Doutorado em Letras

ONDE CURSAR
Campus FAPA Campus FAPA

Apresentação

O Programa de Doutorado em Letras (PDLet UCS/UniRitter) foi recomendado pela Capes em novembro de 2010 e iniciou suas atividades no segundo semestre de 2011. O Programa é oferecido na modalidade de Associação Ampla, em que ambas as instituições, UniRitter e UCS, trabalham de forma articulada na promoção e aprimoramento das atividades de pesquisa, ensino e extensão vinculadas à sua área .

O Programa tem uma coordenação geral e uma coordenação adjunta, e, conforme o regulamento, prevê a sua alternância entre as instituições, a cada dois anos. Além disso, há uma Comissão Coordenadora formada pelos dois coordenadores (geral e adjunto) e por dois docentes permanentes, sendo um da UniRitter e outro da UCS.

As atividades do Programa desenvolvem-se em ambas as instituições. Os alunos matriculam-se após seleção realizada na instituição em que pleiteiam uma vaga, entre as 15 oferecidas anualmente. A comissão de seleção é composta por professores de ambas as instituições. Há um conjunto de disciplinas oferecidas na UniRitter e outro, na UCS, dentre as quais os alunos escolhem livremente, de acordo com seus interesses de pesquisa. Algumas disciplinas são ministradas com a participação de professores tanto do UniRitter como da UCS.

Com área de concentração em Leitura e Linguagens, o Doutorado em Letras (UCS/UniRitter) oferece-se como um campo de investigações interdisciplinares, pois a

habilidade leitora (ou letramento) aplica-se à aferição de conhecimentos em todas as áreas. Os textos escritos são exigidos na avaliação de todas as linguagens em suas formas impressas ou digitais, podendo ser expostas em mapas, tabelas, pinturas, filmes e outros suportes. Espera-se que o desenvolvimento em leitura colabore para as capacidades de analisar, raciocinar e refletir sobre conhecimentos e experiências que atendam às necessidades das pessoas e, ao mesmo tempo, ampliem sua participação social.

Linhas de Pesquisa

Leitura e Processos Culturais

A leitura na sua relação com práticas e processos próprios dos sistemas culturais. Fundamentos teóricos acerca de propostas e políticas de leitura, no contexto histórico e social contemporâneo.


Leitura e Processos de Linguagem

Investigação dos fundamentos epistemológicos e simbólicos da linguagem verbal, considerando a constituição e expressão da (inter)subjetividade nos processos de comunicação e de leitura.

Objetivos

I. Produzir e divulgar conhecimento científico referente à leitura, consideradas as diferentes linguagens, com ênfase nos processos linguísticos, literários e culturais;

II. Desenvolver conhecimentos sobre a leitura, em âmbito interdisciplinar, com vistas à formação de professores, pesquisadores e agentes culturais;

III. Contribuir para a geração de políticas e ações voltadas ao incremento da leitura, na região e no país.

Perfil do Egresso

O PDLet forma doutores capacitados a:

(1) Pesquisar problemas relacionados à leitura, em âmbito interdisciplinar, e aplicar o conhecimento produzido no ensino superior tanto na formação de agentes sociais de leitura quanto na geração de políticas e ações voltadas para o incremento da leitura na região e no país.

(2) Formar profissionais docentes para atuação no ensino superior e na educação básica, capazes de conduzir reflexões críticas e propostas de intervenção no que se refere a aspectos cognitivos, sociais e culturais envolvidos nos processos de leitura.

(3) Interagir de maneira pró-ativa com os diversos âmbitos da vida acadêmica e cultural, bem como diálogar com a diversidade de saberes e ferramentas tecnológicas, tendo em vista a realização de pesquisas e atividades com características de inovação aplicáveis ao desenvolvimento humano e social.

(4) Compreender a dimensão ética e social da linguagem e dos processos de letramento, comprometendo-se em atuar criticamente em diferentes contextos da realidade social, educacional e cultural, de forma a promover o diálogo, o respeito às diferenças e a construção da cidadania.


Duração

O curso tem duração mínima de 24 meses, e sua conclusão não pode exceder a 48 meses, a partir do início do ano letivo correspondente ao ano de ingresso do aluno no Doutorado.


Dias e Horários

As aulas ocorrem às sextas-feiras, das 8h às 11h40min e das 13h30min às 17h10min – Campus FAPA


Documentos/Formulários

Formulário de Solicitação de Banca - Aluno

Docentes

Coordenação
Rejane Pivetta de Oliveira (UniRitter)
Contato: repivetta@uniritter.edu.br

João Cláudio Arendt (UCS)
Contato: jcarendt@ucs.br


Docentes Permanentes

Dinorá Moraes de Fraga – http://lattes.cnpq.br/2667993955051940

Titulação: Doutora em Letras/Linguística (USP)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem
Contato: dinora_fraga@uniritter.edu.br

Titulação: Doutora em Letras/Estudos Literários (UFRGS)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: lenyg@uniritter.edu.br

Titulação: Doutora em Letras/Linguística (PUCRS/Carnegie Mellon University)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem
Contato: marcia.zimmer@gmail.com

Neiva Maria Tebaldi Gomes http://lattes.cnpq.br/0481910642659591
Titulação: Doutora em Letras/Linguística (UFRGS/ Uiversità degli studi di Roma Tre)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem
Contato: neiva_gomes@uniritter.edu.br

Titulação: Doutora em Educação (UFRGS)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem
Contato: nrmaggi@portoweb.com.br

Regina da Costa da Silveira http://lattes.cnpq.br/6993195297457484
Titulação: Doutora em Letras/Estudos Literários (UFRGS)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: regina_silveira@uniritter.edu.br

Rejane Pivetta de Oliveira http://lattes.cnpq.br/3557383494675379
Titulação: Doutora em Letras/Teoria da Literatura (PUCRS/Univ. Santiago de Compostela)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: repivetta@uniritter.edu.br

