta-feira do Professor e a literatura: propostas de atividades interdisciplinares. Ao analisar obras literárias, de modo especial à luz do conceito de animismo, a pesquisa centra-se na produção literária de João Guimarães Rosa e de Mário de Andrade, nas literaturas africanas de língua portuguesa e na obra épica finlandesa Kalevala, de Elias Lönnrot. Seu objetivo principal é desestabilizar a oposição que rege as discussões acerca do termo animismo, do mesmo modo que dos conceitos de espaço e de tempo. Restrito ao pensamento primitivo em suas definições originais, o animismo será localizado nas discussões recentes; da mesma forma, para investigar a memória cultural em suas raízes, espaço e tempo não deverão circunscrever-se de modo dissociado, conforme o pensamento de Doreen Massey (2016). Dentre os objetivos específicos, destaca-se o que se refere a: oferecer redes de possibilidades para a implantação das Leis 10.639/2003, Lei 11.645/2008, Lei 10.741/2003 e Lei 11.771/2008; empreender estudos comparatistas acerca do herói Don Juan em obras de diferentes nacionalidades; investigar a memória individual e coletiva em textos narrativos e em poemas durante a práxis extensionista..

Poéticas da Vivência em Leitura: imaginação criadora e animismo
Responsável: Prof. Dra. Regina Silveira
Resumo: Neste projeto de pesquisa, argumento que a imaginação criadora e a vida anímica do poeta são questões fundamentais para uma introdução à leitura crítico-teórica do texto literário. Proveniente da teoria e da técnica do drama grego, a Poética, de Aristóteles, alicerçou desde cedo os estudos literários com base no princípio da imitação. A essa fundamentação objetiva, sobrepuseram-se os subjetivistas dos tempos modernos, com a metafísica do belo, acentuando a criação de um mundo novo, acima da realidade vulgar. Frente às duas correntes, posiciona-se Wilhelm Dilthey (1833-1911), cuja investigação dos processos de criação e gozo estético ocorre mediante análise objetiva e histórica das criações artísticas. Na teoria aristotélica, Dilthey rechaçou a limitação de seu horizonte histórico que compromete a validade geral de seus princípios; frente à segunda, em acordo com a inclinação subjetivista, não compactuou, entretanto, com os princípios da metafísica, apoiados no antagonismo dos sistemas e na possibilidade de chegar a decisões definitivas nesse terreno. Segundo o filósofo alemão, a poética deverá apoiar-se na experiência e prestar atenção a sua dupla face: a vida anímica e a obra de arte. Com a leitura do livro Poética La imaginación del poeta. Las três épocas de la estética moderna y su problema actual (Losada, 1945)de Dilthey, o presente projeto não descarta em hipótese alguma a fundamentação teórica do consagrado estagirita grego; aproveita antes a discussão crítica do filósofo alemão para elucidar os termos conceituais que se relacionam com a vida anímica e com a imaginação criadora. Anote-se desde este resumo que ?poesia? será termo empregado no projeto e na pesquisa não somente como a arte de compor versos, mas como a arte do fazer literário, em texto oral ou escrito, em prosa ou em verso. Com valor estético e com uma visão emocional e ou conceitual na abordagem das ideias, o texto poético será examinado como expressão da visão de mundo e dos estados de alma do poeta, expressos quase sempre por associações imagéticas. Em acordo com o estudo teórico-conceitual, o projeto tem a leitura como eixo norteador, com o exame crítico de obras literárias em prosa e verso de autores dos países de língua portuguesa do período pós-colonial e do indiano Tagore (Nobel de Literatura 1913), traduzido para o português. Nesse intento, serão observadas ideias vinculadas a projetos anteriores, relacionadas aos conceitos de imaginário e de imaginação (BELINSKY, 2007), de mito e de linguagem (GRASSI, 1968), de cultura e de multicuralismo (HALL, 2003; MCLAREN, 2000), de ?barbárie? e de ?condição humana? (DELPECH, 2006 e ARENDT, 2009), entre outros. RESULTADOS PARCIAIS: Atrelado este Projeto à Extensão, as oficinas da Sexta-feira d@ professor@ servem-se de ideias e bibliografias do projeto de pesquisa que vem sendo desenvolvido em suas ideias, propostas e ou referências de modo especial na graduação, no mestrado e também no doutorado em Letras. Derivam deste Projeto artigos publicados em Congressos, em Revista e capítulo de livro..

Questões de Autoria e Leitura
Responsável: Prof. Dra. Valéria Brisolara
Resumo: O presente projeto de pesquisa configura-se como um desdobramento e uma sequência de projetos anteriores. Há poucos estudos enfocando a autoria a partir de uma perspectiva transdisciplinar, que estabeleça uma relação entre a perspectiva literária e a linguística, recorrendo a aporte teórico de ambas as áreas, o que poderia enriquecer os estudos sobre autoria. As pesquisas realizadas mostram que as concepções de autoria variam, pois a autoria é um construto e essas concepções são intimamente ligadas a fatores sociais, históricos e culturais. Assim, como as condições de produção e circulação de discursos têm se modificado com o advento de novas tecnologias e o espaço digital, com a rede eletrônica propiciando novas formas de interação e de circulação discursiva, parece haver uma reconfiguração das práticas de escrita e leitura e da autoria. A questão da autoria é problematizada através de inúmeros fenômenos como autoria na rede eletrônica e redes sociais, autoria coletiva e colaborativa, coautoria, ghost writing, plágio, livros espíritas ou psicografados, etc. Entretanto, ainda há um número ínfimo de trabalhos que discutam questões relacionadas a esses fenômenos, principalmente no Brasil. Nesse cenário, o objetivo deste projeto é abordar a questão da autoria, através de vários fenômenos contemporâneos, a partir de uma perspectiva transdisciplinar..