Valéria Silveira Brisolara http://lattes.cnpq.br/5970899305775622
Titulação: Doutora em Letras/Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (UFRGS)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: valeria_brisolara@uniritter.edu.br

Docentes Colaboradores
Marlene Gonçalves Mattes http://lattes.cnpq.br/2322663947381361
Titulação: Doutora em Linguística Aplicada (Eberhard Karls Universität).
Linha de pesquisa: Leitura e Processos de Linguagem
Contato: marlenemattes@yahoo.de

Titulação: Doutora em Romanística (Ruprecht-Karls-Universität Heidelberg)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: reginaz@portoweb.com.br

Visitantes
Raquel Bello Vazquez (visitante) http://lattes.cnpq.br/7397698200682267
Titulação: Doutora em Filologia Galega (Universidade de Santiago de Compostela)
Linha de pesquisa: Leitura e Processos Culturais
Contato: raquel.bello.vazquez@gmail.com

Projetos

Dinorá Moraes de Fraga
Descrição: Estudo de aspectos linguísticos e semióticos dos textos verbais e não verbais, a partir do conceito de sincretismo.
Descrição: O objetivo teórico deste estudo consiste em estender a problemática da arquitetura interna dos textos (cf Bronckart,1997, 2002,2004) ao estudo do hipertexto, em ambiente digital, na constituição e desenvolvimento de uma comunidade conhecimento, formada por professores de escolas públicas municipais da cidade de Santa Maria. Serão estudados dois aspectos: sequência não linear dos textos verbais e não verbais e a presença do sujeito, através da emoção, como aspecto cognitivo e linguístico de hipertextos. Entende-se que todo o texto procede de um ato material de produção humana, estando, então, as ações linguageiras, inter-relacionadas a um conjunto de significações sociais, cognitivas e culturais. Torna-se necessário um dispositivo de descrição linguística e semiótica que dê conta de como sujeitos semióticos e linguísticos se constituem como linguagem, em um hipertexto.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Leny da Silva Gomes
Descrição: A interação de professores pesquisadores de universidades, professores de escolas públicas e alunos da Educação Básica encaminha para um processo que põe em movimento o ir e vir entre as partes e o todo, conforme paradigma do pensamento complexo, desenvolvido por Morin (2005). É nesse contexto e na interação das pessoas envolvidas no ensino e aprendizagem que se pretende perceber, analisar e compreender como professores e estudantes do Ensino Médio pensam e sentem sua condição e sua função relativas ao ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Essa intencionalidade tem como pressuposto que a reflexão sobre a própria posição gera conscientização dos estudantes em relação ao seu desempenho, posicionamento dos professores em relação a sua mediação, bem como uma avaliação do processo. Pretende-se que os resultados sejam indicadores de aspectos qualitativos sobre o desempenho dos alunos no ENEM. Foram selecionados dois professores de escolas públicas do RS que atuam no Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura e, ainda, contar-se-á com a participação de uma mestranda que desenvolve no PPGL Mestrado em Letras UniRitter dissertação relativa à análise do desempenho de alunos de uma escola situada na zona rural de Alegrete, onde é professora. Cada professora selecionará três estudantes do Ensino Médio para compor a equipe. Uma das particularidades desta proposta é a constituição dos estudantes e dos professores do Ensino Básico na função de pesquisadores e participantes do grupo que será objeto da pesquisa. Desta forma, observadores tornam-se também observados pela similitude de posição e pelo movimento recursivo, que é um dos princípios do pensamento complexo (Morin, 2005).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Descrição: Este projeto propõe uma interface com a pesquisa Poiesis e Techné: o vigor do projeto literário osmaniano em desenvolvimento a partir de 2011, que investiga as reflexões do autor Osman Lins, tecidas em suas obras ficcionais? da maturidade?, para elucidar sua poiesis/techne, enquanto pensamento e agir programáticos. Nesta proposta, a dimensão da leitura é privilegiada, permanecendo como foco da obra de Osman Lins suas últimas produções ficcionais? Avalovara (1973) e A Rainha dos cárceres da Grécia (1976)? e incluindo-se no corpus seus escritos ensaisticos? Guerra sem testemunhas: o escritor, sua condição e a realidade social (1969); Do ideal e da glória: problemas inculturais brasileiros (1977); Lima Barreto e o espaço romanesco (1976); Evangelho na taba: outros problemas inculturais brasileiros (1979), numa abordagem sob a perspectiva da ecocrítica. Relacionar aspectos ecológicos à leitura de textos literários e à escrita sobre literatura mais do que um alinhamento à tendência contemporânea de religar os seres humanos e a natureza é uma reafirmação do lugar desses seres como parte integrante da natureza. Amplia-se assim o sentido de natureza, anulando o persistente dualismo homem/natureza de longa trajetória no pensamento ocidental. O componente Eco do termo ecocrítica deriva do grego Oikos que significa casa, habitat, portanto espaço de relações sociais, de expressão da subjetividade, meio ambiente em que se unem corpo, terra, técnica, natureza e cultura. Desta forma, assume importância, neste estudo, repensar a visão antropocêntrica que estabelece tradicionais oposições, em especial a de sujeito/objeto, para verificar como Osman Lins representa, neste sentido, as interrelações de humanos e não-humanos, numa visão ecocrítica. O caráter bibliográfico desta pesquisa delineia seu percurso em termos de leitura, discussão, interpretação, produção de resultados. As leituras teóricas sobre ecocrítica, as leituras dos textos ensaísticos e ficcionais da última.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa
Descrição: O projeto se constitui no mapeamento das ressonâncias de outros campos do conhecimento que incidem na construção da obra literária de Osman Lins, tendo em vista uma reflexão abrangente sobre seu projeto literário. Salienta-se o quanto foram determinantes as leituras feitas pelo autor para o desenvolvimento de seu processo de escritura. Os projetos das três pesquisadoras envolvidas? Cada uma em sua instituição de ensino? Prevêem a formação de três grupos compostos por pesquisadores convidados das áreas cujo conhecimento tenha sido agregado por Lins à matéria de seus textos. A primeira etapa da pesquisa está concentrada na leitura de Nove, novena: narrativas; Avalovara; A rainha dos cárceres da Grécia e na discussão consequente gerada pelos diferentes enfoques sustentados por visões das outras áreas. Num segundo momento, os três grupos se reúnem para promover uma interlocução entre pares e entre as áreas, aprofundando as reflexões que, assim, contribuem para o andamento da pesquisa. A etapa final será dedicada à preparação de publicação dos resultados em livro, previsto para 2014, por ocasião da comemoração do 90º aniversário do escritor.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa
Márcia Cristina Zimmer
Descrição: Este projeto amplia o espectro da pesquisa em multilinguismo, levando-a para além da pesquisa psicolinguística? que tem se concentrado na investigação das diferenças cognitivas partindo do code-switching-, em direção à investigação das vantagens que o ser multicultural desenvolve em função do frame-switching, termo de maior espectro que envolve, além da capacidade de troca da língua, a capacidade de troca do arcabouço (frame) mental, do modo de pensar que o conhecimento de mais de uma língua/cultura enseja. O objetivo principal deste projeto é, portanto, investigar se a vantagem bi/multilíngue, advinda da prática constante do code-switch, envolvendo funções executivas relativas ao controle inibitório, pode ser estendida a tarefas de maior complexidade cognitiva ligadas à criatividade e resolução de problemas, em função do frame-switching. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2)
Neiva Maria Tebaldi Gomes
Descrição: Este projeto tem como tema o discurso científico: estudos linguísticos e análise de textos. Com o estudo teórico, visa ao aprofundamento da teoria desenvolvida por Oswald Ducrot, Marion Carel e seus colaboradores, no âmbito da Semântica Argumentativa. Trata-se de estudos que oferecem um aparato para a descrição das relações argumentativas que se estabelecem em diferentes níveis linguísticos. Para ampliar a compreensão da teoria, além da participação nos seminários desenvolvidos por Marion Carel e Oswald Ducrot, na "Ecole des Hautes Études en Sciences Sociale", de fevereiro a abril, faz-se um reestudo dos princípios saussurianos. Com esse suporte objetiva-se transformar elaborações teóricas em subsídios que possam contribuir para a explicitação da argumentatividade do texto acadêmico/científico (artigos, monografias, dissertações e teses). Artigos científicos, selecionados aleatoriamente dentre os publicados em revistas e livros reconhecidos no meio acadêmico como de boa qualidade, constituem o corpus de análise e exemplificação.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 7
Descrição: Este projeto de pesquisa investiga práticas escolares de linguagem voltadas ao desenvolvimento da leitura e da escrita escolar nas séries finais do Ensino Fundamental e desenvolve-se em duas etapas: uma teórica, que visa ao aprofundamento de estudos relativos a processos de letramento; outra, empírica, que busca identificar, junto a professores da educação básica, projetos, experiências e estratégias de mediação de atividades voltadas ao desenvolvimento de habilidades de leitura e de escrita do texto verbal. Para levantamento e análise do corpus, conta-se com a participação de mestrandos e doutorandos cujos projetos se articulam com esta pesquisa (a da orientadora), além de 1 bolsista de Iniciação Científica. A coleta de dados se efetua por meio de entrevistas, relatos e narrativas, instrumentos que encontram aporte na pesquisa narrativa, mais especificamente em estudos de D. Jean Claudinin e F. Michael Connelly pioneiros nessa modalidade investigativa. Trata-se de uma metodologia que tem conseguido notoriedade por sua potencialidade na captura de dimensões humanas que não podem ser quantificadas como fatos áridos e dados quantificáveis. A pesquisa teórica busca apoio no Interacionismo Sociodiscursivo, corrente da linguística aplicada que integra ideias de Vigotski e de Bakhtin e tem como representantes, entre outros, pesquisadores da Faculdade de Psicologia e Educação da Universidade de Genebra: Bronckart, Joaquim Dolz, Bernard Schneuwly. Para explicar a significação que palavras e frases constroem quando utilizadas por seres humanos para se comunicarem, apoia-se na Semântica Linguística, criada por Oswald Ducrot. Com a análise qualitativa dos dados empíricos objetiva-se inferir implicações pedagógicas que possam contribuir para o desenvolvimento de habilidades de leitura e de escrita, entendidas aqui conforme especificação nos Parâmetros Curriculares Nacionais e nas matrizes de referências criadas pelo sistema Nacional da Avaliação da Educação Básico (SAEB), que define descritores para orientação do ensino da leitura e da escrita. Com o estudo teórico, visa-se à sistematização e à socialização de conhecimentos voltados às práticas pedagógicas de leitura e de escrita.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (5).
Descrição: O projeto tem como tema o sentido construído pela relação entre discursos. Serão procuradas explicações para as diferentes formas de interdiscursividade e as diferentes atitudes assumidas pelo locutor na relação entre seu discurso e o discurso de outros. Fundamentam as reflexões conceitos da Teoria da Argumentação na Língua. Deverão participar da pesquisa orientandos de mestrado, doutorado e pós-doutorado que inscrevem suas dissertações, teses e pesquisas na teoria em questão.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Noeli Reck Maggi
Descrição: Este projeto tem por objetivo investigar os dispositivos utilizados pelos professores como mediadores no trabalho junto aos alunos que estão em processo de formação no conhecimento da língua. Dispositivos referem-se aos instrumentos materiais e imateriais, físicos e humanos utilizados pelo mediador em situação de ensino como: mapas, textos, filmes, propostas de atividades, produções escritas e verbais. A mediação estabelecida pelo professor em situação de ensino pode gerar, através de recursos e instrumentos apropriados, um ato compartilhado em que as produções decorrentes desse encontro resultem em registros de apropriação de conhecimento com significado e sentido tanto para o docente quanto para o aluno. Essa interação mediada é valorizada tanto por Vygotsky e seus contemporâneos como Luria e Leontiev, quanto por intérpretes como James Wertsch, Gordon Wells e Oliveira. O tema da mediação, da intermediação, das trocas e das relações interpessoais está presente em toda condição humana como também transversaliza as questões da aprendizagem e do desenvolvimento, caracterizando-se como objeto de discussão em diferentes orientações teórico-metodológicas. Esta pesquisa se fundamenta nas teorias interacionistas como a de Perret-Clermont, com abordagem históricocultural e em Vigotsky, Wertsch, Luria e Leontiev, para investigar sobre propriedades da mediação e efeitos no processo de internalização com apropriação pelos alunos. São considerados como objeto deste estudo as representações de poder e de autoridade simbólicos dos recursos e instrumentos de mediação bem como as possibilidades de internalização dos conteúdos com apropriação, pelos alunos, na aprendizagem de língua.