Leitura, Tradução e Autoria
Responsável: Prof. Dra. Valéria Brisolara
Resumo: Este projeto é uma continuação do projeto ?Tradutor, leitor, autor: a tradução como leitura e exercício autoral? que investigava as relações entre leitura, tradução e autoria. Nessa perspectiva, a tradução é vista tanto como um processo quanto como o resultado desse processo. No entanto, a atividade tradutória baseia-se em uma leitura. O tradutor é leitor e autor ao mesmo tempo. Nesse cenário, pretende-se aprofundar as investigações sobre a tradução como leitura e, ao mesmo tempo, exercício autoral. A fim de atingir esse objetivo, em um primeiro momento, é feita uma revisão do estado da arte sobre as relações entre autoria e tradução, enfatizando questões que envolvam leitura e autoria. Posteriormente, está prevista a análise comparativa de diferentes traduções para a língua portuguesa de obras literárias escritas em língua inglesa, a fim de evidenciar as relações entre leitura, tradução e autoria.

Linguagem, informação e comunicação: a construção de sentidos na mídia
Responsável: Prof. Dra. Mariana Botta
Resumo: Projeto que se propõe a observar, descrever e debater os mecanismos linguísticos e discursivos que são acionados na produção comunicativa, numa tentativa de mostrar como as categorias da língua são colocadas em cena no quadro das produções textuais e discursivas, de modo a participar e determinar a construção de sentidos na mídia. Espera-se proporcionar a reflexão a respeito da importância das ciências da linguagem no contexto da comunicação e de sua influência na estrutura da comunicação como ciência. Através da análise de diferentes mensagens, a comunicação será estudada a partir dos elementos da linguagem que se combinam de acordo com o contexto do enunciado e da enunciação.

UCS

A imprensa na literatura: um estudo do jornal e da revista como fontes de pesquisa para a ficção brasileira do Século XX
Responsável: Prof. Dr. Márcio Miranda Alves
Resumo: A contribuição da imprensa para a literatura brasileira, como fonte de pesquisa no processo de criação literária, consiste em um campo de estudos ainda pouco explorado. Por isso, este projeto de pesquisa propõe uma análise crítica de narrativas ficcionais do século XX que dialogam de alguma forma com registros de jornais e revistas. A partir de confrontos entre a ficção e o documento primário, a pesquisa busca interpretar as formas de apropriação do relato jornalístico e seus desdobramentos e ressignificações no âmbito literário. São de interesse deste projeto os escritores Antonio Callado, Erico Verissimo, Euclides da Cunha, Graciliano Ramos, João Antônio, João do Rio, José Louzeiro, Lima Barreto, Machado de Assis, Moacyr Scliar, Paulo Francis, Renato Pompeu e Sérgio Sant'Anna, entre outros.

A leitura do texto literário na perspectiva dos Estudos Culturais de Gênero e da Regionalidade
Responsável: Profa. Dra. Salete Rosa Pezzi dos Santos
Resumo: O Projeto de Pesquisa A leitura do texto literário na perspectiva dos Estudos Culturais de Gênero e da Regionalidade focaliza a importância da leitura da literatura como elemento formador do ser humano, na medida em que, no contato com o texto literário, o leitor apreende um universo de possibilidades capazes de facultar a compreensão de si e da esfera circundante, implicando, preferencialmente, a representação do sujeito feminino, em textos literários, produzidos tanto por escritoras quanto por escritoras, nas mais variadas instâncias de vivência humana. A realização deste estudo pressupõe uma metodologia fundamentada na hermenêutica literária, a partir da qual foi organizado um quadro teórico - aportes da história e da sociologia da leitura, de estudos culturais de gênero, da crítica feminista e de região e regionalidade - como forma de subsidiar o estudo de obras literárias.

Leitura e oralidade: abordagem sociológica e etnográfica da transmissão de conhecimentos em cultos de matriz africana
Responsável: Prof. Dr. Rafael José dos Santos
Resumo: Os cultos de matriz africana envolvem um complexo corpo de conhecimentos de diferentes naturezas que, em termos êmicos, é denominado de "fundamentos": da linguística à culinária, da literatura oral à botânica, entre muitos outros, estes conhecimentos são produtos de diferentes processos de hibridação, desterritorialização e reterritorialização de práticas e sentidos, desde os processos interculturais no próprio continente de origem até a diáspora interna e as migrações de membros dos cultos no interior do país. A complexidade dos conhecimentos e a dinâmica cultural na qual eles são reelaborados constantemente deram origem a uma heterogeneidade de interpretações que são colocadas em jogo com nas lutas pelo monopólio dos saberes e pelo prestígio decorrente, elemento imprescindível para a legitimação dos sacerdotes no universo dessas religiões. Os conhecimentos, originariamente transmitidos apenas pela oralidade associada à prática cotidiana, passaram, no decorrer do século XX, também ao registro escrito. O crescente interesse de folcloristas e antropólogos pela religiosidade afro deu origem a trabalhos que passaram a circular também no meio religioso. Com a expansão e segmentação da indústria editorial, cresceu o número de manuais de divulgação produzidos por intelectuais ligados aos cultos. Contemporaneamente, os diferentes conhecimentos religiosos de matriz africana são veiculados também em sites e blogs na Internet. O trabalho ora proposto visa mapear sociologicamente a circulação e consumo desses textos e buscar, através da etnografia em terreiros, compreender as práticas de leitura como interpretações ligadas às performances rituais e à produção de sentidos que retroalimentam também a dimensão religiosa cotidiana.

Leitor do PNBE 2014: do papel à mediação
Responsável: Dra. Flávia Brocchetto Ramos
Resumo: O projeto de pesquisa Leitor do PNBE 2014: do papel à mediação é uma tentativa de atender à demanda investigativa sobre a presença da leitura literária na educação escolar dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Tem, portanto, como foco o conjunto de obras do acervo do PNBE 2014 - Anos Iniciais, alocadas em bibliotecas escolares de escolas públicas. Os títulos serão fichados a partir de categorias significativas para cada um dos segmentos previstos pelo Edital (1) texto em prosa, (2) texto em verso e (3) narrativa visual e história em quadrinhos. O objetivo da pesquisa contempla, a partir da linguagem verbal, da visual e ainda da interação entre ambas, configurar o leitor implícito de um conjunto de obras de gêneros e temas diversos no PNBE 2014. A metodologia selecionada para a construção dos dados privilegia o caráter qualitativo e analítico, contemplando fichamento de títulos, análise de algumas obras selecionadas a partir de categorias a serem construídas pela pesquisa, privilegiando aspectos que configuram o leitor implícito, que subjaz ao título, tanto no âmbito da linguagem visual, como da verbo-visual. Discutida a configuração do leitor que subjaz aos títulos analisados, serão organizadas estratégias de leitura, a fim de potencializar a atuação do leitor real no esquema proposto pelo texto literário. A investigação contribui para repensar a natureza da literatura para a infância na contemporaneidade, refletir acerca do papel previsto para o leitor real atuar na concretização do esquema textual e ainda contribuir para promover o letramento literário nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Leitura sob o signo do gênero: recepção do texto literário e regionalidade
Responsável: Dra. Cecil Jeanine Albert Zinani
Resumo: Este projeto tem o propósito de investigar a questão da leitura do texto literário, com base na recepção, observando o gênero social e a regionalidade. Para tanto, pretende-se utilizar como fundamento as teorias da recepção e também aportes de crítica feminista, além dos estudos sobre Região e Regionalidade, considerando diferentes suportes de leitura. A metodologia utilizada fundamenta-se em pesquisa bibliográfica e hermenêutica literária, com a organização de um quadro teórico que subsidie adequadamente a análise e a interpretação de obras literárias, observando a representação da mulher em obras da literatura e sua relação com a regionalidade, possibilitando a construção de subsídios que contribuam para a escrita de uma história da literatura atendendo às características de gênero e de regionalidade.

Para uma história da leitura e da literatura em contextos regionais
Responsável: Dr. João Cláudio Arendt
Resumo: Exame de questões teóricas e empíricas envolvidas na leitura, centrando o enfoque na relação entre o autor, o livro e os seus mediadores sociais. Investigação de aspectos atinentes à formação de sistemas literários regionais, a partir da produção, circulação, mediação e recepção de obras literárias em contextos regionais e suprarregionais, tais como: vias e meios de difusão pela imprensa, jornais, revistas, calendários, almanaques; editoras, livrarias e bibliotecas para pesquisa e empréstimo; grêmios literários, clubes culturais, grupos de leitura, salões e performances de poesia; centros culturais dentro e fora da região; escolas e universidades como instituições de formação dos autores e seu público, bem como locais de pesquisa científica e espiritual; atuação da crítica literária; política cultural pública regional e local; recepção da literatura em outras regiões; presença de literatura estrangeira no original ou em tradução; tradução para outras línguas que possibilitem a recepção fora da região; situação da linguagem escrita e uso de recursos dialetais; processos de troca entre os dialetos e línguas vizinhas; situações de bilinguismo e multilinguismo; circunstâncias étnicas, histórico-povoacionais, geográfico-culturais, sócio-culturais e histórico-mentais.


Linha de Pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem

A mediação do professor e a criatividade nas produções dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental
Responsável: Prof. Dra. Noeli Reck Maggi
Resumo: O presente estudo investiga as formas de mediação do professor na proposição de atividades docentes e a criatividade nas produções dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental. Esta pesquisa busca nos estudos realizados pelos teóricos da psicologia e da educação conceitos e princípios que fundamentam a complexidade do tema sobre o desenvolvimento e aprendizagem da criança. O processo de interação entre sujeito e objeto pode ser mediado por instrumentos e recursos de modo a possibilitar a aprendizagem com criatividade. O significado e o sentido atribuídos aos objetos e situações são fenômenos relacionados às funções mentais superiores e se desenvolvem com os dispositivos da mediação através da linguagem. Esta pesquisa será abordada tendo como referencial de base as teorias interacionistas como a de Perret-Clermont, com abordagem histórico-cultural como a de Vigotsky, Wertsch, Luria e Leontiev. São considerados como objeto de estudo nesta pesquisa a criatividade nas produções escritas dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental e as propostas de atividades mediadas pelos professores..