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Descrição: O presente estudo investiga as formas de mediação do professor na proposição de atividades docentes e a criatividade nas produções dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental. Esta pesquisa busca nos estudos realizados pelos teóricos da psicologia e da educação conceitos e princípios que fundamentam a complexidade do tema sobre o desenvolvimento e aprendizagem da criança. O processo de interação entre sujeito e objeto pode ser mediado por instrumentos e recursos de modo a possibilitar a aprendizagem com criatividade. O significado e o sentido atribuídos aos objetos e situações são fenômenos relacionados às funções mentais superiores e se desenvolvem com os dispositivos da mediação através da linguagem. Esta pesquisa será abordada tendo como referencial de base as teorias interacionistas como a de Perret-Clermont, com abordagem histórico-cultural como a de Vigotsky, Wertsch, Luria e Leontiev. São considerados como objeto de estudo nesta pesquisa a criatividade nas produções escritas dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental e as propostas de atividades mediadas pelos professores.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Descrição: O tema da função simbólica está presente em toda condição humana como também transversaliza as questões de aprendizagem e desenvolvimento, caracterizando-se como objeto de discussão em diferentes orientações teórico-metodológicas. Em torno deste assunto reúnem-se para debate educadores, psicólogos e escritores atentos às questões constituídoras do sujeito e também de sua inserção social. Este estudo será abordado tendo como referencial de base os aspectos teóricos da psicanálise e das teorias interacionistas, com abordagem histórico-cultural para ampliar o debate sobre as questões da subjetividade e do simbolismo, elementos indissociados na especificidade humana, especialmente se considerarmos o sujeito no seu processo de desenvolvimento e de aprendizagem. O ser humano, nomeado e inscrito na linguagem, lê e interpreta a realidade, exprime desejo e expectativa revelando aspectos singulares que caracterizam a subjetividade e a função simbólica que subjazem a este processo. Esta investigação se propõe a identificar, através da leitura, aspectos próprios da subjetividade e da função simbólica nas produções dos sujeitos. O presente estudo será desenvolvido a partir de materiais escritos e gráficos, produzidos pelos alunos em escolas de Ensino Médio. Será utilizada uma metodologia com combinação de estudo bibliográfico e análise de elementos discursivos presentes em documentos produzidos pelos alunos em atividades propostas para leitura. As reflexões e análise dos dados empíricos terão embasamento no referencial teórico da psicanálise e das teorias histórico-culturais. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa
Regina da Costa da Silveira
Descrição: O projeto de pesquisa intitulado Literatura, imaginação criadora e concepções da natureza: animismo, ciência e sociedade tem seus pilares construídos sobre propostas de ensino que vêm se desenvolvendo junto a disciplinas do Curso de Letras UniRitter, a saber, graduação, pós-graduação lato sensu, PPG Mestrado e Doutorado. Suas leituras e análises constituíram, de 2005 a 2013, corpus de análise para as oficinas desenvolvidas no Projeto de Extensão Sexta-feira do Professor no UniRitter, em especial, as que tiveram mestrandos do PPG Letras como ministrantes. O objetivo geral deste projeto de pesquisa é analisar obras literárias, de modo especial à luz do conceito de animismo; a justificativa resume-se na necessidade de desestabilizar as oposições que regeram as discussões acerca do termo, restrito ao pensamento primitivo em suas definições originais, para localizá-lo nas discussões recentes, sob a ótica que desestabiliza oposições, tais como, primitivo-civilizado, colonizador-colonizado, classe hegemônica e indivíduo subalterno. Para o desenvolvimento da pesquisa, parte-se da teoria do animismo anterior ao século passado com Wilhelm Dilthey, passando pelas indispensáveis contribuições de Sigmund Freud e dos que o precederam, para alcançar o século presente, com a teoria animista, reverenciada na produção literária do angolano Pepetela e no ensaio crítico do sul-africano Harry Garuba.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Descrição: Neste projeto de pesquisa, argumento que a imaginação criadora e a vida anímica do poeta são questões fundamentais para uma introdução à leitura crítico-teórica do texto literário. Proveniente da teoria e da técnica do drama grego, a Poética, de Aristóteles, alicerçou desde cedo os estudos literários com base no princípio da imitação. A essa fundamentação objetiva, sobrepuseram-se os subjetivistas dos tempos modernos, com a metafísica do belo, acentuando a criação de um mundo novo, acima da realidade vulgar. Frente às duas correntes, posiciona-se Wilhelm Dilthey (1833-1911), cuja investigação dos processos de criação e gozo estético ocorre mediante análise objetiva e histórica das criações artísticas. Na teoria aristotélica, Dilthey rechaçou a limitação de seu horizonte histórico que compromete a validade geral de seus princípios; frente à segunda, em acordo com a inclinação subjetivista, não compactuou, entretanto, com os princípios da metafísica, apoiados no antagonismo dos sistemas e na possibilidade de chegar a decisões definitivas nesse terreno. Segundo o filósofo alemão, a poética deverá apoiar-se na experiência e prestar atenção a sua dupla face: a vida anímica e a obra de arte. Com a leitura do livro Poética La imaginación del poeta. Las três épocas de la estética moderna y su problema actual (Losada, 1945)de Dilthey, o presente projeto não descarta em hipótese alguma a fundamentação teórica do consagrado estagirita grego; aproveita antes a discussão crítica do filósofo alemão para elucidar os termos conceituais que se relacionam com a vida anímica e com a imaginação criadora. Anote-se desde este resumo que poesia será termo empregado no projeto e na pesquisa não somente como a arte de compor versos, mas como a arte do fazer literário, em texto oral ou escrito, em prosa ou em verso. Com valor estético e com uma visão emocional e ou conceitual na abordagem das ideias, o texto poético será examinado como expressão da visão de mundo e dos estados de alma do poeta, expressos quase sempre por associações imagéticas. Em acordo com o estudo teórico-conceitual, o projeto tem a leitura como eixo norteador, com o exame crítico de obras literárias em prosa e verso de autores dos países de língua portuguesa do período pós-colonial e do indiano Tagore (Nobel de Literatura 1913), traduzido para o português. Nesse intento, serão observadas ideias vinculadas a projetos anteriores, relacionadas aos conceitos de imaginário e de imaginação (BELINSKY, 2007), de mito e de linguagem (GRASSI, 1968), de cultura e de multicuralismo (HALL, 2003; MCLAREN, 2000), de barbárie e de condição humana (DELPECH, 2006 e ARENDT, 2009), entre outros. RESULTADOS PARCIAIS: Atrelado este Projeto à Extensão, as oficinas da Sexta-feira d@ professor@ servem-se de ideias e bibliografias do projeto de pesquisa que vem sendo desenvolvido em suas ideias, propostas e ou referências de modo especial na graduação, no mestrado e também no doutorado em Letras. Derivam deste Projeto artigos publicados em Congressos, em Revista e capítulo de livro.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Rejane Pivetta de Oliveira
Descrição: Este projeto propõe a investigação de práticas de leitura do texto literário em distintas comunidades interpretativas (Fish, 1980): a acadêmica, conforme se mostra na produção de artigos e resenhas em periódicos científicos da área de literatura; a jornalística, conforme se manifesta em matérias e resenhas de obras literárias, publicadas em jornais de grande circulação; por fim, a de leitores participantes da rede social colaborativa brasileira denominada Skoob (http://www.skoob.com.br/). A partir do establecimento de um corpus representativo de manifestações críticas dos leitores de cada uma dessas comunidades, propomos identificar os pressupostos que orientam a leitura dos textos literários, com vistas a aportar elementos que contribuam para a reflexão sobre diferentes concepções de literatura e de leitura/interpretação. Este trabalho apoia-se, teoricamente, na articulação entre os estudos da recepção (Fish, 1980, 1999; Hirsch, 1978, 1967; Holland, 1975; Iser, 1996, 1999); a abordagem antropológica da leitura, considerando as práticas efetivas de comunidades leitoras específicas (Livingston, 1995; Schwab, 1996); a análise sistêmica dos fenômenos culturais (Bourdieu, 2011, 2003, 1996; Even-Zohar, 2005, 2003; Williams, 2008, 1983, 1989). O levantamento e a análise dos dados estão orientados pelas seguintes questões: a) Que livros mobilizam a leitura dos leitores das distintas comunidades? b) Quais são os fatores de identificação e reconhecimento característicos dos modos de leitura? c) Que elementos de juízo e gosto são manifestados pelas comunidades leitoras? d) Que interferências culturais se manifestam nas práticas de leitura? A pesquisa espera contribuir para o delineamento de uma concepção de leitura como prática social e cultural que não prescinde da análise dos modos particulares de significação dos textos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa
Descrição: Este projeto propõe o estudo das relações entre o literário e o cultural, segundo uma abordagem material e sistêmica, conforme formulações de Raymond Williams, Itamar Even-Zohar e Pierre Bourdieu, tomando por base, especificamente, as condições de produção e circulação da literatura marginal periférica contemporaneamente produzida no Brasil. A análise incide sobre textos e o modo de atuação de escritores assumidamente identificados com a periferia e nela inseridos, com destaque para Ferréz, Sérgio Vaz e Alessandro Buzo. A literatura produzida pelos escritores periféricos assume usos e funções que caracterizam uma forma de ação estético-cultural com repercussões na vida das pessoas individualmente e na comunidade como um todo, fenômeno que se dá em um contexto de inevitáveis tensões entre tendências culturais dominantes e manifestações emergentes, ditas periféricas, que co-existem numa relação de oposição e incorporação. Desse modo, a ação literária dos escritores da periferia, ao mesmo tempo que cria novos significados, valores, práticas, sentidos e experiências que reconfiguram as relações socioculturais no espaço da favela, estabelecem novas interações com os produtos, agentes e instituições no interior do sistema cultural mais amplo de que participa. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é analisar, de maneira relacional e sistêmica, os usos e funções projetados por essa literatura, as imagens por ela fabricadas, segundo regras que regem as dinâmicas de produção, circulação e recepção dos textos, bem como os repertórios postos em jogo, as formas de atuação dos agentes envolvidos e as tensões implicadas face aos padrões literários e culturais dominantes.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Descrição: Os modos de produção, circulação e recepção da literatura marginal periférica produzida contemporaneamente no Brasil estabelecem novos modos de leitura, para além de categorias e critérios exclusivamente literários, tais como literariedade, ficcionalidade, autoria, entre outros. A partir desse escopo, o presente projeto indaga sobre os significados e funções que a literatura assume nos escritos da periferia. A análise do corpus busca articular a forma literária às condições e práticas culturais e cotidianas que tomam parte do modo de existência das obras. A metodologia caracteriza-se, assim, por uma abordagem cultural, material e sistêmica da literatura, com base em contribuições teóricas de autores como Pierre Bourdieu, Raymond Williams e Itamar Even-Zohar.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Valéria Silveira Brisolara
Descrição: Este projeto é uma continuação do projeto Tradutor, leitor, autor: a tradução como leitura e exercício autoral que investigava as relações entre leitura, tradução e autoria. Nessa perspectiva, a tradução é vista tanto como um processo quanto como o resultado desse processo. No entanto, a atividade tradutória baseia-se em uma leitura. O tradutor é leitor e autor ao mesmo tempo. Nesse cenário, pretende-se aprofundar as investigações sobre a tradução como leitura e, ao mesmo tempo, exercício autoral. A fim de atingir esse objetivo, em um primeiro momento, é feita uma revisão do estado da arte sobre as relações entre autoria e tradução, enfatizando questões que envolvam leitura e autoria. Posteriormente, está prevista a análise comparativa de diferentes traduções para a língua portuguesa de obras literárias escritas em língua inglesa, a fim de evidenciar as relações entre leitura, tradução e autoria. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa
Descrição: O presente projeto de pesquisa configura-se como um desdobramento e uma sequência de projetos anteriores. Há poucos estudos enfocando a autoria a partir de uma perspectiva transdisciplinar, que estabeleça uma relação entre a perspectiva literária e a linguística, recorrendo a aporte teórico de ambas as áreas, o que poderia enriquecer os estudos sobre autoria. As pesquisas realizadas mostram que as concepções de autoria variam, pois a autoria é um construto e essas concepções são intimamente ligadas a fatores sociais, históricos e culturais. Assim, como as condições de produção e circulação de discursos têm se modificado com o advento de novas tecnologias e o espaço digital, com a rede eletrônica propiciando novas formas de interação e de circulação discursiva, parece haver uma reconfiguração das práticas de escrita e leitura e da autoria. A questão da autoria é problematizada através de inúmeros fenômenos como autoria na rede eletrônica e redes sociais, autoria coletiva e colaborativa, coautoria, ghost writing, plágio, livros espíritas ou psicografados, etc. Entretanto, ainda há um número ínfimo de trabalhos que discutam questões relacionadas a esses fenômenos, principalmente no Brasil. Nesse cenário, o objetivo deste projeto é abordar a questão da autoria, através de vários fenômenos contemporâneos, a partir de uma perspectiva transdisciplinar.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Grupos de Pesquisa