Recursos de mediação e aprendizagem
Responsável: Prof. Dra. Noeli Reck Maggi
Resumo: Este projeto tem por objetivo investigar os dispositivos utilizados pelos professores como mediadores no trabalho junto aos alunos que estão em processo de formação no conhecimento da língua. Dispositivos referem-se aos instrumentos materiais e imateriais, físicos e humanos utilizados pelo mediador em situação de ensino como: mapas, textos, filmes, propostas de atividades, produções escritas e verbais. A mediação estabelecida pelo professor em situação de ensino pode gerar, através de recursos e instrumentos apropriados, um ato compartilhado em que as produções decorrentes desse encontro resultem em registros de apropriação de conhecimento com significado e sentido tanto para o docente quanto para o aluno. Essa interação mediada é valorizada tanto por Vygotsky e seus contemporâneos como Luria e Leontiev, quanto por intérpretes como James Wertsch, Gordon Wells e Oliveira. O tema da mediação, da intermediação, das trocas e das relações interpessoais está presente em toda condição humana como também transversaliza as questões da aprendizagem e do desenvolvimento, caracterizando-se como objeto de discussão em diferentes orientações teórico-metodológicas. Esta pesquisa se fundamenta nas teorias interacionistas como a de Perret-Clermont, com abordagem históricocultural e em Vigotsky, Wertsch, Luria e Leontiev, para investigar sobre propriedades da mediação e efeitos no processo de internalização com apropriação pelos alunos. São considerados como objeto deste estudo as representações de poder e de autoridade simbólicos dos recursos e instrumentos de mediação bem como as possibilidades de internalização dos conteúdos com apropriação, pelos alunos, na aprendizagem de língua.

Aspectos semióticos e linguísticos do hipertexto numa comunidade virtual de conhecimento
Responsável: Prof. Dra. Dinorá Fraga
Resumo: O objetivo teórico deste estudo consiste em estender a problemática da arquitetura interna dos textos (cf Bronckart,1997, 2002,2004) ao estudo do hipertexto,em ambiente digital, na constituição e desenvolvimento de uma comunidade conhecimento,formada por professores de escolas publicas municipais da cidade de Santa Maria. Serão estudados dois aspectos: sequência não linear dos textos verbais e não verbais e a presença do sujeito, através da emoção, como aspecto cognitivo e linguístico de hipertextos..Entende-se que todo o texto procede de um ato material de produção humana, estando, então, as ações linguageiras, interrelacionadas a um conjunto de significações sociais, cognitivas e culturais. Torna-se necessário um dispositivo de descrição linguística e semiótica que dê conta de como sujeitos semióticos e linguisticos se constituem como linguagem,em um hipertexto.

A escrita na tela
Responsável: Prof. Dra. Dinorá Fraga
Resumo: Estudo de aspectos linguisticos e semioticos dos textos verbais e não verbais, a partir do conceito de sincretismo.

Construção da argumentatividade no texto acadêmico: contribuições da Semântica Argumentativa
Responsável: Neiva Tebaldi Gomes
Resumo: Este projeto tem como tema o discurso científico: estudos linguísticos e análise de textos. Com o estudo teórico, visa ao aprofundamento da teoria desenvolvida por Oswald Ducrot, Marion Carel e seus colaboradores, no âmbito da Semântica Argumentativa. Trata-se de estudos que oferecem um aparato para a descrição das relações argumentativas que se estabelecem em diferentes níveis linguísticos. Para ampliar a compreensão da teoria, além da participação nos seminários desenvolvidos por Marion Carel e Oswald Ducrot, na "Ecole des Hautes Études en Sciences Sociale", de fevereiro a abril, faz-se um reestudo dos princípios saussurianos. Com esse suporte objetiva-se transformar elaborações teóricas em subsídios que possam contribuir para a explicitação da argumentatividade do texto acadêmico/científico (artigos, monografias, dissertações e teses). Artigos científicos, selecionados aleatoriamente dentre os publicados em revistas e livros reconhecidos no meio acadêmico como de boa qualidade, constituem o corpus de análise e exemplificação..

Processos de desenvolvimento da leitura e da escrita: da teoria às práticas escolares de linguagem
Responsável: Prof. Dra. Neiva Tebaldi Gomes
Resumo: Este projeto de pesquisa investiga práticas escolares de linguagem voltadas ao desenvolvimento da leitura e da escrita escolar nas séries finais do Ensino Fundamental e desenvolve-se em duas etapas: uma teórica, que visa ao aprofundamento de estudos relativos a processos de letramento; outra, empírica, que busca identificar, junto a professores da educação básica, projetos, experiências e estratégias de mediação de atividades voltadas ao desenvolvimento de habilidades de leitura e de escrita do texto verbal. Para levantamento e análise do corpus, conta-se com a participação de mestrandos e doutorandos cujos projetos se articulam com esta pesquisa (a da orientadora), além de 1 bolsista de Iniciação Científica. A coleta de dados se efetua por meio de entrevistas, relatos e narrativas, instrumentos que encontram aporte na pesquisa narrativa, mais especificamente em estudos de D. Jean Claudinin e F. Michael Connelly ? pioneiros nessa modalidade investigativa. Trata-se de uma metodologia que tem conseguido notoriedade por sua potencialidade na captura de dimensões humanas que não podem ser quantificadas como fatos áridos e dados quantificáveis. A pesquisa teórica busca apoio no Interacionismo Sociodiscursivo, corrente da linguística aplicada que integra ideias de Vigotski e de Bakhtin e tem como representantes, entre outros, pesquisadores da Faculdade de Psicologia e Educação da Universidade de Genebra: Bronckart, Joaquim Dolz, Bernard Schneuwly. Para explicar a significação que palavras e frases constroem quando utilizadas por seres humanos para se comunicarem, apoia-se na Semântica Linguística, criada por Oswald Ducrot. Com a análise qualitativa dos dados empíricos objetiva-se inferir implicações pedagógicas que possam contribuir para o desenvolvimento de habilidades de leitura e de escrita, entendidas aqui conforme especificação nos Parâmetros Curriculares Nacionais e nas matrizes de referências criadas pelo sistema Nacional da Avaliação da Educação Básico (SAEB), que define descritores para orientação do ensino da leitura e da escrita. Com o estudo teórico, visa-se à sistematização e à socialização de conhecimentos voltados às práticas pedagógicas de leitura e de escrita..

UCS

Nuevas vocês: Estudio de la obra de narradores hispanoamericanos del siglo XXI
Responsável: Prof. Dr. Milton Hernán Bentancor
Resumo: Nuevas voces - Novas vozes é um projeto que abre as portas para a leitura e análise das novas vozes da literatura hispano-americana. Filhos e netos do Boom (termo a ser analisado em um primeiro momento do estudo), os novos escritores nascidos nos diversos pontos do mapa da América hispânica, nos últimos anos do século XX, tomam emprestados alguns elementos do "deuses" da Idade de Ouro da narrativa e deixam de lado, propositalmente, outros aspectos que foram importantes para aqueles. Entendendo que essa nova geração tem um enfoque mais urbano nas suas criações, o intuito é observar como são representadas as cidades em que as personagens se movem e, além disso, como se caracterizam as relações humanas nos espaços culturais, sejam eles urbanos, periféricos ou rurais.

Transposição didática da Teoria Argumentativa da Polifonia para o ensino da leitura na Educação Básica
Responsável: Prof. Dra. Tânia Maris de Azevedo
Resumo: Este projeto tem como objetivos: elaborar diretrizes/princípios para a transposição didática da Teoria Argumentativa da Polifonia para professores que atuam na Educação Básica, visando à qualificação do desenvolvimento das habilidades de compreensão leitora dos alunos desse nível de ensino, através da análise dos estudos feitos sobre a última versão da TAL em que é reformulada a concepção polifônica do discurso; da atualização, segundo os estudos feitos sobre a Teoria Argumentativa da Polifonia, a primeira etapa prevista pelo modelo teórico-metodológico para a descrição do sentido do discurso, de Azevedo (2006); da análise detalhada da proposta de transposição didática de Yves Chevallard, bem como outras propostas a que se tiver acesso; e da investigação da compreensão leitora, no que tange às habilidades por ela pressupostas.

Categorias Conceptuais Abstratas, Valor-Modalidade e Processos Inferenciais da Linguagem (SEMACOG II)
Responsável: Prof. Dra. Heloísa Pedroso de Moraes Feltes
Resumo: A questão que orienta esta pesquisa é: A incorporação da questão dos valores culturais na análise de categorias conceptuais abstratas no enquadre metateórico da Linguística Cognitiva, pode promover o desenvolvimento de uma abordagem descritiva e metodologicamente adequada para os processos de categorização e processos inferenciais em leitura? São objetivos da pesquisa: (a) investigar teoricamente a noção de valor cultural e de emoções; (b) investigar a operacionalidade do conceito de modelos culturais na literatura da Linguística e da Antropologia Cognitiva; (c) desenvolver um modelo metodológico e metalinguístico para o tratamento de categorias conceptuais e categorias conceptuais de valor; (d) Aplicar e avaliar o potencial de teorias de inferência, entre elas a Teoria da Relevância Revista , em diferentes corpora visando à regulação dos acarretamentos proposicionais, metafóricos e metonímicos, de modo a propor um quadro de princípios cognitivos que restrinjam tais derivações em processo de interpretação; (e) aplicar e avaliar o potencial de teorias de inferência, entre elas a Teoria da Relevância Revista, na análise de suposições implicadas, metáforas e metonímias pela Teoria dos Modelos Cognitivos Idealizados e a de Blending (mesclagem), de modo a propor um quadro de princípios que restrinjam os elementos que compõem os espaços de input e as interpretações que emergem nos espaços de blend

UniRitter

O Agir em linguagens
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7983450461869082
Líder: Prof. Dra. Dinorá Fraga