O Agir em linguagens

http://dgp.cnpq.br/dgp/faces/consulta/consulta_par...

Líder: Prof. Dra. Dinorá Fraga


Estudos de literatura na cultura: relações entre ética, estética e política

http://dgp.cnpq.br/dgp/faces/consulta/consulta_par...

Líder: Rejane Pivetta de Oliveira


Língua e literatura na formação do sujeito

http://dgp.cnpq.br/dgp/faces/consulta/consulta_par...

Líder: Leny Gomes


Publicações

Publicações docentes

FRAGA, Dinora Moraes de; AXT, Margarete (Org.). Políticas do virtual:inscrições em linguagem, cognição e educação. 1. ed. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2012.

Sumário


FRAGA, Dinora Moraes de (Org.) ; HOFFMEISTER, Rafael (Org.) ; LACERDA, Geonane (Org.); HAAG, Cassiano Ricardo (Org.) ; STEIN, jorama (Org.) ; DAMASCENO, F. R. (Org.) . Atividades de Linguagem;blogs, jogos, videos,ourkut, youtube e hipertexto para o ensino de linguas. 1. ed. São Leopoldo: CasaLeiria, 2012.

Sumário


GOMES Leny da Silva; GOMES, Neiva Tebaldi. Aprendizagem de Língua e Literatura: gêneros e vivências de linguagem.

Sumário


GOMES, Neiva Tebaldi; SPALDING, Marcelo. Liberdade pela Escrita

Sumário


GOMES, Leny; HAZIN, Elizabeth; SILVA, Odalice (Org). No Reverso do Tapete: a escritura de Osman Lins.

Sumário


MATTES Marlene. Alemão e Português em cartas pessoais antigas de imigrantes alemães no sul do Brasil.

Sumário


MATTES, Marlene (Org). Estudos de Língua e Literatura GESLA.

Sumário


OLIVEIRA, Rejane Pivetta de (Org). Literatura para pensar e intervir no mundo.

Sumário


REMÉDIOS, Maria Luíza; Regina da Costa SILVEIRA. Redes & Capulanas: identidade, cultura e história nas literaturas lusófonas.

Sumário


SILVEIRA, Regina; COSTA, Rosilene Silva da (org). Literatura, História e Cultura Afro-Brasileira - 2ª ed

Sumário

LOBATO, Carolina R; BRISOLARA, Valéria. THE IMPORTANCE OF BEING A TRANSLATOR: ANALYZING ONE OF OSCAR WILDE’S MOST ICONIC PLAYS. Translatio, Porto Alegre, n. 9, Junho de 2015.

http://seer.ufrgs.br/index.php/translatio/article/...