Estudos de literatura na cultura: relações entre ética, estética e política
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/8802367435315205
Líder: Rejane Pivetta de Oliveira

Grupo Escrita na Tela
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1797290833862173
Líder: Dinorá Fraga

Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Educação, Cultura e Sociedade
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2783318203418103
Líder: Noeli Reck Maggi

Imaginação criadora na constelação conceitual do animismo
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9870862061056426
Líder: Profa. Dra. Regina Silveira

Estudos de Autoria e Tradução
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3178328061729731
Líder: Prof. Dra. Valéria Brisolara

Apresentação


O Centro configura-se como espaço de formação interdisciplinar de estudantes de graduação e pós-graduação, centrando suas atividades na interação entre três eixos:

  • as linguagens, em suas múltiplas manifestações, como elemento constitutivo da comunicação, de desenvolvimento de capacidades criativas e de atuação social;
  • as culturas, concebidas como práticas, manifestações, produtos e significados produzidos por diferentes grupos e comunidades humanas;
  • as tecnologias, conjunto de ferramentas, técnicas e recursos com vistas à produção de alternativas inovadoras para resolução de problemas.

O Centro organiza-se na forma de laboratórios, que comportam diversas atividades, tais como disciplinas, cursos, seminários, oficinas, viagens de estudo, etc., privilegiando a reflexão teórico-metodológica e o desenvolvimento de projetos, materiais e produtos com potencial de transferência e aplicabilidade social, cultural e educacional. Para os laboratórios convergem atividades derivadas dos projetos de pesquisa do Programa, dos Grupos de Pesquisa e do trabalho acadêmico integrado a diversas áreas e níveis de ensino. Os Laboratórios do Centro Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Tecnologias compõem, portanto, a estrutura da pesquisa do PPG Letras UniRitter, com caráter marcadamente interdisciplinar, capaz de congregar diferentes níveis de ensino e áreas do conhecimento, tanto internamente à instituição, como em termos de parcerias interinstitucionais.


Laboratório de Linguagens, Cultura Digital e Criatividade
Ocupa-se de produtos construídos em linguagem e em ambiente digitais: construção de narrativas com jogos (hiperficção, narrativas multirramificadas, minicontos); ensino e aprendizagem de línguas em plataformas digitais; gêneros hipertextuais; letramento digital; redes sociais; jogos digitais e demais produtos de entretenimento; produtos envolvendo processos de inclusão digital para o desenvolvimento humano.

Laboratório Contextos, Imaginários e Práticas Culturais
Promove estudos e atividades voltados à análise das experiências estéticas da linguagem, no contexto das práticas de produção, recepção e circulação cultural, próprias da sociedade contemporânea. Análises sobre práticas de leitura, produtos e consumos culturais; preparação de roteiros turísticos com interesse literário, histórico e arquitetônico; atividades que visem à preservação da memória cultural, da identidade e do meio ambiente natural entre as comunidades e abordagens antropológicas da cultura congregam as ações do Laboratório.

Laboratório de Análises Linguísticas, Tradução e Produção Editorial
Desenvolve estudos sobre léxico e gêneros discursivos; atividades de preparação de originais para publicação; edição de livros e periódicos; revisão e elaboração de materiais de divulgação científica (sites, folders, cartazes, portfólio, material didático). O Laboratório promove ainda cursos e oficinas sobre edição, história do livro e práticas de tradução.

Laboratório de Práticas de Ensino e Aprendizagem
Propõe oficinas e mesas de discussão sobre processos de aprendizagem e de ensino com vistas à melhoria das práticas educacionais e do uso de diferentes linguagens em espaços educativos formais e não formais. Trata-se de um laboratório interdisciplinar que visa prestar suporte pedagógico a docentes de distintas áreas de conhecimento.

Laboratório de Escrita Acadêmica, Metodologias e Softwares de Pesquisa
Oferece oficinas e atividades que visam ao desenvolvimento da escrita acadêmica, condição para a construção e sistematização do conhecimento científico (artigos, monografias, dissertação, tese, resenha, memorial). Também orienta o delineamento de metodologias e o uso de ferramentas informáticas de apoio à pesquisa.

Teses/Bancas

2017

UNIRITTER

A PRODUÇÃO ESCRITA NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL : UMA ANÁLISE SOCIODISCURSIVA DE TEXTOS INFORMATIVOS E OPINATIVOS.
MARIA CRISTINA MÜLLER DA SILVA

LÍNGUA PORTUGUESA NO ENSINO MÉDIO: UMA PROPOSTA INSCRITA NA TEORIA DOS GÊNEROS DISCURSIVOS
SAIGON QUEVEDO

2016

UNIRITTER

ABORDAGEM FONOVISUOARTICULATÓRIA PARA O ENSINO DE LINGUAS ESTRANGEIRAS
MARINES BONCOSKI BRIZOLA

A IDOSA NA MÍDIA IMPRESSA: DIALOGISMO E VALORAÇÃO
GENI VANDERLEIA MOURA DA COSTA

UCS

LER E JOGAR OU JOGAR E LER? : ESTRATÉGIAS DE LEITURA EMPREGADAS POR ESTUDANTES DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AO JOGAR NO CLICK JOGOS
ADRIANA FERREIRA BOEIRA