MEDINA, Roberto; BRISOLARA, Valéria. PELAS MALHAS E VAGÕES DA MEMÓRIA: UMA ANÁLISE DE IBIAMORÉ, O TREM FANTASMA. Organon, Porto Alegre, v. 29, n. 57, p. 157-170, jul/dez. 2014.

http://seer.ufrgs.br/index.php/organon/article/vie...

Lilia Baranski Feres, Valéria Silveira BrisolaraREFLEXÕES SOBRE O EXERCÍCIO AUTORAL EM DUAS TRADUÇÕES DE “THE NIGHTINGALE AND THE ROSE”. Translation, Porto Alegre, n.8, Dezembro de 2014.

http://seer.ufrgs.br/index.php/translatio/article/...

BRISOLARA, Valéria. QUANTO MAIS VOCÊ OLHA, MENOS VOCÊ VÊ: MAX E OS FELINOS DE MOACYR SCLIAR E A VIDA DE PI DE YANN MARTEL. Revista Línguas & Letras, Cascavel, n. 27, 2013.

http://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaselet...

BRISOLARA, Valéria. A MEMÓRIA É UM LUGAR EM QUE O TEMPO SE DERRAMA: UMA ANÁLISE DE LEITE DERRAMADO DE CHICO BUARQUE. Graphos, João Pessoa, 2013.

http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/graphos/ar...


OLIVEIRA, R. P. Favoritos do público: uma análise das práticas de leitura da comunidade virtual Skoob. Desenredo (PPGL/UPF), 2015.

http://www.upf.br/seer/index.php/rd;


OLIVEIRA, R. P.; PELLIZZARO, Tiago. Marginalidade e resistência em Deus foi almoçar, de Ferréz. Antares: Letras e Humanidades, v. 2, p. 21-35, 2014.

http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/antares/a...


OLIVEIRA, R. P.; PELLIZZARO, Tiago. Alessandro Buzo e o engajamento literário da periferia. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 41, p. 99-118, 2013.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext...


OLIVEIRA, R. P. LITERATURA COMO FERRAMENTA PARA PENSAR E INTERVIR NO MUNDO. Revista da ANPOLL (Impresso), v. 35, p. 203-223, 2013.

http://www.anpoll.org.br/revista/index.php/revista...


OLIVEIRA, R. P. A igualdade da lei e a diferença da literatura: a narrativa marginal de Ferréz. Revista Língua & Literatura (Online), v. 15, p. 31-48, 2013.

http://revistas.fw.uri.br/index.php/revistalinguae...


OLIVEIRA, R. P. Literatura marginal: questionamentos à teoria literária. Ipotesi (UFJF. Impresso), v. 15, p. 1-13, 2011.

http://www.ufjf.br/revistaipotesi/files/2011/05/7-...

Discentes

2015
Alessandra da Rosa Trindade http://lattes.cnpq.br/6486726429335117

2014
Ana Paula da Cunha Sahagoff http://lattes.cnpq.br/6135885707436881
Jeize de Fátima Grzechota http://lattes.cnpq.br/8389324347885251
Kathy Rejane Pestana Torma http://lattes.cnpq.br/7772178531504522
Luis Alberto Flores Lucini http://lattes.cnpq.br/7846601112905424
Naulise Castro Alves Gazola http://lattes.cnpq.br/3157081010363789
Waldemberg Araújo Bessa http://lattes.cnpq.br/3964875203121186

2013
Alex Sandro Caiel da Silva http://lattes.cnpq.br/8002123290914728
Maria Cristina Muller da Silva http://lattes.cnpq.br/0195655446562932
Maria Dorothea Barone Franco http://lattes.cnpq.br/4136413334001919
Rebeca Jessica Silva Martinez Americo http://lattes.cnpq.br/8188793473167433

2011/2012
Fábio Castilhos Figueiredo
Geni Vanderléia Moura da Costa http://lattes.cnpq.br/8491206412776586
Marcia Rejane Kristiuk Zancan
Margot Ines Villas Boas Caruccio http://lattes.cnpq.br/3267011864146104
Martha Costa Guterres Paz http://lattes.cnpq.br/1317613584478703
Rogério Alencar Ferraz de Andrade http://lattes.cnpq.br/1521216428640277


Teses

Estrutura Curricular

O Doutorado em Letras UCS/UniRitter exige a integralização mínima de 50 (cinquenta) créditos distribuídos da seguinte forma:
– 36 (trinta e seis) créditos em disciplinas;
– 02 (dois) créditos oriundos de publicação de artigo científico em periódico qualificado;
– 12 (doze) créditos correspondentes à tese.

O doutorando poderá solicitar o aproveitamento de créditos de disciplinas cursadas há no máximo oito anos em cursos de Mestrado e Doutorado, até o limite máximo de trinta créditos, cursados em outros programas de pós-graduação stricto sensu com validade nacional comprovada pela CAPES/MEC.

São disponibilizadas aos alunos do Doutorado disciplinas exclusivas de Doutorado, além das disciplinas oferecidas pelo Programa de Pós-Graduação em Letras do UniRitter e pelo Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade da UCS. As disciplinas ocorrem na IES em que o professor responsável está credenciado, o que pode implicar o deslocamento de alunos matriculados em Porto Alegre para Caxias do Sul e vice-versa. As disciplinas que compõem a estrutura curricular do PDLet, vigentes em 2014, são a seguir relacionadas, com suas respectivas ementas:

LINHA DE PESQUISA LEITURA E PROCESSOS CULTURAIS

Antropologia da leitura – 3 créditos (UNIRITTER)
A leitura como contato e tradução cultural. Negociação de sentidos, tendo em vista diferenças sociais, culturais e estéticas. Práticas de leitura, processos culturais e relações de alteridade.

Construção da narrativa – 3 créditos
Estudo das poéticas da narrativa, de Aristóteles ao pós-estruturalismo, com ênfase nos processos de construção de suas diferentes formas, literárias e não literárias.