DE CAPA A CAPA : EXPERIÊNCIAS DE LEITURA COM ESTUDANTES DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
DELCIO ANTÔNIO AGLIARDI

LEITURA E DELIBERAÇÃO : UM RETORNO A ARISTÓTELES
FERNANDO SIDNEI FANTINEL

2015

UNIRITTER

A REPRESENTAÇÃO DO INDÍGENA NO ENSINO DA LITERATURA: DA ESCOLA CONVENCIONAL À ESCOLA INDÍGENA
MARCIA REJANE KRISTIUK

A PAISAGEM SONORA EM AVALOVARA, DE OSMAN LINS
MARTHA COSTA GUTERRES PAZ

CIDADES E LUGARES SAGRADOS EM AVALOVARA, DE OSMAN LINS
MARGOT INES VILLAS BOAS CARUCCIO

AS COMPETÊNCIAS DOCENTES ENUNCIADAS PELOS PROFESSORES DE LÍNGUA MATERNA
ROGERIO ALENCAR FERRAZ DE ANDRADE

A LEITURA DO JORNAL NA SALA DE AULA A PARTIR DO CÍRCULO DE MIKHAIL BAKHTIN
EDILAINE VIEIRA LOPES

ENGAJAMENTO E UTOPIA NA ATUAÇÃO ESTÉTICO-CULTURAL DE ALESSANDRO BUZO
TIAGO PELLIZZARO

UCS

UMA POSSÍVEL LEITURA IRÔNICA DAS COLUNAS FEMININAS DE CLARICE LISPECTOR
ADRIANA ANTUNES DE ALMEIDA

A LEITURA DO DANO MORAL PELA PERDA DE UMA CHANCE NO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO NA PERSPECTIVA DA NOVA RETÓRICA
BARBARA BEDIN

COMPREENSÃO LEITORA E FORMAÇÃO DOCENTE : PRINCÍPIOS DE TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA DE UM MODELO TEÓRICO-METODOLÓGICO PARA A DESCRIÇÃO SEMÂNTICO-ARGUMENTATIVA DO DISCURSO
CARINA MARIA MELCHIORS NIEDERAUER

MOSTRAR? ESCONDER? SEDUZIR? : O PAPEL DO NARRADOR EM OBRAS DO PNBE 2010
LOVANI VOLMER

BRINCADÊNCIAS COM A POESIA INFANTIL: UM QUINTAL PARA O LETRAMENTO POÉTICO
MARLI CRISTINA TASCA MARANGONI

O CANCIONEIRO POPULAR DA IMIGRAÇÃO ITALIANA : A LEITURA COMO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS NA PERFORMANCE DA CANÇÃO
PATRÍCIA PEREIRA PORTO

2014

O USO DO ARTIGO NEUTRO 'LO' POR APRENDIZES DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA QUESTÃO DE LÍNGUA E LEITURA
KLEBER ECKERT