História da autoria: do autor ao leitor – 3 créditos (UNIRITTER)
História da autoria. A emergência e a apoteose no Autor. As mortes do Autor. O nascimento do leitor. O renascimento do texto. Teorias contemporâneas sobre a autoria e suas relações com a leitura.

História da leitura e da escrita no Brasil – 3 créditos (UCS)
Análise sociocultural do processo histórico e escrita brasileira, relacionando-a com o modelo econômico de exploração do Brasil nos períodos colonial, imperial e republicano.

Leitura da narrativa – 3 créditos (UCS)
Exame das diferentes abordagens de recepção da narrativa, com ênfase no significado de suas formas e não apenas de suas relações temáticas.

Memória cultural e identidade – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo das relações entre o imaginário cultural e a construção das identidades nas representações literárias brasileiras e africanas de língua portuguesa.

Sociologia da leitura – 3 créditos (UCS)
Exame, numa perspectiva sociológica, de questões atinentes ao livro enquanto medium do processo cultural, a partir do estudo da produção, circulação, mediação e recepção de obras literárias em contextos regionais e suprarregionais.

Teorias da recepção e leitura feminina – 3 créditos (UCS)
Exame, análise e discussão de conceitos básicos de teorias da recepção. Exame, análise e discussão de conceitos básicos relacionados aos processos de leitura femininos: a mulher leitora e a ginocrítica. Inserção do processo de leitura feminina, a partir de teorias da recepção como contribuição para a escrita de uma história da literatura.

Tópicos de história da leitura – 3 créditos (UCS)
A leitura por intermédio dos materiais escritos, dos mediadores da leitura e dos tipos de leitura (erudita, religiosa e popular). As funções da leitura em diferentes épocas: coerção, doutrinação, instrução, lazer, libertação. A relação entre o texto e o leitor por meio dos pactos, representações e imagens da leitura. Concepções de leitura na sociedade ocidental.

Tópicos de teoria da leitura – 3 créditos (UNIRITTER)
Literatura e representação da leitura; a emancipação do leitor; estética da recepção; leitura e efeito sobre o leitor; o papel da escola; letramento e formação do leitor; sociologia da leitura; história social da leitura; leitura e novas tecnologias; a leitura no Brasil.

LINHA DE PESQUISA LEITURA E PROCESSOS DE LINGUAGEM
A leitura numa visão funcional da linguagem – 3 créditos (UCS)
O texto como confluência de elementos linguísticos, cognitivos, socioculturais e situacionais. Análise da relação do componente linguístico – gramática e léxico – com seus usos na construção e compreensão do sentido. Discussão de uma visão funcional de gramática/léxico nos processos de negociação de sentidos em leitura.

Cultura digital e práticas de leitura – 3 créditos (UNIRITER)
Reflexão sobre as relações entre cultura e tecnologia, buscando na história cultural referências para a discussão de práticas de leitura ambientadas pelas tecnologias atuais.

Função simbólica e linguagem – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo da gênese da função simbólica na constituição psíquica do sujeito, modos de expressão da subjetividade e relações com os processos de aprendizagem.

Leitura em língua materna e língua estrangeira – 3 créditos (UNIRITTER)
Leitura no ensino de línguas. Aspectos linguísticos e culturais no ensino de línguas. A leitura em diferentes gêneros. Leitura na perspectiva interdisciplinar e intercultural.

Leitura na perspectiva enunciativa – 3 créditos (UCS)
Estudo da leitura à luz dos pressupostos de Ferdinand de Saussure, Émile Benveniste e Oswald Ducrot. Análise da leitura como situação enunciativa: componentes e funções discursivas. Investigação de diferentes abordagens da constituição do sentido em leitura. Exame do discurso como locus da relação eu/outro e da produção/constituição polifônica e argumentativa do sentido.

Processos de desenvolvimento da leitura e da escrita – 3 créditos (UNIRITTER)
Estudo de aportes teóricos do interacionismo sociodiscursivo, visando à compreensão e mediação de processos de leitura e de escrita. Discussão de concepções implicadas nesses processos: concepção sociocultural de cognição, de linguagem e de sujeito.

Processos e interfaces da Onomástica – 3 créditos (UCS)
Os topônimos – reais e simbólicos – como referentes para a leitura dos meios em que comparecem e do respectivo contexto histórico e cultural.

Processos inferenciais em leitura: modelos e aplicações – 3 créditos (UCS)
Inferência: conceitos. Processos inferenciais, tipologias e raciocínios: interfaces com filosofia semiótica, linguística, psicologia. Inferências e gêneros/tipologias textuais. Inferências dependentes de cultura: interfaces com estudos antropológicos. Aplicações: inferências em processos de leitura (multimodal). Modelos teóricos (ou abordagens) em Filosofia da linguagem, Linguística Cognitiva e Pragmática Cognitiva: contribuições, possibilidades de interface e controvérsias.

Teorias da enunciação – 3 créditos (UNIRITTER)
Sujeito e construção de sentidos. As marcas da subjetividade na linguagem. Consequências de perspectivas enunciativas para os estudos da linguagem. Enunciação e subjetividade nas práticas de leitura.


Última edição: 14/09/2016 16:38:45

QUEM VIU ESSE CURSO TAMBÉM VIU...

Análise e Des. de Sistemas

O curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do UniRitter está estruturado para formar profissionais que contribuam com organizações e/ou...

Conhecer

Arquitetura e Urbanismo

A Arquitetura e o Urbanismo têm como objetivo organizar o espaço físico, considerando o meio ambiente, os materiais disponíveis e o desenvolvimento tecnológico e cultural,...

Conhecer

Biomedicina

O curso de Graduação em Biomedicina do UniRitter visa a formação de profissionais éticos e qualificados, através de um sólido processo de aprendizado teórico e prático,...

Conhecer