Data Autor/a Título Orientador/a Membros da Banca
8/3/2017 Jeize de Fátima Batista O software como ferramenta de ensino:estimulando a leitura em crianças e jovens diagnosticados com dislexia Márcia Cristina Zimmer Vilson Leffa (UCPel)
Maity Siqueira (UFRGS)
Neiva Gomes (UniRitter)
Noeli Reck Maggi (UniRitter)
24/3/2017 Maria Cristina Müller da Silva A produção escrita nas séries finais do ensino fundamental: uma análise sociodiscursiva de textos informativos e opinativos Neiva Maria Tebaldi Gomes Noeli Reck Maggi (UniRitter)
Carmen Maria Faggion (UCS)
Rosemari Leorenz Martins (Feevale)
Anderson Carnin (Unisinos)
20/4/2017 Rebeca Jéssica Silva Martínez Américo As formas de mediação e contextualização de um grupo de professores na rede social Facebook. Um estudo com base nos aspectos socioculturais e dialógicos no ensino/aprendizagem de ELE Noeli Reck Maggi Daniel de Queiroz Lopes (UFRGS)
Rosemari Lorenz Martins (Feevale)
Dinorá Moraes de Fraga (UniRitter)
Flávia Ramos (UCS)
28/4/2017 Saigon Quevedo Língua portuguesa no ensino médio: uma proposta inscrita na teoria dos gêneros discursivos Neiva Maria Tebaldi Gomes Prof. Cátia Fronza (Unisinos)
Prof. Marlene Mattes (UFC)
Prof. Tania Maris Azevedo (UCS)
Prof. Nina Célia Almeida de Barros
29/6/2017 Maria Dorathea Barone Franco Malívola, a boa vilá: a adaptação fílmica do conto de fadas. A bela adormecida como leiturada conduta moral protagonista Rejane Pivetta de Oliveira Juracy Assmann Saraiva (Feevale)
Noeli Reck Maggi (UniRitter)
Marcia I. de Lima e Silva (UFRGS)
Flávia Brocchetto Ramos (UCS)
5/4/2016 Geni Vanderleia Moura Da Costa A idosa na mídia impressa: dialogismo e valoração Dinorá Fraga Giselle Mantovani Dal Corno (UCS)
Maria Eduarda Giering (UNISINOS)
Maria da Glória di Fanti (PUCRS)
7/7/2016 Marines Boncoski Brizola Abordagem Fonovisuoarticulatória para o Ensino de Linguas Estrangeiras Marlene Gonçalves Mattes Vera Regina Silva da Silva (PUCRS)
Luciana Pilatti Telles (FURG)
Noeli Reck Maggi (UniRitter)
Tania Maris de Azevedo (UCS)
18/9/2015 Tiago Pellizzaro Engajamento e utopia na atuação estético-cultural de Alessandro Buzo Rejane Pivetta de Oliveira Luciana Paiva Coronel (FURG)
Raquel Bello Vazquez (Universidade de Santiago de Compostela/UniRitter)
Rafael José dos Santos (UCS)
Regina da Costa da Silveira (UniRitter)
18/9/2015 Edilaine Vieira Lopes A Leitura do Jornal na Sala de Aula Dinorá Moraes de Fraga Adail Ubirajara Sobral (UCPel)
Heloísa Pedroso de Moraes Feltes (UCS)
Valeria Brisolara (UniRitter)
Rosemari Lorenz Martins (FEEVALE)
1/10/2015 Rogério Alencar Ferraz de Andrade As competências docentes enunciadas pelos professores de língua materna Noeli Reck Maggi Neires Maria Soldatelli Paviani (UCS)
Paulo Fossatti (Unilasalle)
Cátia de Azevedo Fronza (Unisinos)
Neiva Maria Tebaldi Gomes (UniRitter)
2/10/2015 Margot Ines Villas Boas Caruccio Cidades e lugares sagrados em Avalovara, de Osman Lins Leny da Silva Gomes Ana Luiza Britto Cezar de Andrade (UFSC)
Raquel Rodrigues Lima (PUCRS)
Rafael José dos Santos (UCS)
Regina da Costa da Silveira (UniRitter)
30/10/2015 Martha Costa Guterres Paz A Paisagem sonora em Avalovara, de Osman Lins Leny da Silva Gomes Michel Peterson (McGill University)
Reginaldo Gil Braga (UFRGS)
Cecil Jeanine Albert Zinani (UCS)
Regina Zilberman (UFRGS)
20/11/2015 Márcia Rejane Kristiuk Zancan A representação do indígena no ensino da literatura: da escola convencional à escola indígena Regina da Costa da Silveira André Luis Mitidieri Pereira (UESC)
Lizandro Carlos Calegari (UFSM)
Rejane Pivetta de Oliveira (UniRitter)
Marília Conforto (UCS)
26/11/2015 Fábio Castilhos Figueredo Um diálogo com os parâmetros curriculares nacionais à luz de teorias enunciativas e discursivas Neiva Maria Tebaldi Gomes Carmen Maria Faggion (UCS)
Paulo Coimbra Guedes (UFRGS)
Cláudio Delanoy (PUCRS)
Dinorá Fraga (UniRitter)

Processo Seletivo

As instituições associadas realizam processos seletivos mediante edital, em consonância com o Regulamento do Programa. Cada instituição dispõe de períodos próprios para a realização das etapas do processo, de acordo com o seu calendário. O processo seletivo para o ingresso no Doutorado em Letras UniRitter/UCS é realizado uma vez ao ano, no segundo semestre, para início das aulas no semestre seguinte. Qualquer pessoa que tenha diploma de mestrado e proficiência comprovada em duas línguas estrangeiras pode participar da seleção, realizada em duas etapas: (1) análise dos certificados de proficiência em língua estrangeira, currículo Lattes/CNPq e pré-projeto de Pesquisa; e (2) arguição oral dos candidatos aprovados na etapa anterior. O candidato será arguido sobre o tema referente ao seu pré-projeto de tese, sua trajetória intelectual e profissional e sua disponibilidade para atividades acadêmicas.

O período de inscrição é de, no mínimo, 30 (trinta) dias após a publicação do Edital, divulgado no site do Doutorado em Letras e em outros veículos de comunicação.

No caso de vagas remanescentes, pode ser aberto edital de seleção complementar, conforme decisão da Comissão de Seleção, indicada pelo Colegiado do Programa de Pós-graduação em Letras UniRitter. Os resultados do processo seletivo têm validade apenas para o período informado no edital.

Resultado da Seleção Docente
LISTA DOS APROVADOS
EDITAL PROCESSO SELETIVO DISCENTE 2017
FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROCESSO SELETIVO
FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE INSCRIÇÃO PROCESSO SELETIVO
RESULTADO SELEÇÃO BOLSISTA PNPD

Processo Seletivo Docente

Edital Cadastro de Professores PPG 2017

Última edição: 19/01/2017 13:49:39

QUEM VIU ESSE CURSO TAMBÉM VIU...

Design de Produto

BACHARELADOA filosofia do Curso de Design de Produto da UniRitter fundamenta-se no conceito do design como diferencial para a obtenção da excelência e como um meio de...

Conhecer

Gestão de Recursos Humanos

O Curso de Gestão em Recursos Humanos, ofertado pela Faculdade de Administração da UniRitter, é um Curso de nível superior aberto a candidatos egressos do Ensino Médio ou...

Conhecer

História

O curso de História da UniRitter visa assegurar a formação e domínio do conhecimento histórico e seus instrumentos de produção e crítica. A premissa do curso é formar...

Conhecer